Blog Página 7

Google introduz câmeras de alta qualidade no Street View

1

De acordo com a revista digital Wired, o Google começou a atualizar as câmeras do Google Street View para tornar as imagens captadas melhores aos consumidores e com uma reprodução mais fiel das cores.

“O novo design da câmera, a primeira grande atualização em oito anos, começou a funcionar regularmente nas ruas no mês passado. Os dados que começam a retornar irão fortalecer o controle digital do Google no mundo”, diz a publicação.

“Assim como uma câmera de um telefone celular de 2009, as imagens da Street View estão prestes a ficar muito mais claras para os algoritmos de reconhecimento de imagem do Google”.

A atualização da câmera, que agora conta com duas lentes com captação em alta qualidade, vai permitir que os algorítimos de inteligencia artificial possam fazer um melhor mapeamento das informações.

O serviço de mapas do Google também será capaz de reconhecer sinais, nomes de empresas e, até mesmo, horários descritos em portas de estabelecimentos. Isso sem qualquer ajuda de terceiros.

Abaixo, você pode observar as diferenças entre as câmeras antigas e as novas:

Pirataria encontra uma nova forma de distribuir conteúdo: Google Drive

2

Com os serviços de torrent em plena guerra contra os detentores de direitos autorais, a pirataria encontrou um novo local para compartilhar seus arquivos: o Google Drive.

De acordo com o site Gadgets 360, o buscador já recebeu mais de 5.000 solicitações para a remoção de arquivos hospedados em seu serviço de armazenamento em nuvem nos últimos 30 dias.

“Os links para esses vídeos são compartilhados como links do Google Drive através de fóruns de discussão e outros canais, por isso é difícil para os proprietários de conteúdo encontrar os vídeos e derrubá-los”, diz a publicação.

A criptografia do Google Drive também impede que o Google consiga “enxergar” o conteúdo dos arquivos que são enviados para o produto ou, até mesmo, se movido entre os servidores da empresa.

Além do Google Drive, o Google Discovery também observou, há algumas semanas, que o YouTube vem sendo utilizado para exibir filmes completos e transmissões de conteúdo pirata pela ferramenta de streaming ao vivo do YouTube Ao Vivo.

Google Assistant caminha para ser o assistente virtual mais popular

0

Pesquisas feitas por firmas independentes revelaram que o Google Assistant deve se tornar o assistente virtual mais popular entre os usuários de dispositivos móveis.

Embora os resultados mostrem que mais de 50% dos consumidores não consideram os assistentes digitais úteis, a adoção da nova tecnologia está ocorrendo a passos rápidos.

Tanto no Reino Unido quanto nos EUA, mais de um terço dos consumidores de smartphones tem usado os assistentes semanalmente – uma taxa equivalente ao nível de adoção da Netflix.

O estudo trouxe ainda uma projeção de como o mercado de assistentes deve se comportar no próximos anos:

Google Assistant irá dominar mercado de dispositivos digitais com 23,3% de participação de mercado, seguido do Bixby da Samsung (14,5%), do Siri da Apple (13,1%), do Alexa da Amazon (3,9%) e da Microsoft Cortana (2,3 por cento).

Está claro, entretanto, que o Google terá que buscar uma forma de monetizar as pesquisas por voz, já que o modelo compromete seriamente seus próprios negócios.

Google celebra 83º aniversário de “Mr. Trololo” Eduard Khil

0

O Google está celebrando hoje o 83º aniversário do cantor russo Eduard Khil com um doodle especial em sua página inicial muitos países ao redor do globo.

“Doodle de hoje é uma animação do clipe viral ‘Trololo’. Khil sobe ao palco em um terno marrom e gravata de cor de mostarda e deixa a sua assinatura ‘tro-lo-lo-ing’ com suas sobrancelhas expressivas dançando ao ritmo”, publicou o Google.

“Uma salva de palmas para “Mr. Trololo” que hoje teria sido o seu 83º aniversário!”, fecha a nota.

O vídeo de Eduard Khil apareceu no YouTube em 2009 e já contabiliza mais de 26 milhões de visualizações. Ele teria descoberto sua popularidade e fama na internet em 2010, após ouvir seu neto lhe imitando.

Clipe original:

Animação do Google:

Muro submarino descoberto no Google Earth?

6

Um vídeo publicado no YouTube, em um canal chamado “Arab Flat Earth” (“Terra Plana Árabe”), afirma que existe uma parede gigantesca embaixo dos oceanos da Terra, que cobriria todo o planeta.

Este muro misterioso e inexplicável poderia ser visto por dezenas de milhares de quilômetros e estaria conectado, de alguma forma, com a cultura dos Maias.

O tamanho desta parede e suas formas indicam que não ela seria uma formação natural, mas algo que poderia desafiar tudo o que sabemos sobre a nossa história.

Seria esta uma evidência definitiva de uma descoberta impressionante?

De fato, não. O serviço do Google Earth usa imagens diferentes satélites e, em muitos casos, estas imagens não combinam perfeitamente.

Uma das explicações mais plausíveis para o “muro submarino” seria a mudança de fundo entre duas imagens, o que acaba sendo explicitamente visível em algumas áreas.

Veja o vídeo abaixo:

Google encontra padrões curiosos em desenhos do Quick, Draw!

0

Há alguns meses o Google lançou o Quick, Draw!, um experimento em que a rede neural tenta adivinhar o que você está desenhando.

A empresa, então, resolveu compilar 1.000 desenhos buscando tendências visuais com esses dados. Eles fizeram uma animação para mostrar como isso foi feito:

Padrões curiosos foram encontrados entre os usuários e a imagens que mostram que, em alguns países e culturas, as pessoas tendem a desenhar de uma mesma forma.

Os dados gerados pelo serviço do Google mostram que o desenho de um gato parece ser uma unanimidade entre os mais diversos países que usaram a ferramenta, o mesmo não ocorre com uma cadeira.

É possível verificar que, enquanto Rússia e Coreia procuram retratar o objeto em ângulo ou lateralmente, os países da África do Sul, Brasil, Estados Unidos e Alemanha tendem a desenhá-la de frente.

“O objetivo de Quick, Draw! foi simplesmente criar um jogo divertido que funciona com o aprendizado de máquina e resultou em 800 milhões de desenhos de vinte milhões de pessoas em 100 nações, desde o Brasil, Japão, EUA e África do Sul”, diz o buscador.

Google Photos vai armazenar vídeos em cache

0

O Google Fotos sempre nos salva quando excluímos alguma foto sem querer ou perdemos nosso precioso smartphone, tudo armazenado na nuvem gratuitamente.

O serviço também ajuda na hora de buscar por alguma foto específica usando sua tecnologia de aprendizado de máquina que permite filtrar suas fotos com cachorros, por exemplo.

Agora, visando economizar os seus dados (sejam eles móveis ou não), o Google Photos irá armazenar os seus vídeos em cache para que você não precise gastar seus dados quando for assistir novamente.

É uma ideia ótima principalmente se você já passou pela situação de ter visto um vídeo seu salvo na nuvem e, mais tarde, ao mostrar para um algum amigo, o player precisou carregá-lo novamente.

Google Maps mostra disponibilidade de vagas para estacionar em SP e RJ

0

No início do ano, o Google lançou uma ferramenta no Google Maps que têm auxiliado muitos motoristas nos Estados Unidos e, nesta na última semana, a novidade chegou para as cidades do Rio de Janeiro e São Paulo.

Quando você traçar uma rota dentro destas duas cidades, você notará um ícone pequeno, ao lado do tempo estimado de chegada, indicando o quão difícil será de encontrar uma vaga naquele local, variando entre fácil, médio e difícil.

“As classificações acontecem com base em dados históricos de estacionamento e um pouco da mágica do aprendizado de máquina (machine learning)”, explicou o Google.

Nos Estados Unidos, uma outra função também promete ajudar na hora de encontrar um estacionamento.

Se o local for difícil de estacionar, basta selecionar um dos estacionamentos indicados pelo Maps que ele traçará a rota e, na sequencia, indicará como chegar ao destino a pé.

App do Google irá receber o Google Lens em breve

0

Na Google I/O 2017, em Maio, foi apresentado o Google Lens, a versão melhorada do falecido (ou quase) Google Goggles, que basicamente dá olhos à assistente virtual do Google, utilizando aquilo que a gigante está mais utilizando em seus serviços, o aprendizado de máquina.

Isso quer dizer que se você estiver na rua e encontrar um estabelecimento e quiser saber mais informações sobre, basta apontar a câmera do celular e acionar a assistente. A assistente, por sua vez, retornará informações do local.

Bom, o pessoal do 9to5Google fez mais uma vez um teardown do aplicativo oficial do buscador para Android e descobriu que o Lens está próximo de ser liberado.

Podemos ver no vídeo abaixo que ao apontar a câmera com o Lens para um livro, ele compreende as palavras e retorna ao usuário o resultado da busca.

Amazon Alexa e Microsoft Cortana irão funcionar juntas

0

Alexa da Amazon e a Cortana da Microsoft anunciaram uma interoperabilidade entre os dois serviços, permitindo acessar os recursos da Cortana por meio da Alexa e vice-versa.

Isso ignifica que os usuários poderão fazer coisas como comprar produtos na Amazon usando a Cortana ou usar integrações do Microsoft Office por meio da Alexa.

Entretanto, a integração pode parecer um pouco estranha à primeira vista. Os usuários precisarão dizer: “Amazon, abrir Cortana” ou “Cortana, abrir o Alexa” para acionar a assistente virtual concorrente.

Com a novidade, as empresas esperam que serviços possam se complementar um ao outro, tornando a experiência de uso dos assistentes virtuais mais completa.

A integração entre Alexa e Cortana está programada para o final deste ano.

Destaques