Blog Página 3

Android O: conheça as novidades da próxima geração do Android

1

O Google liberou hoje a primeira versão Developer Preview do Android O (Oreo?) para que os desenvolvedores já possam trabalhar na próxima geração do Android.

“Uma prévia da próxima versão do Android para testes, desenvolvimento e feedback. Deixe seus aplicativos prontos para Android O!”, publicou o Google.

A próxima versão do Android não deve trazer grandes novidades em sua interface de usuário, mas melhorias significativas na usabilidade do sistema e outras questões técnicas.

Notificações:

Android O vai adicionar um novo recurso chamado “canais de notificação” permitindo agrupar as notificações de seus determinados aplicativos. Os usuários serão capazes de gerenciar essas notificações com base nesses canais como por exemplo “Tecnologia”, “Esportes”, “Jogos”.

Picture in Picture:

Os aplicativos de vídeo do Android O irão funcionar em formato Picture in Picture para que o vídeo continue a ser reproduzido ao alternar para um aplicativo diferente.

A funcionalidade será semelhante ao aplicativo do YouTube que permite navegar enquanto um vídeo é reproduzido no rodapé da tela.

Suporte a Multi-display:

Android O irá oferecer suporte a vários monitores. “Se uma atividade suporta o modo multi-janela e está sendo executado em um dispositivo com vários monitores, os usuários podem mover a atividade de uma tela para outra”, diz o Google.

Navegação pelo teclado:

Funcionalidade para que os aplicativos do Android funcionem melhor no Chrome OS ao permitir que os desenvolvedores tenham melhor suporte a navegação por seta em seus aplicativos.

“Com o advento do Android Apps no Chrome OS, estamos vendo o ressurgimento do uso de navegação de teclado em aplicativos Android”, diz a empresa.

Limites em segundo plano:

Android O vai introduzir limites automáticos sobre o que um aplicativo pode fazer enquanto está em segundo plano e evitar sobrecarga no uso da memória.

Esses limites irão se concentrar em duas áreas: limitações em serviços de segundo plano e limitações em transmissões.

Novos recursos Wi-Fi:

O Google pretende oferecer suporte a recursos como Wi-Fi Aware que facilita a comunicação entre aplicativos e dispositivos sem um ponto de acesso à internet no meio (ou qualquer conexão à Internet).

A empresa diz que está trabalhando com parceiros para oferecer suporte para NAN aos dispositivos “o mais rápido possível”.

Interoperabilidade entre aplicativos de chamadas telefônicas:

Android O quer possibilitar que aplicativos de chamadas possam interagir entre si e fazer chamadas pela rede de operadoras.

Os desenvolvedores poderão construir sua própria interface de usuário para fazer chamadas exibidas e controláveis por meio de dispositivos Bluetooth.

Outras novidades:

Androd O também irá incorporar ícones adaptáveis semelhante aos existentes no Google Pixel, suporte a monitores com cores amplas, suporte para codecs de áudio Bluetooth de alta qualidade, nova API de áudio nativa, melhor suporte a fontes e WebView com modo de multi-processo habilitado por padrão.

Android lidera as vendas de smartphones no Brasil

0

De acordo com dados da Folha de SP, as fabricantes Samsung, Motorola, LG e Alcatel lideraram as vendas de smartphones Android no Brasil durante o ano de 2016.

Apesar da crise e do aumento significativo dos preços, quatro fabricantes do Android conseguiram se manter na liderança do mercado e ampliaram suas participações de mercado.

Enquanto a Samsung atingiu um patamar de 46,7% das vendas, Motorola e LG brigaram pelo segundo lugar com 12,9% e 12,4% respectivamente. A Alcatel aparece em quarto lugar com 5% das vendas.

A Apple, que apresentava um market share de 8,3% em vendas em 2015, caiu para apenas 3,8% do mercado em 2016 – uma perda de participação de mais de 50%.

YouTube está censurando vídeos LGBT?

3

De acordo com o TechCrunch, muitos usuários têm acusado o YouTube de tentar esconder e censurar vídeos LGBT dentro do Modo Restrito com o intuito de dificultar o acesso ao conteúdo de determinados produtores e artistas.

Em resposta aos boatos, o YouTube explicou no Twitter que o recurso afeta “um pequeno número de pessoas” e que “lamenta qualquer confusão” a respeito da ferramenta:

“Estamos muito orgulhosos de representar as vozes LGBTQ+ em nossa plataforma – eles são uma parte fundamental do que o YouTube tem tudo a ver. A intenção do Modo Restrito é filtrar o conteúdo para um minúsculo subconjunto de nossos usuários que desejam uma experiência mais limitada. Os vídeos LGBTQ+ estão disponíveis no Modo Restrito, mas os vídeos que discutem questões mais sensíveis podem não estar. Lamentamos qualquer confusão que isso tenha causado e estamos atentos as suas preocupações. Agradecemos seus comentários e paixão por tornar o YouTube uma comunidade inclusiva, diversificada e vibrante”.

A empresa ainda explicou que a funcionalidade – criada para uso dos pais, escolas, bibliotecas e outras instituições – oculta vídeos que possam conter conteúdo inadequado, sinalizado por usuários ou outros elementos.

Gmail agora faz streaming de anexos de vídeos

0

O Google anunciou que o Gmail agora permite que os usuários possam assistir anexos de vídeo sem a necessidade de baixá-los localmente.

Para ver um anexo de vídeo no Gmail, o serviço exigia que os usuários tivessem que baixar o arquivo para o computador e abri-lo com um player de mídia.

“A partir de hoje, ao abrir um e-mail com anexos de vídeo, você verá uma miniatura do vídeo e terá a capacidade de executá-lo, diretamente do Gmail”.

De acordo com a empresa, o recurso usa a mesma infra-estrutura do Google para o YouTube, Google Drive e outros aplicativos de streaming de vídeo.

A novidade será implementada de forma gradual e pode levar até 15 dias para chegar a todos os usuários do Gmail.

YouTube vai transmitir campeonato de Counter-Strike

2

O YouTube fechou um contrato com a plataforma de esportes eletrônicos FACEIT para transmitir o Esports Championship Series (ECS), que incluem campeonatos de Counter-Strike: Global Offensive.

“A parceria entre o FACEIT e o YouTube oferece aos fãs de jogos competitivos uma oportunidade distinta para desfrutar do seu esporte favorito como nunca antes”, disseram as empresas em nota para a imprensa.

“Com os recursos exclusivos do YouTube e tecnologia de vídeo avançada, os usuários verão os principais recursos, incluindo vídeo de alta velocidade de 1080p 60fps e reprodução instantânea para reviver esses momentos inesquecíveis”.

De olho nos atuais 385 milhões de entusiastas de esportes eletrônicos, o YouTube reforça sua marca e presença no setor de games. Além, é claro, de ofertar pacotes de patrocínio aos anunciantes.

Com transmissão exclusiva no YouTube a partir de 25 de março, os usuários poderão acompanhar a terceira temporada do ECS, que conta com a participação dos jogadores em “Counter-Strike: Global Offensive”.

Super Mario Run chega ao Android nesta semana

0

A Nintendo anunciou que o aguardado Super Mario Run chegará ao Google Play em 23 de março – data que também marca a disponibilidade da versão 2.0.0 do jogo.

Diferente dos jogos clássicos do Mario em consoles como o Super Nintendo, esta nova aventura para dispositivos móveis permite jogar com apenas uma mão.

“Neste jogo o Mario avança continuamente pelas fases enquanto você usa uma variedade de saltos para explorá-las. Os seus reflexos irão definir a resposta do personagem, então você precisa mostrar a sua habilidade em manobras, coletar moedas e chegar ao objetivo final”.

Embora o jogo seja gratuito em suas três primeiras fases, o acesso integral ao resto do game requer um pagamento de US$ 10 dólares (ainda sem conversão para R$).

Tag Heuer e Montblanc lançam smartwatchs com Android Wear 2.0

0

Tag Heuer e Montblanc, duas relojoarias finas, apresentaram esta semana seus relógios inteligentes que virão equipados com a plataforma móvel Android Wear 2.0.

Enquanto a Tag Heuer traz um design modular permitindo personalizar a aparência do relógio, a Montblanc estreia no setor ao trazer um dispositivo esportivo com sensor de batimento cardíaco.

Tag Heuer

Desenvolvido em colaboração com o Google e a Intel, o TAG Heuer Connected Modular oferece resistência à água (até 50m) e design modular que permite até 4.000 maneiras de customizar o relógio.

O modelo conta com vidro de safira resistente a arranhões de 2,5 mm de espessura, tela touchscreen AMOLED com 1.39 polegada, processador Intel Atom Z34XX, 512 MB de memória, 4 GB de armazenamento e bateria de 410mAh.

Entre os sensores disponíveis estão: acelerômetro, giroscópio, sensor de detecção de inclinação, microfone, vibrações, sensor de luz ambiente, GPS e pagamento NFC.

Com relação ao software, o dispositivo conta com a nova geração da plataforma Android Wear 2.0, com integração do Google Assistant, Google Translate, Google Fit e outros serviços da empresa de pesquisas fornecidos por meio da loja de aplicativos do Google Play.

“As possibilidades do novo ‘Swiss made’ o TAG Heuer Connected Modular são infinitas na aparência e funcionalidades, você basicamente desenvolve seu próprio relógio”, disse um porta-voz da TAG Heuer.

Montblanc

A Montblanc apresentou seu primeiro smartwatch, o Montblanc Summit. Desenvolvido em parceria com o Google, o relógio oferece “tecnologia de ponta e o design clássico da Montblanc”.

Equipado com o Android Wear 2.0, o Summit oferece vidro de safira com uma tela de 1.39 polegada, resistência a água, 512 MB de memória RAM, 4 GB de armazenamento, bateria de 300mAh e carregamento por indução magnética.

A principal diferença em relação ao smartwatch da TAG Heuer está o sensor de frequência cardíaca que possibilita que seus proprietários possam utilizá-lo durante treinos e corridas.

Não há, por enquanto, qualquer previsão para a chegada dos novos smartwatchs ao Brasil.

Guetzli, novo algoritmo do Google reduz arquivos JPEG em 35%

0

O Google anunciou o desenvolvimento de um novo algoritmo de código-fonte aberto que reduz o tamanho de arquivos JPEG em 35% sem perder a qualidade da imagem.

De acordo com a empresa, o novo codificador chamado Guetzli permite que os sites sejam carregados mais rapidamente e exijam menos dados durante o carregamento.

Por se tratarem de arquivos JPEG, as imagens otimizadas são compatíveis com todos os navegadores e aplicativos que existem – sem necessidade de plugins ou outros softwares.

O buscador menciona que a tecnologia é capaz de gerar “imagens JPEG de alta qualidade com tamanhos de arquivo 35 por cento menores do que outros métodos disponíveis atualmente”.

Entretanto, para entregar esse resultado eficiente, o Google afirma que o processo leva mais tempo para concluir quando comparado com outras ferramentas.

OVNI? Balão do Google causa pânico na Colômbia

0

Os moradores da província de Tolima, na Colômbia, ficaram assustados depois que um objeto misterioso caiu perto de suas casas.

“Nós todos pensamos que era um OVNI ou restos de uma espaçonave”, disse um dos moradores locais a um repórter. “Estava saindo fumaça e um estranho líquido vazava dele”.

O “OVNI” era, na verdade, parte do Projeto Loon do Google – um esforço da empresa em ampliar a conectividade com a internet para as pessoas que vivem em áreas rurais e remotas.

Em circunstâncias normais, os balões do Google Loon funcionam a uma altitude de cerca de 18 km, próximo a estratosfera.

O Google não fez comentários sobre o incidente e nenhuma explicação foi fornecida sobre o que teria causado a queda do balão.

Foto: Equipamentos do Google Loon foram recolhidos pela polícia colombiana.

Spotify e Waze agora funcionam juntos no Android

3

O serviço de música Spotify anunciou uma parceria inédita com o aplicativo de navegação Waze ao permitir que ambos os apps funcionem juntos no Android.

“Nos associamos ao Waze, o maior aplicativo de navegação do mundo, para garantir que sua música e navegação possam viver em harmonia”, publicou a empresa.

“Agora, pela primeira vez, os usuários do Spotify no Android podem iniciar o Waze a partir do aplicativo do Spotify após selecionar a música que deseja ouvir”.

A novidade permite que os usuários possam controlar a música diretamente do Waze ou receber informações de rotas enquanto selecionam uma playlist no Spotify.

Esperamos que mais integrações interessantes como esta venham ocorrer com mais frequência entre as empresas.

Destaques