YouTube proíbe vídeos que contenham informações incorretas sobre vacinas

YouTube promete proibir todos os vídeos que contenham desinformações sobre as vacinas que estão sendo atualmente administradas e tenham sido aprovados pelas autoridades de saúde locais ou a Organização Mundial de Saúde. O serviço diz que os usuários não devem , por exemplo, postar vídeos …