Microsoft quer restringir Chrome e Firefox no Windows 8

74
62

A Microsoft anunciou que vai restringir navegadores de terceiros em seu próximo lançamento do Windows 8 para dispositivos ARM, impedindo desta forma que nenhum outro produto possa competir de igual para igual com o Internet Explorer.

Em resposta a decisão polêmica, Google e Mozilla manifestaram em notas públicas, nesta quinta-feira, suas preocupações sobre a “escolha do usuário e inovação” na próxima geração do Windows.

Para Asa Dotzler, que lidera o desenvolvimento do Firefox para o Windows 8, a Microsoft está tentando bloquear os browsers concorrentes e fomentar uma violação direta das promessas que fizeram para os desenvolvedores, usuários e fabricantes.

“Primeiro, a Microsoft tem um navegador que roda no modo Clássico em Windows ARM. Eles não estão permitindo o mesmo acesso para que possamos executar o nosso navegador no Classic. Em segundo lugar, a Microsoft tem um navegador que roda em modo Metro no Windows ARM que tem acesso a APIs que eles estão negando aos navegadores de terceiros. Então, nós estamos sendo impossibilitados de entregar qualquer navegador no Classic e sendo negados de construir um navegador competitivo no Metro”, explicou Dotzler em carta aberta a imprensa americana.

Em declaração a CNET, o Google mostrou apoio à Fundação Mozilla:

“Compartilhamos as preocupações levantadas pela Mozilla sobre o ambiente de escolha do usuário do Windows 8 ao restringir a inovação. Nós sempre demos boas-vindas a inovação no setor de navegadores em todas as plataformas e acreditamos fortemente que ter grandes concorrentes nos faz trabalhar ainda mais. No final, os consumidores e desenvolvedores são os mais beneficiados com a concorrência acirrada”, publicou o Google.

COMPARTILHAR
Artigo anteriorGoogle planeja aplicativo similar ao Game Center para Android
Próximo artigoGalaxy S III é homologado pela Anatel
é bacharel em administração de empresas e fundador da FragaNet Networks - empresa especializada em comunicação digital e mídias sociais. Em seu portfólio estão projetos como: Google Discovery, TechCult, AutoBlog e Arquivo UFO. Também foi colunista de tecnologia no TechTudo, da Globo.com.
  • griiettner

    Mais um tiro no pé da não mais tão poderosa Microsoft… Creio que com isso, o Chrome OS ira ganhar mais um empurrãozinho…

  • meialisson

    Cara, a partir do momento que se limita a escolha do usuário põe-se em risco um provável sucesso da nova versão do Windows. Assim fica difícil tirar aquela imagem de corporação má que a Microsoft adquiriu. Enfim, eu só não migrei para o Ubuntu por falta de compatibilidade de alguns programar que utilizo no dia-a-dia profissionalmente, como a suíte Adobe por exemplo. Do contrário já tinha picado o pé no Windows kkk

  • Olá, estou totalmente entristecido com a declaração do post, sendo totalmente tedencioso.
     
    1º. Nem no Windows 8 x86 nem no Windows ARM será bloqueado a instalação de nenhum navegador, estando disponivel na Windows Store, vai poder instalado.
     
    2º. O que a Mozilla [e o Google] querem é acesso privilegiado ao sistema, o que a MS está a negar.
     
    Essas declaração se limitam ao Windows RT, o Windows 8  NO TABLET e não no PC, no PC nada será afetado.
     
    Por favor, corrijam o post o mais rápido possível.

  • RodrigoAraujo

    Agora a porra ficou séria!
    Eu odeio esse povo q acha q só pq tem poder pode querer mandar em tudo PQP -.-
    _l_ a microsoft caiu de conceito agora…

  • MatheusMK3

    Não vou mais comprar o Windows 8… Só isso…

  • RenatoAguiar

    A Microsott esta pedido e fazendo de tudo para incentivar o Google a lançar seu próprio sistema operacional. Foi por liquidar a Netscape que a Microsoft foi quase divida em duas e o Bill Gates acabou se aposentando. Pelo visto não aprendeu a lição. Sem contar que o PIOR NAVEGADOR do mundo é o INTERNET EXPLORER. Demora muito para atualizar, não suporta um monte de coisa de CSS3, HTML5, vários bugs, etc.

  • falhamecanica

    @RodrigoAraujo Só agora? Microsoft já não está no meu conceito a muito tempo :D

  • falhamecanica

    @meialisson Compra um Apple!

  • AlexandreBastos

    Essa Microsoft é safada demais velho… pqp.

  • meialisson

    @falhamecanica já tive a oportunidade de trabalhar com Apple, são muito fechados, apesar de ser um excelente produto e terem um ouriço sistema operacional. Temos pouquíssimas opções de S.O.,pena

  • meialisson

    @falhamecanica já tive a oportunidade de trabalhar com Apple, são muito fechados, apesar de ser um excelente produto e terem um ótimo sistema operacional. Temos pouquíssimas opções de S.O.,pena

  • tallibba

    Noticia provavelmente falsa, a microsoft já fez uma cagada com browsers uma vez e é por isso que hoje o Bill não é mais CEO.

  • IsraelRodriguez

     @Luandersonn Realmente..estou acompanhando noticiário internacional sobre esse assunto e em nenhum lugar eu vi que a “Microsoft anunciou..” restrição nenhuma..ta errado o artigo..

  •  @IsraelRodriguez
     Erro de interpretação, a MS falou que NENHUM app metro terá acesso privilegiado ao sistema.

  • llslucas

     @RodrigoAraujo Só agora? +1

  • llslucas

     @Luandersonn Mas o Internet Explorer vai ser um app Metro e mesmo assim vai ter “acesso privilegiado” ao sistema.Em outras palavras, a MS está (de novo!) restringindo uma parte da API para que os seus aplicativos tenham vantagens anti-competitivas sobre os de terceiros. Shame.

  •  @llslucas  @Luandersonn não há nenhum erro no artigo. Infelizmente eles inventaram uma restrição no qual coloca as empresas concorrentes em uma situação de não poder competir. Enquanto isso, como disse bem o @llslucas , o IE tem acesso completo.

  •  @MatheusMK3 Por enquanto, se eles não mudarem de ideia, a restrição está relacionada apenas a arquitetura ARM, que seriam celulares e tablet. :)

  • llslucas

     @meialisson Também queria me livrar do Windows, mas ainda não dá, mesmo com um sistema bem mais user friendly como o Ubuntu, ainda há muitas restrições principalmente pro usuário leigo.O problema das distribuições GNU/Linux é que o GNU vem carregado de ideologia, e mesmo que uma empresa como a Canonical tenha interesses comerciais por trás do Ubuntu, é difícil ter que lidar com as licenças restritivas e anti-comerciais como a GPL e mais que isso, desassociar o GNU/Linux da imagem de “sistema para geeks” que ele adquiriu.Mas apesar do Linux Kernel e o GNU/Linux (não confundir) estarem ambos licenciados sob a GPL, o criador do Linux não compartilha da ideologia (neo-comunista?) da GNU. Por isso é possível criar sistemas comerciais e até fechados que utilizem o núcleo Linux sem problemas, mas o não o mesmo com distribuições GNU/Linux.É aí que entra o Android: um Sistema de código aberto que usa o Linux Kernel e não tem as restrições do GNU/Linux. Ou seja: empresas convencionais como Samsung e Sony podem utilizá-lo, modificá-lo para suas próprias necessidades e manter o código fechado. Assim, sendo guiado e apoiado por interesses comerciais, inclusive do próprio Google, o Android pode crescer como uma alternativa aberta ao Windows e ao Mac OS/iOS mas que ao mesmo tempo atende ao usuário leigo.Hoje ele é restrito a Smartphones e Tablets, mas eu acredito nos rumores de que o Google tenha planos de caminhar na direção dos Netbooks (talvez Netbooks com Touch Screen sejam uma boa ideia, o ASUS Transformer com Android 4 dá um gostinho dessa possibilidade)
    Mas enfim, eu torço poque entre outras coisas, mal vejo a hora de nunca mais ter que usar um produto sequer da Microsoft.

  •  @llslucas
     O Internet Explorer é mais que um navegador no Windows 8, ele faz parte do sistema, o Windows usa o motor dele também. Ele NECESSITA [e pode] ter acesso priveligiado ao sistema para poder funcionar. NINGUÉM comenta que é assim no iOS e no Android, o browser do Android tem acesso a todo o sistema, isso funciona assim mesmo, agora a MS é bode expiatorio.

  •  @renefraga  @llslucas
     Estou feliz pela correção @renefraga , mostrou [mais uma vez] profissionalidade.

  • klaudiojorge1979

    Já está mais do que na hora deles terem a sua própria plataforma e deixarem de contar com a Microsoft para usarem os seus navegadores. essa restrição fará com que pensem nisso 

  • helveciodias

     @RenatoAguiar O Google já tem um sistema operacional próprio, o Chrome OS.

  • RenatoAguiar

     @helveciodias  @RenatoAguiar Eu sei, mas ainda não colocou no mercado de forma mas agressiva. Coisa que pode ocorrer em breve.

  • llslucas

     @Luandersonn Desculpa, mas isso que você disse não faz o menor sentido.
    Primeiro que NÃO é assim no Android: o máximo que o sistema pode é utilizar o motor de renderização do navegador padrão (que diferente do Internet Explorer, é genérico, não leva o nome Google, não sugere serviços do Google ao utilizador (por que será que a maioria dos usuários brasileiros usa Hotmail? ;), permite trocar facilmente o buscador do Google por algum dos concorrentes (já tentou mudar do Bing para o Google no IE? Eu já. Um usuário comum desistiria antes de conseguir, pois fica bem escondido), isso só pra citar o básico!) para renderizar conteúdo da Web dentro dos aplicativos, mas mesmo assim o Android permite navegadores independentes, sejam utilizando o motor de renderização padrão (como faz o Dolphin) sejam utilizando seu próprio método de renderização (como faz o Firefox). Ou seja, não é um impedimento técnico. É questão de liberdade, de justiça, de ética, de qualquer coisa menos de ser uma “necessidade” ou de “fazer parte do sistema”, pois você constrói as coisas da maneira que quiser! Nos sistemas Linux por exemplo, muitas vezes não existe um “navegador padrão” e mesmo assim os programas tem acesso a uma biblioteca nativa de renderização HTML porque uma coisa não tem nada a ver com a outra.
    Quanto ao iOS, ninguém nunca disse que a Apple é melhor que a MS nesse quesito. A diferença talvez seja que os produtos da Apple têm mais qualidade (ou pelo menos fazem seus usuários acreditarem nisso), e por isso as pessoas se incomodam menos com a falta de escolha. Mas ambas tem o mesmo pensamento.
    Enfim, a MS não está sendo bode expiatório, ela esta só mostrando mais uma vez ao mundo que não se importa em jogar sujo pra alcançar seus objetivos.

  •  @llslucas
    Você não entendeu, o SISTEMA que usa o motor do IE, não o contrário. Funciona assim no iOS, e a Mozilla já tentou fazer o mesmo com a Apple sem sucesso e duvido que consigam agora. Eles querem acesso privilegiado ao sistema, o que nem Google, nem Apple dão acesso, qualquer navegador pode usar a interface Metro, eles querem mais que isso, querem usar a Interface Pro, o que NÃO é permitido para qualquer app Metro (apenas oficiais da Microsoft, por segurança).

  • btolinux

     @tallibba vc realmente acha que o steve balmer não concordaria com uma coisa dessas??

  • EriveltonSouza

    Apelaram feio em, kkkkkkk

  •  @btolinux  @tallibba
     Eu tenho certeza que NAO.

  • llslucas

     @Luandersonn Eu não disse que era o contrário. O sistema poderia usar o motor do IE do jeito que você ta dizendo e nem por isso a Microsoft precisaria impor quaisquer limites aos demais browsers.
    A verdade é que em um bom sistema operacional não podem haver “privilégios” para ninguém: o que um aplicativo by Microsoft pode fazer deveria poder ser feito por qualquer outro aplicativo, desde que ele tenha as devidas permissões, claro. Não se trata de segurança, aliás considerando que o Internet Explorer nas versões antigas, era um dos maiores pontos de vulnerabilidade no Windows, nada garante que dar acesso privilegiado só para a Microsoft seja um fator de segurança.
    E no Android não é assim, o máximo que pode acontecer é um aplicativo de sistema ter permissões muito específicas que não podem ser dadas a nenhum outro aplicativo, como o app de Configurações ter permissão para iniciar um Factory Reset, por exemplo, mas qualquer app que seja substituível, que não desempenhe um papel de sistema, como é definitivamente o caso de um Web Browser, tem as mesmas permissões que qualquer outro aplicativo instalável, seja do Google, seja de terceiros.

  •  @llslucas
    Olha, entendam: Android ≠ Windows. A Microsoft tem as regras delas, e é que nenhum app metro terá acesso privilegiado ao sistema, a não ser da MS, porque ela pode comprovar e confiar na fonte, que é ela mesma. Aliás, o IE não é um app Metro, ele é um recurso do sistema, e como recurso do sistema, tem acesso total ao mesmo.
     
    É questão de segurança sim, a MS está investindo na segurança do navegador: http://www.tecmundo.com.br/internet-explorer/20680-internet-explorer-10-sera-mais-seguro-em-conjunto-com-o-windows-8.htm

  •  @Luandersonn  @llslucas “NINGUÉM comenta que é assim no iOS e no Android, o browser do Android tem acesso a todo o sistema, isso funciona assim mesmo, agora a MS é bode expiatorio.” 
     
    Não sei da onde você tirou isso. Um exemplo bem fácil é o Chrome Beta, ele é um aplicativo e tem a mesma experiência do navegador nativo. Em alguns pontos, ele é melhor que o nativo. 

  •  @renefraga  @llslucas
     Vou até da Like, falou lindo: Agora adivinha de quem é o Chrome beta?

  • llslucas

     @Luandersonn Só citei o Android porque você disse que nele funciona do mesmo modo.
    A discussão aqui não é se a Microsoft pode fazer isso ou não, é se isso e certo ou errado, principalmente considerando que ela tem o domínio dos Sistemas Operacionais.
    Pra mim, pro @renefraga e pra quase todo mundo aqui o argumento de que a restrição “é algo necessário” é uma tentativa bem fraca da Microsoft de mascarar o jogo sujo.
    Navegador não é recurso de sistema, eles só querem acabar com a competição, ainda mais com as últimas notícias de que o Google Chrome ficou em 1º lugar em muitas partes do mundo.
     
    E quanto ao Chrome Beta que o @renefraga citou, ele não tem a mesma experiência do navegador nativo porque é do Google, a Microsoft poderia desenvolver um Internet Explorer pro Android se ela quisesse e ele poderia fazer tudo que o Chrome Beta faz.

  • RenatoAguiar

     @meialisson  @falhamecanica Eu trabalho com Mac e temos sim MUITAS OPÇÕES, nunca teve tantos softwares disponíveis, nunca foi tão fácil como hoje. Eu pensava que adorava o Windows, comecei trabalhando em DOS em um XT quando criança, e passei por todos os Rwindows do 3.1 ao 7. E não tem nem comparação, só quem usa, no dia a dia entende como Apple é muito melhor.
     
    Eu torço para o Linux vingar, não é a toa que AVATOR foi todo desenvolvido em Linux. E a Pixar que usa Macs, até o X-Mem foi feito em Mac. Os programas da Adobe funcionam muito melhor no Mac, e a AutoDesk venho com tudo, desenvolveu todos os programas para Mac.
     
    Mas espero que um dia o Google coloque seu sistema Desktop com tudo no mercado, assim  ninguém mais vai precisar usar um sistema de um empresa que só pensa nos lucros e não liga pra qualidade e a experiência do usuário, lucro ela tem que ter, mas que faça algo melhor. Normalmente a Microsoft faz algo “bonito” mas nem sempre tão bom.
     
    Com certeza hoje os melhores sistemas operacionais são baseados em UNIX.

  •  @llslucas  @renefraga
     Não é errado de jeito nenhum, o principal que é a navegação eles vão conseguir, mas não vai usar a interface pro, que é restrito para apps da Microsoft como Office, IE. Então estão chorando por nada, e sim Lucas, é pela segurança sim, o Firefox e Chrome não saíram em desvantagens por isso, o básico  que é a navegação, vai dar para fazer.
     
    O Chrome beta COM certeza tem privilégios, duvida?

  • llslucas

     @Luandersonn  @renefraga
    Sim, eu duvido cara! Eu poderia até apostar!
    E não é por confiar que o Google seja melhor que a Microsoft na questão ética (apesar de eu ter certeza disso), é por uma questão de lógica o Android é Open Source, ou seja não dá pra esconder funcionalidades. No Windows é fácil dar privilégios, porque o sistema é fechado, é só não incluir na documentação e pronto: só os programas da Microsoft vão saber como acessar determinada funcionalidade.
    No Android isso é logicamente impossível.

  •  @llslucas  @renefraga
     Exatamente, mas quem provou que o Chrome não tem acesso? Eu nem acho isso totalmente errado, principalmente pela segurança

  • paulomarcelo

    Mas isso é só no Windows para tablets e smartphones.
     
    Se não está de acordo com isso, só comprar um tablet com Android ou iOS.
    A escolha continua nas mãos do consumidor. Escolhe o que quer.
     
    O Windows para Desktop e notebook, continua a mesma coisa e com todas as liberações de antes.
    A máteria deixa de falar de muitas coisas, pra fazer com quem vê de relançe, entenda outra coisa. Não poderia esperar diferente de uma página voltado para users e fãs da Google.

  • Iury Lucas P

    Mesmo sendo para tablets e smartphones, ele apelaram feio mesmo. Isso resultaria em uma queda não tanto significante a Microsoft, nessa hora deveria aparecer o Chrome IOS ‘-‘

  •  @Iury Lucas P
     Chrome iOS? O que seria isso? Um sistema operacional entre um acordo com o Google e com a Apple?

  • llslucas

     @paulomarcelo
    “Só” para smartphones e tablets?
    Você quer dizer “só” para as plataformas que, segundo muitos analistas, prometem tomar lugar do PC nos próximos anos?
     
    E quanto a “comprar um tablet com Android ou iOS se não estiver de acordo”, é preciso pensar a longo prazo.
    Acredito que o Android será capaz de competir com o Windows, principalmente por ser um sistema aberto, já que arquiteturas abertas ao longo da história venceram importantes disputas com arquiteturas fechadas; bons exemplos disso são a arquitetura x86, o padrão TCP/IP, a Ethernet, a arquitetura da Web no geral, incluindo o HTTP, o e-mail, o HTML, etc. O GNU/Linux, com certeza não teve o mesmo sucesso pelas suas características anti-comerciais (diferente do núcleo Linux, que por não ter tais características, foi amplamente adotado ao redor do mundo).
     
    Mas não é possível prever o futuro e, infelizmente, o Windows pode vir a dominar também o mercado de SOs para smartphones e tablets devido ao seu atual domínio nos PCs convencionais, nem que seja só no meio corporativo. Por isso não dá pra pensar dessa maneira, e o descontentamento deste blog é muito válido.

  • paulomarcelo

     @llslucas
     como foi amplamente debatido abaixo, é apenas uma questão de igualdade comercial.
    Coisa igualmente feita em seus concorrentes para dispositivos moveis.
     
    Não acho que a Microsoft, só porque PODE VIR A SER UM DIA TALVEZ a lider de mercado no ramo, é obrigada a liberar acesso irrestrito ao seu sistema, sendo que as outras nem fazem isso.
     
    Não foi impedido que os outros navegadores possam fazer os seus sistemas para rodar no Windows RT.
    Só foi limitado o nivel de acesso.
     
    Façam o APP dentro do que lhe é permitido, como todas as empresas deverão fazer quando forem produzir.
    Não significa que não vai funcionar. E é uma hipotese que essa “vantagem” que supostamente o IE vai levar.
    Se bem feito, aposto que os que não gostam de nada da Microsoft, poderão instalar os seus navegadores preferidos e rodarão muito bem.
     
     
    Mas volto ao que disse.
    Se é tão hater de tudo da Microsoft, julgo ser a melhor opção escolher um SO diferente na hora de comprar o produto. APOSTO que os dispositivos com Android sempre serão mais baratos do que dispositivos com Windows 8.
    Duvido que será possivel “formatar” um tablet e instalar o SO preferido. Isso é uma ideia bem improvavel, considerando todos os interesses comercias das fabricantes. Portanto. Quando comprar, opte já por um SO diferente.
     
    É muito mimimi pra pouco problema de fato.
     
    A Microsoft não quer dar acesso ilimitado ao seu sistema movel, exatamente como as outras empresas fazem. Isso se trata de igualdade de direitos.
     
    E caso concordasse que essa “ação” fosse digna de preocupação, falaria sem problema. Não sou defensor de nenhuma empresa e eles não me pagam 1 centavo pra ajudar nas despesas mensais. So analiso os fatos e os julgo de acordo com minha visão.

  •  @paulomarcelo  @llslucas
     O caso é o seguinte:
    – Todos os apps tem uma limitação de acesso.
    – Firefox e Chrome são como outros app metro, logo vão ter a limitação de acesso
    – O que a Mozilla e o Google querem é ter acesso privilegiado, como se fosse especial.
     
    Nota: O IE tem acesso por não ser um app Metro instalável/desinstalável. Ele faz parte do sistema. Funciona assim com o iOS, não sei com o Android, mas ele só estão procurando defeitos no sistema pelo Windows ser um concorrente comercial.

  • chamorropin

    Isso eu acho hipocrisia criticar a Microsoft por que seus smartphones e tablets nao rodarao o Chrome e o Firefox sendo que o Android nunca rodara o IE.

  • meialisson

     @chamorropin Isso é bem relativo, primeiro, não existe um app do IE para outras plataformas, enquanto existem versões do Opera para praticamente todos os SOs e plataformas e elas rodam da mesma maneira no Android, Symbian, enfim… Firefox também tem versão para Android, acho que não é essa a questão. Um fato a ser considerado é que o Internet Explorer é inferior aos seus dois principais concorrentes: Firefox e Chrome, ainda mais inferior se comparado ao último. Falta compatibilidade, é lento, trava, não dá a liberdade de se instalar extensões, etc. no máximo barras chatas e inúteis. Por essas e outras que a Microsoft está ameaçada partindo de uma área que ela não domina, o móvel, que por sinal está tomando conta do mercado.

  • llslucas

     @paulomarcelo E quem quer acesso irrestrito ao sistema? O Chrome para Windows por exemplo não precisa de acesso de Administrador NEM pra ser instalado, quanto mais pra rodar.
    Que raios de “permissões especiais” um browser precisa que a Microsoft não pode dar? Isso não faz sentido, é uma limitação intencional, não uma limitação necessária. Eles podem evitar um monte de explicações, falar em segurança e etc. mas não faz sentido algum.
     

  •  @meialisson
     O que muda totalmente na sua versão 10

  •  @llslucas É exatamente o que a Mozilla quer, acesso privilegiado ao sistema Windows RT.
    Eles poderão rodar IGUAL ao IE, menos requisitar a interface Pro, que é exclusiva para o Office e outros aplicativos da MS, entendeu?

  • meialisson

     @Luandersonn Bla, bla, bla, a versão 9 também mudava tudo e sanava todos os problemas, não é o que se vê, não suporta uma porrada de funcionalidades de HTML5 e CSS3, tendo que usar javascript pra funcionar o básico do HTML5

  •  @meialisson
     O IE9 (nem falo do IE10) funciona melhor em HTML5 do que o Chrome!

  • meialisson

     @Luandersonn Eu sei como é kkk, também já fui apaixonado e cego pelo IE, faz parte!

  •  @meialisson
     Primeiro: Quem é apaixonado pelo IE? Isso seria muito estranho… sério.
    Segundo: O que disse foi baseado nos testes feitos pelo LifeHacker, um site muito famoso.

  • meialisson

     @Luandersonn A prática é bem diferente, trabalho com desenvolvimento front-end… Os projetos em HTML5 no IE9 TODOS tive que utilizar o modernizr (pesquise no Google) para conseguir fazer o básico. Desenvolver para IE (qualquer versão até agora) é sofrido meu brother.

  • meialisson

     @Luandersonn A Microsoft é muito lenta na adequação a padrões com o IE, demoram muito para atualizar, mas estão aprendendo. O modelo de desenvolvimento e atualização ágil adotado pela Google com o Chrome é algo interessante e positivo, tanto que é um modelo também praticado em sistemas operacionais móveis, o qual a Microsoft também está se adequando, no fim das contas a concorrência é sempre positiva e os maiores beneficiados na história toda são os usuários finais.

  • bobppower

    esse tipo de competição desleal é que me faz cada vez mais usar Ubuntu…
     
    muito feio, Microsoft…

  •  @meialisson
     É porque suportar e funcionar corretamente são duas coisas diferentes, o Chrome suporta vários recursos HTML5, mas não funciona como deve. No IE, quando implementando já deve está funcionando.
     
    Concordo que o clico de atualização do IE é lento, talvez por ser junto com o do Windows. Mas segundo o Tecnoblog, as atualizações serão a cada 3 meses. O Chrome é pouco adotado corporativamente exatamente por causa disso, o IE tem um suporte imenso, o Chrome não.

  • RenatoAguiar

     @Luandersonn Sou desenvolvedor de sites e sinto muito em dizer que isto infelizmente NÃO É VERDADE. Para nos desenvolvedores o nosso maior pesadelo é desenvolve site que funcione no IE. Temos que fazer um site para os outros bons navegadores e outro para o IE e cada uma das versões. Todos tem algum ou vários bugs ou erros. Deus que me livre. Safari, Chrome, Opera e Firefox são muito mais completos em HTML5 e CSS3 e tem a vantagem de ter atualizações constantes, já o IE demora anos para se atualizar e fica EMPACANDO a progresso da internet, se no fosse o IE a internet seria muito melhor, temos que ficar fazendo sites “PIORES”porque ainda existem pessoas que usam esta PORCARIA. Esta é a triste verdade, INFELIZMENTE eu gostaria muito que não fosse, ia melhorar muito nossas vidas, desenvolvedor e usuário.

  • RenatoAguiar

     @Luandersonn  @meialisson  que absurdo, você Luandersonn esta completamente enganado, eu trabalho com código todos os dias, desenvolvendo sites e o IE é um verdadeiro LIXO. Só para citar um exemplo o IE 9 não suporte GRADIENTE (CSS3), uma grande vergonha. Formulário em HTML5 nem pensar, esta muito longe de ser algo que preste. Se o 10 fazer o básico já vou ficar feliz.

  • mateuspl

     @chamorropin isso n é pq o IE não foi desenvolvido para android? a qts da microsoft é restrição, n falta de interesse =/

  • Willian Max

     @RenatoAguiar  @Luandersonn  @meialisson Internet Explorer não suporta text-shadow, do CSS2, até hoje!

  •  @RenatoAguiar  @meialisson
     Você não entendeu, ele é sim ruim para desenvolver, todos sabemos. Mas as tecnologias HTML5 que vocês exigem ainda não estão fechadas e aprovadas pelo órgão regulador W3C

  • RenatoAguiar

     @Luandersonn  @meialisson engraçado que já estou desenvolvendo todos os sites com HTML5 e CSS3 e funcionam redondíssimo no SAFARI, CHROME, OPERA E FIREFOX. Já no IE, não posso falar o mesmo, tenho que usar JAVASCRIPT e HACKS, e todos estão passando tranquilo no teste de validação do W3C – http://validator.w3.org/ – (apesar de ainda não fechado 100%), sim o W3C já este fazendo a validação com HTML5.
     
    Agora não entendo como você pode questionar validação W3C, sendo que tudo o que é feito para IE NÃO VALIDADE NO W3C!!! Todos os navegadores da MICRO$OFT tem problemas com validação e renderização, tanto com (X)HTML e CSS2, não vou nem falar de HTML5 e CSS3 porque ai fica MUITO PIOR.
     
    Não tem como defender algo tão horrível e mal feito, agora só está MENOS PIOR. E espero que melhore, é de meu/nosso interesse.

  • RenatoAguiar

     @Willian Max  @Luandersonn  @meialisson vdd, sem contar os problemas com segurança.

  • @Luandersonn@meialisson
    “O Chrome é pouco adotado corporativamente exatamente por causa disso, o IE tem um suporte imenso, o Chrome não” 
     
    Bom, já trabalhei com TI e prestei suporte técnico por alguns anos. O IE se mantinha no ambiente corporativo por falta de interesse e de investimentos. Alguns bancos de dados antigos, principalmente da Oracle, forçavam seu uso e necessidade (e não por escolha dos usuários).
     
    Recentemente vimos o Chrome ser adotado no Departamento de Estado dos EUA, uma mudança sem precedentes e que alavancou até aplausos em seu anúncio. Vídeo: http://goo.gl/8NnGz
     
    Infelizmente é um setor que vive muitas vezes no passado, restringindo até mesmo a experiência dos funcionários para sustentar modelos antigos. 
     

  •  @chamorropin “o Android nunca rodara o IE” // Se a Microsoft tiver interesse em levar o IE para Android, tenha certeza que o Google Play irá recebê-lo. Mas, infelizmente, a Microsoft nunca teve muito interesse em levar sua tecnologia para outras plataformas. 

  •  @RenatoAguiar  @meialisson
     Concordo, só acho que a exigência de suporte a tecnologia quando estiver fechado e aprovado.
     
    Por exemplo, tenta fazer uma rede social com suporte a álbum offline, APENAS O IE10 da suporte, podemos falar que o Chrome é ruim por causa disso? Tenta fazer o Chrome mostrar legendas em HTML5, ele vai conseguir? Não, não há suporte, só o IE10, o Chrome e o Firefox podem ser taxados como ruim?
     
    Claro que certas tecnologias ainda faltam no IE, o que é triste, gostaria que você desse uma olhada no IE10 e desse sua opinião, e deixe um comentário aqui =)

  • RenatoAguiar

     @renefraga  @Luandersonn  @meialisson Eu não diria suporte, mas preguiça do desenvolvedor, em desenvolver para os outros browsers. Muita coisa só “funciona” só IE pq como existiam muitos problemas neste navegador era mais “fácil” só desenvolver pra ele, pois da muito trabalho criar um site e um sistema para mais de um navegador. Hj o mundo não é mais microsoft e praticamente todos os bancos já desenvolveram sites para todos os navegadores.

  • RenatoAguiar

     @Luandersonn  @meialisson com certeza vou testar, mas assim que a microsot finalizar o IE10 e lançar no mercado. Mas não vou só olhar, vou ter que testar profundamente, terei que estudar este navegador e ver como todos os códigos se comportam nele e isto vai levar bastante tempo.
     
    Se o IE10 tiver suporte para o basico e se, se comportar igual aos seu concorrentes já fico feliz e vou torcer para que todos possam ter o IE10, independente  da versão do Windows que a pessoa tiver XP, VISTA ou W7. Isto é uma questão de SAÚDE PÚBLICA, e não entendo como a microsoft ainda não entendeu isto, e não facilita a atualização para todos, seria bom pra seus clientes e para a internet como um todo, já q o navegador é a porta para todos os males.
     
    Por estas e outras, seus concorrentes são melhores. Os navegadores se atualizam constantemente em todos os sistema sem trabalho para o usuário, uma praticidade só. Se a Microsoft fazer o IE10 e poucas pessoas tiverem acesso, não vai adiantar de nada, já que teremos que ficar desenvolvendo sites para IE9, IE8, IE7.

  • RenatoAguiar

     @renefraga  @chamorropin AINDA BEM, se ela não consegue fazer “bem feito” nem pra ela, quem dera para os outros. rsrs

  •  @RenatoAguiar  @meialisson 
    Questão de dinheiro, quer vender mais Windows.

  • FAMC

    Se a Microsoft bloquear o que for realcionado ao Google é sinal de que está com muito medo. Típico sistema de proteção igual países subdesenvolvidos (Brasil) fez muito tempo no passado, proibindo importação de automóveis para proteger os fabricantes nacionais. Aí qdo se liberou, lá no inicio da década de 90, foi a choradeira a pressão das nacionais pra cima do governo. Acontece que hj tem o imposto de importação ainda, mas tb temos os carro importados. E já pensou se proibem de importar??? A população ia detornar o governo. O mesmo com Microsoft, vamos detonar essa empresa… que ela se concentro no seu Xbox Kinect que está de bom tamanho.

  • KelvelynCarvalho

    simplesmente se a microsoft fizer isto muitos usuários não migrarão para o novo sistema operacional da microsoft

  • CPVinny

    kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk só assim mesmo pra alguem usar o IE