Blog Página 4

Google anuncia o novo Google Earth

0

O Google anunciou hoje uma nova versão do Google Earth que oferece funcionalidades extras que ajudam a explorar e compartilhar detalhes da Terra.

De acordo com o buscador, foram dois anos de desenvolvimento para implementar as melhorias no serviço e elas já podem ser conferidas via web e em dispositivos com a plataforma Android.

“Com o novo Earth, queremos abrir diferentes lupas para você ver o mundo e aprender um pouco sobre como tudo se encaixa, seja para abrir a sua mente com novas histórias ou ganhar uma nova perspectiva sobre locais e experiências que você faz questão de conhecer”, publicou o Google.

Entre as novos recursos disponíveis está a opção de navegação “Voyager” que traz ‘visitas guiadas e interativas’ produzidas por contadores de histórias, cientistas e organizações sem fins lucrativos do mundo todo.

O novo Google Earth também conta com o clássico “Estou com sorte” que ‘revela locais escondidos em todo o mundo’ com apenas um clique – ótimo para descobrir locais curiosos e inesperados.

E assim como você provavelmente vai visualizar sua casa, não deixe de conhecer a ferramenta “This is Home” para visitar casas tradicionais de diferentes culturas que existem em nosso planeta.

Google é processado por falta de pagamento igualitário

1

O jornal The Guardian informa que o Departamento do Trabalho (DoL) dos EUA está processando o Google com a alegação de “falta de pagamento igualitário” entre homens e mulheres.

Segundo a reportagem, o Google supostamente paga menos para as mulheres quando comparado com os funcionários do sexo masculino.

A agência do governo teria “encontrado disparidades sistêmicas de compensação contra mulheres praticamente em toda a força de trabalho”.

O órgão americano apontou disparidades em salários a partir de 2015 e exigiu que a empresa a empresa divulgue registros adicionais para auxiliar na investigação.

A advogada Janet Herold, que representa o DoL, disse que a agência “recebeu evidências convincentes de discriminação muito significativa contra as mulheres nas posições mais comuns na sede do Google”.

Ela acrescentou: “A análise do governo neste momento indica que a discriminação contra as mulheres no Google é bastante extrema, mesmo neste setor.

Em resposta as acusações, um porta-voz do Google discordou das informações divulgadas na imprensa e afirmou que a empresa desconhece “a metodologia utilizada para chegar a esta conclusão”.

O buscador explicou que não permite que os gerentes de contratação vejam os dados de gênero dos candidatos quando recomendam salários.

“A cada ano, sugerimos um montante para a nova remuneração de cada empregado (composto por salário base, bônus e patrimônio) com base no papel, nível de trabalho, local de trabalho, bem como classificações de desempenho atuais e recentes. Esse valor sugerido é ‘cego’ ao gênero”, disse.

Chrome 56 está 10% a 20% mais rápido que as antigas versões

3

O Google informou que o Google Chrome – em sua versão 56 – está de 10% a 20% mais rápido para carregar websites quando comparado com as antigas versões do navegador.

Para atingir essa marca, a equipe responsável pelo motor V8 fez uma medição de desempenho real em páginas populares como Reddit, Twitter, Facebook e Wikipedia para analisar a velocidade necessária para a execução do javascript.

“Esta análise revelou que, embora o pico de desempenho beneficie certos tipos de aplicações web de grandes dimensões, a navegação em sites típicos depende mais do desempenho de ‘inicialização’ ou da velocidade necessária para iniciar o script”, publicou o Google.

“Usando informações obtidas a partir desses dados de desempenho do mundo real, a equipe do V8 implementou otimizações que melhoraram a carga média entre o Chrome 49 e o Chrome 56 em 10-20%, dependendo da arquitetura da CPU”, diz a empresa.

A partir deste resultado, a gigante de Mountain View também anunciou ter planos de fazer mais otimizações de desempenho no JavaScript, além da implementação de novos padrões em futuras versões do navegador.

Se você notou alguma melhoria no Chrome, não esqueça de deixar seu comentário aqui!

Google trabalha em novo roteador Wi-Fi

0

Documentos da FCC (a Anatel dos EUA) revelaram que o Google está trabalhando em novo roteador Wi-Fi dual-band com capacidade de rede mesh.

O modelo do dispositivo seria o AC-1304 (diferente do NLS-1304-25 do Google Wi-Fi original) e conta com um design mais oval, duas portas Ethernet e uma entrada para fonte AC.

De acordo com o Android Police, o roteador trabalharia com uma banda de 2.4GHz e Bluetooth 4.0 para conectividade. Entretanto, o protocolo ZigBee IoT estaria ausente neste modelo.

Rumores da indústria afirmam que o Google teria planos de lançar uma versão do Google Home com conectividade à internet sem fio para competir com o Amazon Echo.

Abaixo você pode conferir a diferença entre os modelos 2016 e 2007:

Google Areo é o app do Google para pedir comida e serviços domésticos

0

O Google lançou um novo aplicativo chamado Areo que permite encomendar refeições em restaurantes próximos ou programar compromissos com profissionais de serviços locais, incluindo eletricistas, pintores, limpadores, encanadores e muito mais.

“Com a Areo, o Google está basicamente agindo como intermediário – ou seja, não está administrando seus próprios serviços de entrega de alimentos ou de serviços domésticos, mas está trabalhando com fornecedores de serviços na área”, publicou o TechCrunch.

Entretanto, o aplicativo só funciona em Bangalore e Mumbai, na Índia, e atualmente não apresenta qualquer plano de cobrança pelo uso do serviço, funcionando como um “experimento” para os engenheiros locais da empresa.

Google Areo pode ser encontrado no Google Play Store, mas não está disponível para instalação fora da Índia. O buscador não anunciou seus planos de trazê-lo para outros mercados neste momento.

Parque Indígena do Xingu: veja como o doodle foi feito

0

O Google está fazendo uma homenagem aos 56 anos do Parque Indígena do Xingu, a primeira terra indígena homologada pelo governo federal.

Para a produção do logotipo especial, a equipe de Doodlers do Google procurou trabalhar de forma a mostrar os principais elementos indígenas, feitos normalmente com materiais da natureza.

“O Doodle de hoje coloca a cultura indígena Xingu em tela cheia. Abraçado firmemente pelo importante rio Xingu, o projeto incorpora elementos culturais do Xingu como cestas de pesca, raiz de mandioca, edifícios e cocar”, publicou o Google.

“Um desenho do conceito inicial do Doodle focava na cesta maravilhosa tecida pelos indígenas fazia um importante elemento visual de sua cultura”.

Abaixo você pode visualizar os rabiscos que deram vida ao Doodle que está neste momento na página inicial do Google.

parque-indigena-do-xingu.jpg

Google Allo para desktop vai funcionar igual ao WhatsApp

7

Pelo menos é o que revela algumas evidências que foram encontradas na versão 9.0 do Google Allo, disponibilizada nesta última semana.

De acordo com nossos colegas do 9to5Google, o Google Allo vem trabalhando em um método de conexão entre o dispositivo móvel ao desktop, muito similar ao funcionamento do WhatsApp Web.

google-allo-desktop

“A versão atual do aplicativo estabelece as bases para que você possa emparelhar seu dispositivo com o cliente da web digitalizando um código QR. Você também pode optar por inserir um código de texto”, diz a publicação.

Desta forma, os usuários serão obrigados a manter seus dispositivos móveis ligados para que seja possível utilizar o Google Allo em desktops.

Esta semana também surgiu o boato de que o Google Allo vai utilizar o Google Drive como plataforma de backup de contatos e conversas em suas próximas versões.

Google Hire é a plataforma do Google para empregos

2

De acordo com o site Axios, o Google está trabalhando em uma nova plataforma que irá ajudar recrutadores a gerenciar candidatos para vagas de trabalho.

“O serviço permite aos empregadores publicar listas de empregos, depois aceitar e gerenciar os candidatos. Até agora, várias empresas de tecnologia parecem usar (ou testar) o Google Hire, incluindo Medisas, Poynt, DramaFever, SingleHop e CoreOS”, diz a publicação.

Embora o Google Hire não divulgue suas principais features neste momento, é possível imaginar que a ferramenta venha a competir com o LinkedIn, Indeed e Greenhouse.

O Google Hire estaria sendo desenvolvido equipe da Bebop, uma empresa de desenvolvimento de aplicativos corporativos que o Google adquiriu em 2015.

google-hire.png

Parque Indígena do Xingu ganha doodle do Google

12

O Google está fazendo uma homenagem ao Parque Indígena do Xingu com um doodle especial em sua página inicial.

“Doodle de hoje coloca a cultura indígena do Xingu em plena exibição. Abraçando com força o todo-importante rio Xingu, o projeto incorpora elementos culturais Xingu como cestas de pesca, raiz de mandioca, edifícios e cocar”, publicou o Google.

A empresa também destaca a história do local para o mundo:

“Oficialmente dedicado em 1961, Parque Indígena do Xingu celebra o seu 56º aniversário hoje. O parque está localizado no estado brasileiro de Mato Grosso e se estende 6,528,530 acres de cerrado e floresta.

O objetivo principal do Xingu era proteger a diversidade social dos povos indígenas do Brasil, e foi criado após uma longa campanha pelos irmãos ativistas, Orlando e Leonardo Villas-Bôas.

Algumas das tribos que chamam Xingu casa são o Kamayurá, Kaiabi, Yudjá, Aweti, Mehinako, Wauja, Yawalapiti, Ikpeng, Kalapalo, Kuikuro, Matipu, Nahukwá, Suyá e Trumai. Ao todo, vários milhares de pessoas indígenas vivem dentro dos limites do parque”.

YouTube tem Modo escuro: veja como ativar!

24

O Google está experimentando um nova interface para o YouTube que a inclui a aguardada opção nativa de ativar o Modo escuro em desktops.

Até hoje, para obter a interface escura, os usuários precisavam recorrer as extensões do Chrome que modificam a página para reproduzir o efeito de modo noturno existente em versões móveis do Twitter e Medium.

“O Modo escuro escurece as partes claras da página, otimizando a experiência noturna”, diz o YouTube sobre a nova funcionalidade.

De acordo com a empresa, a configuração do Modo escuro será aplicada somente no navegador em que estiver sendo utilizado, não sendo replicado para outros computadores ou aplicativo para smartphones.

Para ativar o Modo escuro, basta seguir estes passos:

  • Abrir a página inicial do YouTube e pressionar Ctrl+Shift+I para abrir a ferramenta da Inspecionar do Chrome.
  • Vá até a guia Application, selecione “Cookies” na sidebar e clique na opção: “https://www.youtube.com”
  • Localize a linha ‘VISITOR_INFO1_LIVE’, e dê um duplo clique para editar a célula ‘value’ e troque pelo código: fPQ4jCL6EiE. Feito isso, aperte enter.
  • Recarregue a página do YouTube para visualizar as alterações.
  • Clique na sua foto de perfil (no canto superior direito e localize a opção “Modo escuro: Desativado”. Ao clicar nesta opção, você visualizará a tela abaixo:

modo-escuro-youtube-2.gif

Por enquanto, não há qualquer previsão para o YouTube liberar a nova interface para todos os usuários.

Destaques