Blog

Google lança Move Mirror , um experimento de inteligência artificial

0

O Google lançou, durante a última semana, o Move Mirror, um experimento de inteligência artificial que compara seus movimentos feitos na webcam com centenas de imagens de pessoas ao redor do mundo em poses similares.

“Há muitos usos impressionantes para o aprendizado de máquinas hoje em dia, como detectar objetos em imagens, ajudar a detectar doenças e até mesmo permitir que os carros dirijam a si mesmos. Mas a IA também pode ser usada de maneiras mais lúdicas”, publicou a companhia.

“É por isso que criamos o Move Mirror – um experimento de inteligência artificial que permite explorar fotos de uma maneira nova e divertida, apenas se movendo”.

Basta apenas se mover em frente da sua webcam para que Move Mirror combine seus movimentos em tempo real com centenas de imagens de pessoas fazendo poses semelhantes em todo o mundo.

Move Mirror usa a tecnologia da PoseNet, um modelo que pode detectar figuras humanas em imagens e vídeos identificando onde estão as principais articulações do corpo enquanto mapeia para um banco de dados de mais de 80.000 imagens para encontrar a melhor combinação.

“Parece um espelho mágico que reflete seus movimentos com imagens de todos os tipos de atividade humana – de esportes e dança a artes marciais, atuação e além. Você pode até capturar a experiência como um GIF e compartilhá-lo com seus amigos”.

Google releva as perguntas mais buscadas sobre o Batman

0

Com o filme “Batman, O Cavaleiro da Trevas” completando 10 anos, o Google divulgou um levantamento que revela as perguntas mais buscadas sobre ele nesses anos.

“Nesta semana, o filme Batman Cavaleiro das Trevas completou 10 anos e para homenagear esse clássico, o Google Trends levantou as principais perguntas dos brasileiros sobre o personagem”, diz a empresa.

“Como desenhar o Batman lidera o ranking seguido de quais atores fizeram o Batman. Já em terceiro lugar, as buscas mostram algo muito ousado: Como ser o Batman”.

Uma curiosidade muito interessante, é que as buscas por Batman no Brasil costumam sempre subir de madrugada, entre 11pm e 3am.

Veja mais abaixo:

  1. Como desenhar o Batman?
  2. Quais atores fizeram o Batman?
  3. Como ser o Batman?
  4. Porque o Batman colocou o batmóvel no seguro?
  5. Onde o Batman conheceu o robin?
  6. Como o Batman se tornou um super herói?
  7. O que significa Batman?
  8. Como derrotar o Pinguim no Batman Arkham City?

Google celebra o Dia Mundial do Emoji com jogo de caça ao tesouro

0

Em celebração ao 17 de julho, o Dia Mundial do Emoji, o Google compartilhou algumas estatísticas sobre os emojis e um experimento divertido de inteligência artificial.

“Emoji Day é uma celebração global de emojis, realizada desde 2014 – por isso, a comemoração acontece no dia 17. Aproveitando a comemoração, queremos compartilhar algumas estatísticas sobre os emojis”, publicou a empresa.

Estes são os emojis usados com mais frequência no Gboard, o teclado virtual do Google para Android e iOS:

10 principais emoticons mais usados globalmente:

No Brasil, esses aqui são os mais populares:

Caça ao tesouro dos Emoji

O Google desenvolveu um jogo para navegador que desafia você a encontrar emojis na vida real. Você verá um emoji e terá que encontrar e apontar seu celular para um objeto real.

Você tem 20 segundos para encontrar coisas reais e ganhará o jogo se encontrar dez emojis na vida real.

“O Emoji Scavenger Hunt é desenvolvido com aprendizado de máquina que usa a câmera do seu celular e uma rede neural para tentar adivinhar o que está vendo. Desenvolvido pelo Tensorflow.js, o jogo foi criado para ser executado no navegador da web do seu telefone sem a necessidade de acessar servidores de back-end. Nenhuma imagem da sua câmera é coletada ou armazenada. Também abrimos o código usado para criar o jogo no GitHub”.

  • Dados sobre Emojis

    Os Youtubers são felizes. de 10,000 vídeos mais populares, os emojis felizes são cinco vezes mais usados que os tristes.

  • O Emoji mais popular nos comentários: Coração. 20% de todos os emojis são variações do coração.
    • Animal mais popular: panda. YouTubers amam animais, mas o emoji de panda é o favorito. O vídeo “Panda” by Desiigner, com 400M views, contribuiu para a popularidade do emoji de panda.
  • Dogs > Cats: Os comentários usam 70% mais emojis de cachorros que gatos.

Alguns vídeos se destacam por sua capacidade de deixar a comunidade do YouTube feliz ou triste.

  • Encontramos uma série de vídeos musicais que provocam uma forte reação emocional, calculando a proporção de emojis alegres para emojis de rosto triste em seus comentários.
  • Fãs lamentando a morte de Avicii e Chester Bennington, do Linkin Park, expressaram sua tristeza através de emoji.

Emojis em títulos

Os dois emojis mais populares nos títulos de vídeos do YouTube são o coração vermelho e o coração vermelho mais escuro.

Google Arts & Culture lança exposição sobre a Seleção de 1958

0

Com a presença do Museu do Futebol no Google Arts & Culture, uma exposição on-line sobre a história da Seleção, os usuários agora também podem conferir mais detalhes sobre a seleção brasileira de 1958.

Conhecida como a primeira a conquistar o título para o país e que contava com craques de peso como Pelé e Garrincha, todos as lembranças podem ser revistas agora no mundo virtual.

A cidade de Poços de Caldas, localizada no sul do Estado de Minas Gerais, foi o cenário da concentração de dez dias que reuniria pela primeira vez jogadores e comissão técnica da Seleção Brasileira.

Futebol é emoção, cultura e, acima de tudo, muita história. As pessoas podem descobrir como a delegação comandada por Paulo Machado foi escalada, quem foram os escolhidos, quais foram à Suécia, como foi a concentração e muitos outros detalhes.

Além da história, a exposição traz imagens captadas pelo fotojornalista Antonio Lucio (1930-2000), ganhador de duas edições do Prêmio Esso.

Acesse “A Seleção em Poços de Caldas” pelo computador ou no aplicativo do Google Arts & Culture disponível para os sistemas Android e IOS.

Câmera da Motorola oferece recurso do Google Lens

0

A Motorola anunciou que o Google Lens agora está disponível no Moto G5s Plus, Moto Z2 Force, Moto X4, Moto G6, Moto G6 Plus e Moto Z3 Play.

“O Google Lens, uma das grandes inovações do Google deste ano, é baseado em Inteligência Artificial (IA) e capacita a câmera do smartphone a ler e interpretar tudo que estiver sendo focado”, diz a fabricante.

O novo recurso pode ser obtido por meio de uma atualização do aplicativo da Câmera Motorola. Basta acessar o Google Play e baixar a versão mais recente do aplicativo de câmera.

Para utilizar o Google Lens, o usuário deve pressionar o botão localizado no lado esquerdo do obturador e apontar a lente para um ponto de interesse. O aparelho reconhecerá automaticamente textos, imagens e objetos e perguntará sobre o que ele deseja saber mais.

Recursos disponíveis no Google Lens:

Reconhecimento de objetos

Com o Google Lens, é possível obter resultados de pesquisa de objetos, como sobre um produto ou local, para saber mais detalhes sobre ele. Para testar em um smartphone Motorola, clique sobre os círculos que aparecem na tela, aguarde até que o Google Lens mostre a informação sobre o objeto e clicar nos links para obter mais informações.

Reconhecimento de pontos de referência

A ferramenta mostra, além do que o usuário está vendo, informações como pontos de referência do local, telefones, preços e horários. Tudo na palma da mão.

Seleção de texto inteligente

Para quem viaja bastante ou gosta de copiar textos, o recurso promete facilitar ainda mais. Com o reconhecimento de texto, é possível salvar um número de telefone ou endereço de um cartão de visita direto na agenda. E, se o usuário estiver se deslocando em um país do qual não conheça o idioma ou precisar de uma tradução, o Google Lens faz a tradução instantânea do termo.

Google implementa código Morse no teclado Gboard para IOS

0

O Google anunciou a chegada de uma funcionalidade decódigo Morse na versão do Gboard para iOS.

“A equipe do Gboard trabalhou em conjunto com Tania Finlayson, especialista em tecnologia assistiva de código Morse, para criar e testar esse recurso para o teclado móvel”, disse a empresa durante o anúncio.

Tania, que nasceu com paralisia cerebral, é a designer e co-desenvolvedora do TandemMaster, um dispositivo que criou com seu parceiro Ken e ajuda de seu irmão e um engenheiro para se comunicar com o mundo. Ela é especialista em código Morse e tecnologia assistiva e se comunica através do código desde os anos 80.

O buscador também anunciou melhorias na versão de código Morse existente no Gboard para Android, incluindo uma experiência de digitação aprimorada, um novo mini modo para o teclado e a inclusão de caracteres não alfabéticos (como “%”).

“Esse é mais um exemplo de como o aprendizado de máquina e a inteligência artificial têm sido usados para melhorar a vida das pessoas”, diz a companhia.

Google abre nova turma para programa de aceleração em São Paulo

0

O Google anunciou a abertura das inscrições para a segunda turma do seu programa de aceleração local, o Launchpad Accelerator São Paulo.

A iniciativa busca ajudar startups a desenvolverem seus produtos e serviços através do uso da tecnologia, como Inteligência Artificial, etc. Para a nova turma, serão selecionadas entre 6 e 10 startups.

Com duração de três meses, o programa oferece suporte técnico contínuo para ajudar no desenvolvimento de um projeto específico, definido no começo do programa, por meio de mentoria com especialistas do Google e do mercado e também acesso antecipado a novas tecnologias da empresa.

Além disso, as startups também receberão entre 20 mil e 100 mil dólares em créditos de produtos Google.

O programa é especialmente valioso para startups que:

  • Já tenham um modelo de negócio validado e estão trabalhando no ajuste e tração de produto-mercado;
  • Tenham interesse em oportunidades de desenvolvimento de seus produtos com as seguintes tecnologias: Inteligência Artificial, Machine Learning, Android, Google Cloud Platform, Web (Progressive Web Apps e Accelerated Mobile Pages);
  • Possuam disponibilidade de contar com um líder ou time de tecnologia/produto para participar das atividades durante a duração do programa.

A primeira turma já selecionou as startups Contentools, Docket, JetBov, Liv Up, Mandaê e Vérios, que estão desenvolvendo novas tecnologias em parceria com o Google.

As inscrições estão abertas até 31 de julho através deste site. As startups selecionadas começarão a trabalhar com o Google no dia 24 de setembro.

Marcas encerram patrocínio com YouTuber acusado de racismo

0

Durante o último sábado, enquanto rolava o jogo entre França e Argentina, na Copa do Mundo, o YouTuber Júlio Cocielo, do Canal Canalha, fez um comentário considerado racista em seu perfil Twitter.

Embora a publicação tenha sido deletada pelo autor, seus seguidores então passaram a resgatar outros tweets antigos nos quais ele promovia mais comentários de cunho discriminatório.

Conhecido por ser frequentemente escolhido para participar de ações de publicidade, o problema imediatamente respingou em marcas e empresas que envolviam o YouTuber.

Clientes também cercaram as companhias em busca de pronunciamentos oficiais ao mencioná-las em suas publicações no Twitter. O Submarino foi a primeira a comunicar a saída do YouTuber de suas campanhas.

As assessorias do Google e Twitter foram procuradas pelo blog, mas não retornaram qualquer contato.

No caso do Twitter, os posts inadequados infringiram os termos de serviço (ToS) – o perfil do YouTuber, no entanto, permanece no ar.

Itaú

“O Youtuber citado não faz mais parte de qualquer peça de comunicação de nossa campanha. Reforçamos que o Itaú repudia toda e qualquer forma de discriminação e preconceito. Esperamos que o respeito à diversidade sempre prevaleça”.

Submarino

“Submarino repudia veemente qualquer manifestação racista. A marca esclarece que contratou uma agência de publicidade para realização de campanha pontual com influenciadores, dentre eles o Cocielo, e a campanha já foi retirada do ar.”

Coca-Cola

“O respeito à diversidade é um dos principais valores da nossa companhia. Em nossas campanhas, celebramos as diferenças e promovemos a união. Manifestações preconceituosas não são toleradas. Repudiamos qualquer forma de racismo, machismo, misogenia ou homofobia. Atualmente, não temos qualquer ligação com Julio Cocielo e também não temos planos para futuras parcerias.”

Visit Brasil

“Nossa atuação é pautada em respeito a todas as pessoas. Não compactuamos com racismo ou manifestações preconceituosas e qualquer ação do tipo será coibida”.

Bob’s Brasil

“Bob’s repudia todo e qualquer ato de racismo ou preconceito.
Informamos que qualquer empresa ou pessoa que atue em desacordo com esses valores não fará parte de ações futuras da marca”.

Gillette

Em contato com o Estadão, a marca afirmou ter feito ações com Cocielo no início da Copa do Mundo, disse que, “como ele não tem nenhum contrato vigente com a marca”, não vai se manifestar em relação ao episódio.

Adidas

A Adidas afirmou repudiar “todo e qualquer tipo de discriminação” e “decidiu suspender a parceria com o youtuber Júlio Cocielo.

McDonalds

McDonald’s, que também já realizou ações com o youtuber, disse apenas que “não tem nenhuma relação comercial com ele”. Fonte: Veja

Google celebra 100º aniversário de Athos Bulcão

0

O Google está exibindo um doodle em sua página inicial em homenagem ao pintor, escultor, desenhista e artista brasileiro Athos Bulcão.

História

Nascido no Catete, Rio de Janeiro, em 2 de julho de 1918, Athos passou sua infância em uma casa ampla em Teresópolis.

Na família havia um interesse pela arte e suas irmãs o levavam freqüentemente ao teatro, ao Salão de Artes, aos espetáculos das companhias estrangeiras, à ópera e à Comédia Francesa.

Athos foi amigo de alguns dos mais importantes artistas brasileiros modernos, como Carlos Scliar, Jorge Amado, Pancetti, Enrico Bianco, Milton Dacosta, Vinicius de Moraes, Fernando Sabino, Paulo Mendes Campos, Ceschiatti, Manuel Bandeira entre outros.

Ele não acreditava em inspiração. Para ele, o que existe é o talento e muito trabalho. “Arte é cosa mentale”, dizia, citando Leonardo da Vinci.

Athos Bulcão faleceu após uma parada cardiorrespiratória no dia 31 de julho de 2008, aos 90 anos.

Frase famosa

Artista eu era. Pioneiro eu fiz-me. Devo a Brasília esse sofrido privilégio. Realmente um privilégio: ser pioneiro. Dureza que gera espírito. Um prêmio moral”. Athos Bulcão

Fonte

Google App Maker ajuda na criação de aplicativos para a sua empresa

0

O Google anunciou, recentemente, a disponibilidade do App Maker para ajudar as empresas a repensarem o funcionamento de suas equipes.

Disponível como um ambiente de desenvolvimento do G Suite, o App Maker facilita a criação de aplicativos personalizados para acelerar os fluxos de trabalho e melhorar os processos.

“App Maker foi criado para permitir que suas equipes criem apps para os trabalhos que esses aplicativos maiores não contemplam”, descreve a empresa.

“Com o App Maker, é possível renovar os processos da empresa, como solicitar pedidos ou arquivar e resolver tickets do suporte técnico, como se você mesmo tivesse projetado e criado esses processos”.

Geva Rechav, gerente de produto do App Maker, completa: “Acreditamos que o App Maker ajudará as equipes a desenvolverem aplicativos que dêem conta de tarefas diárias, como solicitar ordens de compra ou acelerar o fluxo de trabalho comercial diário”.

Funcionalidades do App Maker

Aberto: o App Maker oferece suporte integrado ao Cloud SQL (conta do Google Cloud necessária), oferecendo alto desempenho, escalabilidade e conveniência. Ele também suporta o modelo “Traga seu Próprio Banco de Dados” (BYODB), permitindo que você o conecte ao seu próprio banco de dados usando JDBC (Java Database Connectivity) ou uma API REST (Representational State Transfer).

Rápido: modelos responsivos, amostras, design de interface do usuário que permite arrastar e soltar, além de modelagem de dados declarativa, facilitam para os desenvolvedores de TI ou qualquer pessoa que queira automatizar o trabalho, projetar e criar aplicativos ainda mais rapidamente.

Conectado: seja no Gmail, no Google Agenda ou no Planilhas Google, o App Maker facilita a conexão com os dados e serviços que você precisa, tudo isso ao mesmo tempo em que torna seus aplicativos mais poderosos. Além disso, é possível usar o Script do Google Apps para acessar mais de 40 serviços do Google, do Google Cloud Platform e outros serviços de terceiros que oferecem suporte a JDBC e REST.

Gerenciados: os administradores do G Suite têm visibilidade sobre os aplicativos em execução em sua organização, incluindo proprietários, métricas de uso e permissões de OAuth. Os controles de lista de permissões do OAuth expandidos significam que os administradores também poderão impedir que os aplicativos sejam executados sem a aprovação deles.

O App Maker agora está disponível para todos os clientes do G Suite Business e Enterprise, bem como para os clientes do G Suite for Education.

Destaques