Blog Página 903

Google Notebook adiciona marcadores e favoritos

0


Google Notebook acrescentou uma das características mais solicitadas: marcadores. Agora você pode marcar cada nota e possibilita visualizar todas as notas que têm um determinado marcador. A aplicação agora também importa todos os marcadores e sites do Google Bookmarks colocando-os em uma nova nota intitulada “Unfiled”. A adição de uma nova nota, neste novo notebook cria um novo favorito.

  • A organização de uma nota agora está mais flexível: você pode classifica-las por data, por marcador e filtrados pelo rótulo.
  • A extensão do Google Notebook também foi atualizada e tem uma nova opção: ao selecionar o texto de uma página web, clique na pequena estrela para adicioná-lo como uma nota no Google Notebook. Agora você pode utilizar a extensão para adicionar favoritos clicando na estrela quando o “Unfiled” caderno é selecionado.

Google Notebook é uma outra aplicação do Google que deve ganhar suporte off-line através da technologia do Google Gears num futuro próximo, você poderá acessar suas notas e favoritos, mesmo quando você não tiver uma ligação com a internet.

Agradecimentos ao Felipe Rocha pela dica!

Google History armazena histórico de buscas do Blog Search

0


Google Blog Search agora é parte do seu histórico de pesquisa. Isso significa que toda vez que você utilizar o motor de pesquisa especializado para blogs e que você está conectado com a sua Google Account, a sua consulta será gravada e disponibilizada no Google History.

Você pode navegar na lista de consultas e encontrar uma página da web que você visitou no passado, mas somente no caso de um resultado de pesquisa do Google. Para que o Google History possa abranger todas as páginas que você visita, você precisa instalar o Google Toolbar e ativar essa opção.

Fonte: Google Operating System

Windows Live Messenger 9 poderá se comunicar com Google Talk

1

Após supostos vestígios de que o Google estaria trabalhando num modo de conectar o Gmail Chat a outras redes de comunicadores instantaneos. Um empregado Microsoft anunciou ontem que está trabalhando numa nova versão do Windows Live Messenger na qual poderia se comunicar com os usuários do GTalk, AIM e ICQ.

Segundo o empregado, a comunicação com o AIM e ICQ ainda está em desenvolvimento mas o produto já apresenta uma ligação básica à rede do Google Talk, o que significa que você pode usar o Google Talk dentro do Windows Live Messenger, com a mesma compatibilidade com Yahoo! Messenger adicionado um tempo atrás. Infelizmente, o produto ainda não suporta voz ou transferência arquivo.

Google, Cisco e ONU lançam portal digital

0


Segundo o agência EFE, a Organização das Nações Unidas (ONU) se uniu nesta última quinta-feira com os empresas de tecnologia Google e Cisco para “lançar um portal digital que permitirá acompanhar os progressos do mundo todo rumo aos Objetivos de Desenvolvimento do Milênio (ODM), cuja meta é reduzir a pobreza extrema pela metade até 2015”.

O secretário-geral da ONU, Ban Ki-moon, apresentou o site (www.mdgmonitor.org) à imprensa, acompanhado pelo chefe de tecnologia do “Google Earth”, Michael T. Jones, e pelo vice-presidente principal da Cisco, Carlos Domínguez e do Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (Pnud).

Jones disse que o “mdgmonitor” se enquadra no propósito de aproximar o indivíduo da realidade do planeta. Para isso, lembrou, o Google lançou em 2005 o seu serviço de imagens de satélite, que atualmente conta com mais de 300 milhões de usuários.

Leia a matéria completa.

Orkut Sandbox: construa aplicativos sociais para o Orkut

15

Como um desenvolvedor, você logo será capaz de criar aplicações sociais para os milhões de usuários do Orkut através do Orkut SandBox. Com o lançamento do OpenSocial, um conjunto comum de APIs, HTML e JavaScript projetados para permitir que desenvolvedores facilmente possam construir aplicações sociais.

O Google abriu um limitado sandbox, que permite utiliza-lo para começar a construir aplicativos e testar a API. Neste momento, os aplicativos sociais estarão apenas disponíveis para os desenvolvedores no Orkut sandbox. O Google informa que estará adicionando as aplicações criadas por desenvolvedores no Orkut sandbox organicamente no serviço, por isso inscreva-se hoje.

Aqui estão algumas das coisas que você pode fazer com aplicações sociais no Orkut:

* Construa tanto para mostruário como visualização de opiniões
Os aplicativos tem a habilidade de criar experiências completas multi-páginas. Um mostruário sobre o perfil do usuário também pode mostrar diferentes opiniões baseadas em saber se o proprietário da página ou o seu amigo está vendo o aplicativo.

* Promova comunicação entre amigos
Permite acessar as informações do usuário, lista de amigos, e um atualizado feed para que as pessoas possam ver o que os amigos estão fazendo.

* Aprenda uma vez, escreva em todos os lugares
Porque Orkut usa APIs do OpenSocial, as mesmas APIs que você usa no Orkut e pode ser usado para construir aplicações sociais para outras redes sociais com suporte ao OpenSocial.

YouTube apresenta preview 2 da nova interface

1


Após lançar um preview público da nova interface aos seus usuários, o blog do YouTube anunciou hoje que devido ao feedback negativo dos usuários remodelou a nova interface e agora apresenta as seguintes novidades:

– Menus Tab na cor cinza, em oposição ao vermelho.
– Tamanho da fonte foi ajustado.
– Menu de categorias de vídeos agora só aparece ao passar o mouse em cima do pequeno triângulo, não mais em cima da palavra.

Clique aqui para conferir o novo preview.

Direto de Wall Street: o gPhone poderá ser revelado nesta segunda-feira

1

HTC Touch - celular

O The Wall Street Journal, o mais respeitado jornal de economia e negócios do mundo, que acompanha de perto os movimentos das empresas cotadas nas bolsas de valores de Wall Street, publicou ontem que na próxima segunda-feira, dia 05/11/2007, a Google revelará os seus planos para a telefonia móvel, ou seja, para o tão esperado gPhone.

Em 30/10/2007, nós havíamos dito que o gPhone seria demonstrado entre os dias 12 e 23/11/2007.

Uma coisa é dada como certa: a Google lançará uma plataforma completa de software para telefones móveis, composta de um sistema operacional de código aberto, desenvolvido a partir do Linux, além de aplicativos de agenda, mapas, editor de textos, planilhas eletrônicas, apresentações, redes sociais, e-mail, fotos, filmes do YouTube, pesquisas na Internet, serviços de blogs e micro-blogs, grupos de discussão, compras etc.

Será que vai usar o navegador Firefox Mobile? Seria ótimo, vocês não acham?

Fica ainda a pergunta: e o telefone em si? Será lançado?

A expectativa quase unânime dos especialistas do mercado financeiro é de que será sim lançado. Entretanto, isto não quer dizer que o aparelho será vendido diretamente pela Google. Ao contrário, muito provavelmente, ele deverá ser vendido pelas operadoras de telefonia celular.

Quem serão os fornecedores de telefones?

Como já anunciamos aqui, a maioria acredita que a fornecedora principal será a HTC. Esta, diga-se, é tida como pule de dez neste jogo. Entretanto, fontes ouvidas pelo The Wall Street Journal disseram que a Samsung, a LG e a SonyEricsson também correm por fora, pelo direito de também fornecerem seus smartphones com a marca e as características do gPhone. Além do mais, ainda segundo o WSJ, outros fabricantes hoje não cogitados publicamente, poderão, na próxima semana, aparecer na lista.

De qualquer forma, nós do GoogleDiscovery acreditamos que um dos principais canditados ao posto de gPhone será o HTC Touch, que possui várias características do iPhone e é mais barato. Hoje, já encontramos este produto com a suite Microsoft e nada parece impedir que a suíte Google seja nela introduzida.

O WSJ disse também que as primeiras empresas de telefonia celular a aderir ao gPhone serão a Sprint/Nextel e a T-Mobile.

A InformationWeek afirmou que a Verizon deverá aderir, mas não nos primeiros dias.

É importante que se diga que o gPhone não é nem um conjunto de softwares e nem um aparelho telefônico, mas uma verdadeira plataforma de acesso à Web, que pressupõe a inexistência de fiação e que poderá até redundar na entrada da Google no próprio mercado de telefonia celular ou de fornecimento de banda larga de Internet, mais adiante.

Leia também: Google deverá anunciar a estratégia do gPhone em 15 dias.

Google OpenSocial: a web é melhor quando se torna mais social

3


Com este lema, o Google OpenSocial abre suas portas e começa a funcionar nesta sexta-feira. Segundo o novo produto, a web é mais interessante quando você pode construir aplicativos que facilmente possam criar uma interatividade com seus amigos e colegas. Com a tendência para aplicações cada vez mais sociais, vem também uma crescente lista de sites específicos – APIs que os desenvolvedores devem aprender.

OpenSocial prevê um conjunto comum de APIs para aplicações sociais em diversos sites. Com o padrão HTML e JavaScript, desenvolvedores podem criar aplicativos que acessam redes sociais e podem ser alimentados por feeds.

Muitos sites, um API

Common APIs significa que você tem menos trabalho ao construir um aplicativo para vários sites. OpenSocial está sendo atualmente desenvolvido pelo Google em conjunto com os membros da comunidade da web. O objetivo é que qualquer rede social possa implementar as APIs e hospedar aplicativos de terceiros. Há muitos sites que irão utilizar o OpenSocial, entre os serviços estão Engage.com, Friendster, hi5, Hyves, imeem, LinkedIn, MySpace, Ning, Oracle, Orkut, Plaxo, Salesforce.com, Six Apart, Tianji, Viadeo, e XING.

Para que os desenvolvedores possam começar imediatamente, Orkut abriu um limitado sandbox, que permite construir aplicativos usando o OpenSocial APIs.

Servidor opcional

OpenSocial utiliza a tecnlogia do Google Gadget, de forma que você pode construir um grandes aplicativos sociais virais com pouca ou nenhum custo. Com o Google Gadget Editor e uma simples chave / valor da API, você pode construir um aplicativo completo social com ou sem servidor. Naturalmente, você também pode hospedar sua aplicação em seu próprio servidor, se você preferir. Em todos os casos, a tecnologia de cache do Google Gadget pode facilitar sua banda e a demanda pelo seu aplicativo – criando um ambiente propício para seu aplicativo ser um sucesso mundial.

Orkut ganha nova funcionalidade Ask Friends

2


Apesar de não haver uma informação oficial, uma nova funcionalidade surgiu hoje no Orkut e pode ser o início do OpenSocial, uma plataforma criada pelo Google para que desenvolvedores criem aplicações para que os usuários de redes sociais com o objetivo de aumentar a interação entre os usuários, ou mesmo tempo, o Google coleta essas informações para melhor analisar seus usuários e conseqüentemente melhorar seu sistema de publicidade.

Para ativar a nova funcionalidade, você precisa inicialmente estar com a interface em inglês e clicar no botão “Add Stuff” no meu lateral na esquerda, após ativa-lo, uma nova opção surgirá no menu de navegação em seu perfil. Para quem usa o Facebook, essa opção funciona da mesma forma que a aplicação “My Questions” que permite fazer perguntas aos visitantes do seu perfil.

A aplicação “mobius”, ou melhor, “ask friends” permite que você possa fazer perguntas aos visitantes do seu perfil ou mesmo questionar suas opiniões qualquer assunto. Inicialmente parece que as perguntas não ficarão visíveis diretamente no perfil como acontece no Facebook o que deixa o novo recurso a desejar.

Agradecimentos ao Marlon Quandt pela dica!

Estaria a Google testando no mercado consumidor o futuro Google OS?

14

gOs gif animadoO IDG Now publica hoje uma notícia, segundo a qual foi lançado no mercado norte-americano um computador de baixo custo (USD$ 200, no Wall Mart), chamado Everex gPC (g de Google, mesmo!), que usa como sistema operacional uma versão do Linux Ubuntu, não por acaso, chamado gOS.Além do gOS, o Everex gPC vem com os seguintes aplicativos: OpenOffice, software de fotos GIMP, player de DVD Xing e o software de música Rhythmbox.

Além disso, a interface do desktop inclui ícones para aplicações online do Google, como Documents e Spreadsheets, calendário, notícias e mapas. Também vêm instalados no computador o navegador Firefox, o software de mensagem instantânea Meebo e o sistema de VoIP Skype.

O Google Operating System, por sua vez, disse que anteriormente a Google já havia sido procurada por produtores de computadores interessados em distribuir equipamentos com a marca da gigante de Montain View, mas ela ainda não havia permitido. Parece que agora permitiu.

Recentemente, soubemos e contamos para você, que a Canonical, proprietária do Ubuntu, poderia ser vendida à Google. Será que este computador, com a interface mais próxima dos produtos Google não seria o primeiro teste de campo do novo produto?

Leia as notícias completas no IDG Now e no Google Operating System

UPDATE: Nathan Weinberg, do Inside Google, afirmou ter falado com a Everex, não tendo esta dito que o computador não é produzido pela Google, mas não confirmado e nem negado que o gOS ser um produto Google. Em verdade, a resposta foi muito evasiva, sendo possível ao interlocutor interpretar em ambos os sentidos. Este comportamento é comum no mundo empresarial dos Estados Unidos, principalmente quando empresas de capital aberto, como a Google, estejam envolvidas. Assim, concluímos que o gOS tanto pode ser um produto Google como não ser. Pode até ser e nunca ser lançado como tal, se esta versão não for bem aceita pelos consumidores. Teremos que aguardar os próximos lances.

Destaques