Blog

Ex-engenheiro do Google cria a primeira igreja da inteligência artificial

0

Um ex-engenheiro do Google anunciou a criação da primeira igreja baseada em inteligência artificial que “criará um deus” ensinado pelos humanos.

O “deus robô”, da religião chamada “Way Of The Future” (“Caminho do Futuro” em tradução aberta), possui um evangelho chamado “O Manual”, rituais e até mesmo um lugar de culto físico.

Anthony Levandowsk garante que terá o controle completo de sua igreja até sua morte ou demissão; e que o deus será um “bilhão de vezes mais inteligente do que os humanos”.

Na papelada apresentada para a abertura da igreja, ele descreve o objetivo: “desenvolver e promover a realização de uma divindade baseada na Inteligência Artificial”.

Ele adiciona: “por meio da compreensão e adoração da Divindade, contribuir para o melhoramento da sociedade”.

“Os fiéis poderão conversar com deus e, literalmente, sabem que ele estará ouvindo”.

Levandowski, durante sua passagem no Google, ajudou a criar o Street View e os carros autônomos da Waymo. O engenheiro também trabalhou no Uber.

Google avalia reconhecimento de voz para transcrever visitas médicas

0

Google Brain e a universidade de Stanford se uniram para tentar melhorar os registros entre os médicos e seus pacientes no futuro.

De acordo com a equipe do Google, os médicos “passam mais tempo fazendo documentação do que fazer o que mais amam – cuidando pacientes”.

“Parte do motivo é que os médicos passam cerca de 6 horas em uma jornada de trabalho de 11 horas na documentação do Prontuário Eletrônico do Paciente”, diz a empresa.

“Consequentemente, um estudo descobriu que mais de metade dos médicos pesquisados relatam pelo menos um sintoma de burnout (esgotamento físico)”.

Para ajudar na questão, o Google afirma que é possível aproveitar os modelos de Reconhecimento Automático de Voz (ASR) para transcrição avançada de conversas médicas.

A tecnologia desenvolvida pela gigante de Mountain View ultrapassa as soluções existentes ao conseguir gravar tanto o médico quanto o paciente.

“Usando essa tecnologia, começaremos a trabalhar com médicos e pesquisadores da Universidade de Stanford, que realizaram extensas pesquisas sobre como a transcrição podem melhorar a satisfação do médico, para entender como técnicas de aprendizado profundas, como ASR, podem facilitar o processo de escrita de notas médicas”.

Por enquanto, não existe uma prazo para a tecnologia chegar aos consultórios médicos.

Translate Tour: banda sueca usa Google Tradutor para traduzir suas músicas

0

A banda sueca Vita Bergen lançou seu novo single, “Tänd ljusen”, que foi traduzido para outros três idiomas diferentes usando o Google Translate.

Em turnê pelas as principais cidades europeias, como Londres, Paris e Madri, a banda será a primeira a tocar seu single principal nas respectivas línguas locais, que incluem inglês, espanhol e francês.

“É a primeira vez que uma banda lança uma música traduzida inteiramente com o Google Translate e a banda pretende envolver novas audiências”, diz um nota no site da banda.

“Translate Tour pretende destacar a indústria da música da Suécia, se comunicar com novos públicos e superar as barreiras linguísticas internacionalmente”.

“Com a ajuda da aprendizagem de máquina e uma versão melhorada do Google Translate, a Vita Bergen pretende envolver-se com pessoas que vivem em toda a Europa”.

A ação chamou a atenção do Google, que reforçou sua tecnologia de tradução:

“Ele o contexto mais amplo para descobrir a tradução mais relevante, que então reorganiza e ajusta para ser mais como um ser humano falando com gramática adequada”.

Google Lens começa a ser liberado para o Assistant

0

O Google deu início a liberação do Google Lens no Assistant em pelo menos seis países: Estados Unidos, Reino Unido, Austrália, Canadá, Índia e Singapura.

O novo recurso possibilita que o assistente virtual do Google possa reconhecer sobre as coisas ao seu redor e até mesmo agir, enquanto conversa com o Google Assistente.

“Olhando para um marco e não tem certeza do que é? Interessado em aprender mais sobre um filme ao passear pelo cartaz?”, questiona o buscador.

“Com o Google Lens e seu Assistente do Google, você agora tem um ajudante útil para lhe contar mais sobre o que está à sua volta, diretamente no seu Pixel”, ressalta.

Veja as principais funções do Google Lens:

  • Texto: guarde informações de cartões de visita, siga URLs, ligue para números de telefone e navegue até endereços.
  • Marcos: Explore uma nova cidade como um profissional com seu Assistente para ajudá-lo a reconhecer marcos históricos e aprender sobre seu histórico.
  • Arte, livros e filmes: aprenda mais sobre um filme, do trailer para comentários, diretamente do autor. Procure um livro para ver a classificação e uma breve sinopse.
  • Torne-se um guru de museu rapidamente procurando informações de um artista e muito mais. Você pode até adicionar eventos, como a data de lançamento do filme ou a abertura da galeria, para o seu calendário diretamente da Google Lens.
  • Códigos de barras: procure rapidamente produtos por código de barras ou escaneie os códigos QR, tudo com o seu Assistente.

Abaixo, vocẽ pode conferir uma rápida demonstração do Google Lens no Pixel 2:

Uber foi hackeado em 2016 e dados de 57 milhões de usuários foram expostos

0

A CNN acaba de divulgar uma informação terrível: o aplicativo de caronas Uber foi hackeado em 2016 e os dados de 57 milhões de pessoas foram expostos.

“No final de 2016, duas pessoas fora da empresa acessaram as informações pessoais de 57 milhões de usuários de Uber, incluindo nomes, endereços de e-mail e números de telefone”, diz o canal de TV americano.

“Os hackers também acessaram números de licença de 600 mil motoristas nos Estados Unidos. Os 600.000 foram incluídos no número total de usuários afetados”.

Para piorar ainda mais a situação, a empresa não teria alertado as vítimas ou as autoridades sobre o que aconteceu. Joe Sullivan, chefe de segurança da Uber na época, não está mais com a empresa.

O atual CEO da Uber, Dara Khosrowshahi, que ingressou na empresa nos últimos meses, só soube de detalhes há pouco tempo.

“Dois dos indivíduos que lideraram a resposta a este incidente não estão mais com a empresa”, disse Khosrowshahi, que afirmou ter entrado em contato com as autoridades reguladoras para alertar sobre o incidente.

A Alphabet é uma das atuais acionistas do Uber, mas a relação das empresas ficou prejudicada após o Uber ser acusado de roubo de tecnologia proprietária do Google.

Atualização: Segundo a Bloomberg, o ex-chefe de segurança do Uber – que foi demitido após a descoberta da falha – tentou oferecer um pagamento de US$ 100.000 aos hackers.

Sonic Forces: Speed Battle chega ao Android

0

Além de disponibilizar uma versão gratuita do Sonic 2, a Sega também anunciou a chegada de Sonic Forces: Speed Battle para os dispositivos com Android.

Diferente do ambiente 2D dos jogos tradicionais do Sonic, esta é uma daquelas versões para jogar com apenas um dedo na tela.

“O mundialmente famoso Sonic está de volta! Corra e desafie jogadores de toda parte do mundo”, diz a famosa produtora japonesa.

“Descubra quem é o mestre da velocidade! Corra, esquive e ataque e plante armadilhas para outros fãs em um jogo multijogador fácil e divertido”.

Sonic Forces: Speed Battle está disponível gratuitamente no Google Play.

Sonic 2 agora é gratuito no Android

0

A Sega anunciou hoje a disponibilidade de uma versão gratuita do jogo Sonic 2, em celebração aos 25 anos do personagem Tails.

Com a mesma jogabilidade do Mega Drive, Sonic 2 já estava no Google Play há algum tempo. Com o lançamento do Sega Forever, porém, a empresa passou a disponibilizado seus jogos de graça – com anúncios.

“Um dos jogos da SEGA mais vendidos de todos os tempos, Sonic The Hedgehog 2 já está disponível de graça para dispositivos móveis! Redescubra a obra-prima supersônica da SEGA!”, diz a produtora.

“Sonic The Hedgehog 2 se junta à coleção crescente de SEGA Forever, um baú dos tesouros de clássicos de console da SEGA que voltam à vida pela primeira vez nos dispositivos móveis!”

Sonic 2 pode ser baixado, sem custo, por meio do Google Play.

Nintendo lança Animal Crossing: Pocket Camp para Android

0

A Nintendo anunciou a disponibilidade do jogo “Animal Crossing: Pocket Camp” para dispositivos equipados com a plataforma móvel Android.

Segundo a empresa japonesa, o jogo oferece itens e atividades para se divertir durante todos os dias.

“Saia da sua vida agitada para um ambiente descontraído de acampamento cheio de animais amigos e o esplendor da natureza”, diz a descrição na loja de apps do Google.

“Animal Crossing: Pocket Camp oferece a cada dia algo novo! Divirta-se personalizando a sua caravana, visitando parques de campismo ou explorando a área para novos animais”.

Animal Crossing: Pocket Camp pode ser instalado a partir do Google Play sem nenhum custo. As compras dentro do app podem chegar até R$140,00 por item.

Google nega coleta de dados de localização em aparelhos Android

0

Segundo um relatório do site Quartz, o Google estaria coletando dados de localização em aparelhos Android mesmo com o recurso de GPS desligado.

A publicação informa que os dispositivos Android têm enviado dados para o Google mesmo sem dados móveis presentes ou com a conexão wifi desligada.

Um porta-voz do Google, em contato com o TechCrunch, respondeu que os dados – que teriam sido enviados erroneamente para a empresa – foram descartados:

“Em janeiro deste ano, começamos a usar os códigos de identificação de celular como um sinal adicional para melhorar ainda mais a velocidade e o desempenho da entrega de mensagens”, disse o porta-voz do Google.

“No entanto, nunca incorporamos o ID da célula no nosso sistema de sincronização de rede, de modo que os dados foram imediatamente descartados, e nós o atualizamos para não solicitar o ID da célula”.

A empresa ainda esclareceu que pretende desligar a captação dos dados, em definitivo, até o final de novembro.

Adultos preferem o Galaxy S8, adolescentes o iPhone

0

O comercial mais recente da Samsung não estava errado: os adultos realmente preferem o Galaxy S8.

Pelo menos é o que diz um estudo da Propeller Insights que realizou uma pesquisa na Coreia do Sul para determinar quais dispositivos as pessoas pretendem adquirir no período do Natal.

Enquanto 38% dos adultos disseram que queriam o Galaxy S8, apenas 20% e 22% deles escolheram o recém-lançado iPhone X e o iPhone 8, respectivamente.

Na América, no entanto, os números mudaram um pouco: 28% dos adolescentes escolheram o Galaxy S8 enquanto 35% deles disseram que queriam receber o iPhone X e o iPhone 8 no Natal.

As mudanças no iPhone, que exigem um novo aprendizado por parte dos usuários, pode ter ajudado o Galaxy S8 (e outros modelos) a ganhar mais notoriedade.

Isso sem falar do preço do iPhone X…

Destaques