Estudo do Google revela os segredos do bom trabalho em equipe

Com o objetivo de descobrir como “construir uma equipe mais produtiva”, o Google montou um estudo chamado “Project Aristotle” (“Projeto Aristóteles”) que se baseia em centenas de entrevistas com funcionários e a análise de dados de mais de 100 equipes de trabalho na empresa.

O resultado é óbvio: as melhores equipes são aquelas que respeitam as emoções do outro e estão conscientes de que todos os membros devem contribuir com a conversa. Ao mesmo tempo, pouco tem a ver com quem está em uma equipe, e sim com a forma como os membros interagem.


De acordo com o buscador, existem cinco principais dinâmicas que definem o sucesso de uma boa equipe:

  • Segurança psicológica: Podemos assumir riscos sem se sentir inseguro ou envergonhado?
  • Confiabilidade: Podemos contar com os outros para fazer um trabalho de alta qualidade em tempo?
  • Estrutura e clareza: São claros os objetivos, funções e planos?
  • Significado do trabalho: Será que estamos trabalhando em algo que é pessoalmente importante para cada um de nós?
  • Impacto do trabalho: Será que acreditamos no trabalho que estamos fazendo?

O conceito de “segurança psicológica” talvez seja o principal ponto para um trabalho em equipe pois permite que os membros possam usufruir de uma conversa franca entre as ideias sem o medo de que qualquer pessoa seja humilhada frente ao grupo.

“Você se sente como se pudesse perguntar sobre o objetivo sem o risco de soar que você é o único fora do circuito? Ou você opta por continuar sem esclarecer alguma coisa, a fim de evitar ser percebido como alguém que não tem conhecimento?”, diz um Googler.

google-trabalho-grupo

2 Replies to “Estudo do Google revela os segredos do bom trabalho em equipe

    1. Infelizmente, né? São poucas as empresas em que os gestores realmente se preocupam com os subordinados.

Comente!