Mudança no Chrome incentiva empresas a priorizarem segurança

A partir da versão do Chrome 68, os sites que não migraram para o HTTPs serão marcados como ‘não seguros’ na barra de endereço que fica no topo da página. E, como 60% do tráfego da internet passa pelo navegador do Google, a segurança precisará …