Blog

Leia páginas offline no Chrome para Android

0

O Google anunciou algumas novidades na capacidade de baixar páginas offline utilizando o Google Chrome para Android.

“Mais de 45 milhões de páginas da Web são baixadas todas as semanas e hoje estamos adicionando melhorias para tornar ainda mais fácil o download de páginas”, diz a empresa.

Além da opção de “Fazer download do link” que pode ser selecionado ao segurar um link por alguns segundos, agora também é possível por meio do botão azul “Fazer download da página mais tarde” quando não há uma conexão com a internet.

Abaixo, o botão para fazer download da página assim que a conexão com a internet for retomada:

chrome-offline.png

As páginas baixadas offline podem ser vistas ao abrir uma nova guia no Chrome ou por meio da seção de downloads do navegador.

Respostas inteligentes no Gmail

0

Depois do Allo e Inbox by Gmail, agora os usuários do Gmail podem tirar proveito do recurso de respostas inteligentes que fornece sugestões de mensagens para responder e-mails rapidamente.

“A resposta inteligente utiliza a aprendizagem da máquina para dar melhores respostas enquanto você a usa. Então, se você é uma pessoa que escreve “obrigado!” em vez de “obrigado.”, vamos sugerir a resposta que é, bem, mais parecida com você!” publicou o Google.

Assim como ocorre em outros aplicativos do Google, o Gmail oferecerá três respostas automáticas que poderão ser escolhidas.

“Depois de selecionar uma, você pode enviá-la imediatamente ou editar sua resposta começando com o texto da resposta inteligente. De qualquer forma, você está economizando tempo”, diz a nota.

O recurso de respostas inteligentes será lançado no Android e iOS, mas chegará primeiramente ao inglês e espanhol durante as próximas semanas. Ainda não há uma previsão para incorporar o português.

Resposta Inteligente

Google AMP chega a 2 bilhões de páginas no mundo

0

Durante a conferência para desenvolvedores do Google I/O, o Google anunciou que existem mais de 2 bilhões de páginas com a tecnologia AMP, com um total de cerca de 900.000 domínios.

De acordo com a gigante de Mountain View, estas páginas são carregadas duas vezes mais rápido do que anteriormente por meio de ajustes feitos nos servidores do próprio Google.

“Os novos ganhos de velocidade do AMP na pesquisa do Google são devidos a várias otimizações chave que fizemos ao cache do Google AMP, como a renderização de componentes do AMP e reduzindo o uso de largura de banda de imagens em 50%, sem afetar a qualidade percebida”, publicou a empresa.

E as coisas não param por aí, o Google anunciou também que espera ampliar a tecnologia do AMP para sites de comércio eletrônico – com o Ebay usando o AMP em todas as suas páginas de produtos – e cobrir mais formatos de anúncios para a plataforma.

O Twitter, por sua vez, passou a indicar os links do AMP como padrão em seus aplicativos móveis para Android e iOS – assim como atualmente ocorre no Google+.

Balões do Projeto Loon estão caindo no Piauí

0

Autoridades reportam que, pelo menos quatro balões, do Projeto Loon, caíram recentemente em regiões do Piauí nos últimos meses.

Controlado pela Alphabet, o Projeto Loon oferece acesso à internet a partir de uma rede de balões estratosféricos em tempos de crise requer o apoio de muitos parceiros e organizações diferentes.

Os balões do Loon flutuam a 20 km de altitude, na estratosfera, e por isso têm o potencial de estender a conectividade para onde ela é necessária, independente do que esteja acontecendo abaixo deles.

De acordo com o site Portal AZ, a Polícia Civil abriu um inquérito para apurar “se existe negligência por parte da Alphabet em relação as constantes quedas dos pequenos satélites na região”.

Em resposta aos incidentes, a assessoria de imprensa confirmou a queda dos balões e informa que os restos são enviados para os EUA para uma avaliação dos engenheiros.

“Após uma rotina de pesquisa e testes de voo, coordenamos com o controle de tráfego aéreo local o gerenciamento da descida segura e lenta do balão na região de Lirandia, zona rural de José de Freitas, no Piauí. Uma equipe de resgate treinada já recuperou o balão para levá-lo de volta para nossos laboratórios na Califórnia, onde nossos engenheiros poderão pesquisar mais sobre o seu voo. Agradecemos a hospitalidade e o apoio da comunidade local.

projeto-loon-equipamento

projeto-loon-equipamento-2

Incêndio no Google I/O 2017 deixa três funcionários feridos

1

Um incêndio na área de alimentação do Google I/O 2017 deixou três funcionários feridos e a sala de imprensa precisou ser evacuada às pressas.

Em resposta ao incidente, um bloqueio foi montado para impedir que os participantes tivessem acesso ao setor, até a liberação dos bombeiros.

Os jornalistas que trabalhavam próximos ao local também foram alertados para saírem do evento até que o fogo fosse completamente apagado.

“Somos gratos ao corpo de bombeiros de Mountain View que apagou um pequeno fogo no Anfiteatro Shoreline”, diz a conta do Google Developers no Twitter.

“Nenhum participante foi ferido, mas lamentavelmente 3 funcionários do evento foram feridos. Queremos garantir que eles recebam tratamento completo”.

https://twitter.com/harrymccracken/status/865340882634932225

Projeto Loon oferece acesso à internet no Peru

0

O Google anunciou que o Projeto Loon tem fornecido conectividade básica à internet a dezenas de milhares de pessoas em zonas afetadas pelas enchentes no Peru.

Segundo a empresa, esta é a primeira vez o Projeto Loon foi colocado à disposição para ajudar o governo peruano, a Telefônica e as pessoas afetadas em regiões como Lima, Chimbote e Piura nas últimas 7 semanas.

“Oferecemos mais de 160GB de dados para dezenas de milhares de pessoas que de outra forma não teriam serviço de internet. São dados suficientes para enviar e receber 30 milhões de mensagens do WhatsApp ou 2 milhões de e-mails”, disse um porta-voz do Google.

“Em situações como esta, as ferramentas básicas de comunicação e o acesso à informação são especialmente importantes – contudo a infraestrutura de comunicações no solo é muitas vezes uma das primeiras coisas a ser eliminada por desastres naturais como inundações e deslizamentos de terra”.

O buscador explica que para conseguir fornecer o acesso à internet, os balões que sobrevoam a região foram conectados à rede da Telefônica.

“Os balões Loon flutuam a 20 km de altitude, na estratosfera, e por isso têm o potencial de estender a conectividade para onde ela é necessária, independente do que esteja acontecendo abaixo deles”, disse Alastair Westgarth, líder do Projeto Loon.

“Continuaremos a fornecer internet com balão no Peru, enquanto for necessário e gostaríamos de agradecer a todos os nossos parceiros que tornaram possível”.

estacao-terrestre.jpg

Foto: Engenheiros do Projeto Loon instalam a ‘estação terrestre online’ para a conectar os balões à internet.

Câmera do Google Pixel terá remoção automática de obstrução

1

Durante a conferência para desenvolvedores do Google I/O 2017, o Google anunciou que a câmera do Pixel ganhará suporte a tecnologia de remoção automática a qualquer coisa que venha a obstruir o assunto principal de uma imagem.

Utilizando sua inteligencia artificial para recriar cada detalhes da foto, os proprietários do Google Pixel poderão tirar, por exemplo, uma foto de alguém mesmo com uma cerca na frente (veja o GIF abaixo).

De acordo com a empresa, o processo ocorre de forma automática e sem qualquer necessidade de ajustes. O resultado é a remoção da obstrução por completo, como se nada lá estivesse atrapalhado o momento da fotografia.

O Google não deu qualquer prazo para seu lançamento, mas aparentemente o recurso será apenas limitado aos smartphones Pixel.

Telegram ganha mensagens em vídeo

0

A versão 4.0 do Telegram, já liberada para o Android e iOS, agora traz uma funcionalidade de mensagens em vídeo que podem ser enviadas para contatos e canais públicos.

“Tudo que você precisa fazer é tocar e segurar o ícone da câmera e gravar uma mensagem de vídeo. Quando terminar, basta soltar o botão de gravação para despachar a sua mensagem – e ela chegará em um piscar de olhos”, diz a empresa.

Enquanto os vídeos para contatos ficam armazenados de forma privada nos servidores do Telegram, os vídeos feitos em canais públicos podem ser vistos por meio da plataforma Telescope.

“Cada canal público no Telegram agora tem um URL telesco.pe, como telesco.pe/nomedocanal, onde todas as suas mensagens de vídeo estão disponíveis para a rede mundial de computadores em todo o mundo”.

Outra novidade do Telegram 4.0 está a introdução de um sistema de pagamentos que permite adquirir produtos através dos bots disponíveis para a plataforma.

YouTube libera opção de transmitir ao vivo para canais verificados

2

Os canais verificados com menos de 1.000 assinantes agora podem tirar proveito da funcionalidade de transmissão ao vivo diretamente do aplicativo do YouTube, disponível para Android e iOS.

Anteriormente, os usuários eram obrigados a ter mais de 10.000 assinantes, mais tarde com o limite foi reduzido para 1.000. Agora, os canais verificados com menos de 1.000 podem iniciar um livestream caso não tenham restrições em sua conta.

“Agora, você pode fazer transmissões ao vivo com seu app do YouTube para dispositivos móveis. Após o fim de uma transmissão ao vivo no dispositivo móvel, um arquivo dessa transmissão será criado no seu canal, e você poderá editar as configurações de privacidade dele definindo-o como privado ou excluí-lo”, diz o YouTube, ao reforçar que o limite de 1.000 inscritos ainda existe.

Entretanto, segundo o Android Police, alguns usuários tem reportado que a funcionalidade de transmitir ao vivo têm sido reportado em canais com menos de 1.000 assinantes e não-verificados.

Marketing pessoal :)

Aproveite para se inscrever no meu canal do YouTube. Em breve vou retornar com novos vídeos por lá (e agora com transmissões ao vivo!).

Android O virá com emojis redesenhados

0

De acordo com o site Emojipedia, o Google teria planos de descontinuar os emojis ‘blob’, implementados desde o Android 4.4, para trazer um melhor alinhamento com outras plataformas.

Embora tenha começado com características similares ao mascote-robô do Android, o personagem passou por transformações nas mais recentes versões do Android até se transformar em um impopular alienígena.

“Este redesenho mantém algumas das convenções mais antigas do Android (como a proibição nas cores rosa ou vermelho) e começa de novo com um traço tonal em torno de cada emoji e gradientes agora usados ​​em vários desenhos”, diz a matéria.

Em contato com a publicação, o Google afirmou que o trabalho para a substituição dos emojis no Android O vem sendo preparado há quase um ano. Todos os emojis foram redesenhados por inteiro.

Você pode observar a evolução dos emojis na imagem abaixo:

emojis-evolucao.jpeg

Destaques