Google pode adiar o fim do Google Reader

readerAs informações são escassas mas o Google pode empurrar o fim do Reader para uma data posterior a 01 de Julho. Pelo menos é o que diz um funcionário do Google que pediu anonimato ao Google Discovery.

De acordo com a fonte ouvida pelo blog, as petições e críticas surtiram efeito e deixaram alguns gestores confusos sobre o encerramento do Google Reader.


Com os números do produto em declínio nos últimos meses, a gigante de Mountain View não esperava uma reação tão negativa da mídia e dos usuários.

“Sabíamos que o Reader tinha um público de nicho mas não esperávamos a reação ocorrida nos últimos dias. Alguns diretores estão tentando rever a decisão ou mesmo adiá-la. O futuro do produto é incerto nesse momento”, diz o funcionário.

“Na minha visão, o Google não acredita no futuro do RSS”, afirmou a fonte. “Um exemplo disso é o navegador Google Chrome não ter qualquer recurso nativo para leitura desse protocolo”.

25 Replies to “Google pode adiar o fim do Google Reader

  1. GoogleDiscovery Puxa adiar não seria bem o melhor, mas já é alguma coisa … cancelar o cancelamento, isso sim seria mais Google (o antigo)

  2. Podem desligar à vontade. Migrei para o Feedly e é muito melhor do que o GReader. 
    Obrigado Google e fique esperto. Qualquer hora alguém lança um e-mail melhor….

    1. @miguelrozsas o feedly usa o greader. também gosto mais dele, mas resta saber como o serviço vai se comportar quando não tiver mais o reader nos bastidores.

      1. @miguelrozsas os criadores do Feedly dizem que eles vão clonar a API do Reader e isso irá permitir que o aplicativo funcione após o dia 01 de julho.

    2. @miguelrozsas feedly é horrivel!! Como assim é necessario usar uma extensão que tem acesso a dados de todas suas abas?? se informe amigo, sua privacidade esta por um fio.

      1. @fernandoac  @miguelrozsas exato, quando vi isso cancelei a instalação.

    3. @miguelrozsas Pois é miguel, o legal dessa confusão toda é que conheci o Feedly e achei-o bem melhor.
      Virou meu leitor de RSS padrão.
      Claro que de vez em quando esqueço e clico no GReader atraves do gmail….
      Vicio…
      Minha rotina é (ERA) GMAIL , segundos depois GReader atraves do Menu..
      thx Google…

  3. Com o suicídio do Aaron o rss  perdeu toda a pouca voz que tinha na w3c . O Google aposta em modelo de distribuição de conteúdo controlado como o que acontece no corrents, Eles não querem um sistema livre e aberto, querem o total controle do que é vinculado. Hoje o Feed ele é imbloqueavel, só bloqueando o site e isso não interessa a muita gente inclusive o pessoal do Google, eles poderiam ser  responsabilizados  pelo  conteúdo  visualizado  no reader , o que já inclusive aconteceu… O problema é a Google já não é mais a mesma, a politica de lutar ate o ultimo momento pela disseminação da informação foi embora, hoje um juiz de comarca pequena manda o Google calar a boca e eles calam, e a morte do Reader só  demostra essa postura de empresa rebaixada pelo sistema… Em resumo colocaram a Google de 4, e pagaram bem para isso….

  4. GoogleDiscovery Como diz um amigo: “Pra quem ñ tem nada, metade é o dobro”. Já da pra ficar um pouco feliz. o/

  5. Google Reader gera mais Visitas que o Google+Eles querem empurrar o Google+

  6. Esse fim do g.Reader abalou comigo. Minha rotina será mudada com o fim dele. Fui atrás de outras opções, e apesar de serem interessantes, não são tão completas como  eu acho que o Reader é. Muitos citam apps para tablets e smartphones, programas e tal, mas ninguém citou um webapp decente, que funcione em qualquer dispositivo, de qualquer lugar e que seja sempre o mesmo onde estiver. O Reader é assim. Eu acesso no meu pc, no pc do trabalho, no pc da minha casa lá no interior do Ceará, do celular do meu amigo, do tablet da minha amiga, bastando apenas abrir uma aba de QUALQUER NAVEGADOR DISPONÍVEL, e ele esta lá, do mesmo jeito. A interface é a mais simples, mas é mais precisa. A lista dos feeds ao lado, a lista do conteúdo no outro. Apertando “espaço”, vou mudando de item. 
    Nenhum dos outros encontrei essas características, que pra mim, são as mais importantes.
    Vai ser dificil viver sem o reader.

  7. Não estou certo de que irão voltar atrás. Hoje na barra preta do GMail já não estava mais aparecendo a opção Reader. No lugar está a carteira virtual do Google. Precisei pesquisar no Google para acessar o Reader.

  8. Renê, Renê… Já tá dando desgosto acessar o G Discovery. Uma versão mobile é MAIS QUE EXTREMAMENTE ESSENCIAL hoje em dia!
    Gosto de ler notícia pelo celular, e é de baixo custo (Galaxy Y), não é prático visualizar sites versão web, além de ser lento. Acabo que naturalmente leio os títulos dos artigos (quando postados no G+) e só, nem clico mais.
    Gostaria que considerasse esse meu comentário, e acima de tudo: Por favor, considere como uma crítica construtiva!!Abraços.

    1. @Louky infelizmente ainda não há opções interessantes no mercado para trazer nossa interface para o mobile. Por enquanto, recomendamos usar aplicativos como Flipboard, Google Currents, Feedly e outros disponíveis que apresentam um modo bem legal de ler nos smartphones. Abs

  9. FIM DO READER é ERRO.
     
    A Google não sabe o valor que tem o reader. O reader permite levar conteúdos automaticamente. Eu mesmo gosto muito de ler notícias integradas,
     
    Eu acho que o Google precisa pensar em reformular o Google Reader em vez de o matar. O problema de poucos usarem o Reader como antes é que a sua plataforma deixou de ser atrativa. Hoje o Reader é usado como meio e não como fim. É um meio de reunir as novidades mas não é o local onde costumamos gostar de as ler. O Google precisa incrementar o Google Reader, dando-lhe uma aparência mais atrativa.
     
    O Google precisa apostar no RSS como forma de levar conteúdos para as páginas do Google+, também. Essa funcionalidade poderia ser integrada num possível Google Reader 2.0.
     
    O que acham da ideia?!

  10. Petição para salvar o Google Reader!!  Leia mais em: http://googlediscovery.com/2013/03/15/peticao-para-salvar-o-google-reader-ultrapassa-100-mil-assinaturas/

  11. Como já dizia, o Google precisa melhorar o Google Reader ou apostar na aquisição de uma empresa chamada paper.li. Esta empresa, através de feeds, cria um pequeno jornal que pode ser lido pelos seus autores como por outros que gostei das mesmas coisas que este seu autor. Para mim, isso também poderia ser a forma ideal de inovar nos feeds.
     
    Eu já usei um leitor de feeds que, em tempos, o Gmail possuiu. Depois terminaram esse serviço e, para mim, o Gmail perdeu alguma atração. Recentemente, com o Google+, voltou a ser um pouco mais atrativo mas, nem tanto ainda.

Comente!