Blog Página 3

Google descontinua Chromecast Audio

0

O Google anunciou esta semana que descontinuou o desenvolvimento e as vendas do Chromecast Audio.

Após um usuário do Reino Unido ter sua compra cancelada, um representante do Google informou que esse cancelamento ocorreu porque o Chromecast Audio foi cancelado.

Lançado em 2015, o Chromecast Audio era um pequeno dispositivo de streaming de mídia que poderia ser conectado à entrada AUX dos alto-falantes tornando-os acessíveis online.

Um porta-voz do Google confirmou que o Chromecast Audio foi descontinuado, mas que continuará funcionando normalmente para aqueles que possuem o dispositivo.

“Nosso portfólio de produtos continua evoluindo e agora temos uma variedade de produtos para os usuários desfrutarem de áudio. Portanto, paramos de fabricar nossos produtos Chromecast Audio. Continuaremos a oferecer assistência para que os usuários continuem curtindo músicas, podcasts e muito mais”, diz a empresa

No Brasil, enquanto isso, aguardamos a chegada da terceira geração do Chromecast. Não há prazo para início das vendas.

YouTube proíbe vídeos com brincadeiras e desafios perigosos

0

O YouTube atualizou suas diretrizes para proibir que seus usuários compartilhem vídeos de brincadeiras perigosas em sua plataforma.

A empresa não permitirá mais que brincadeiras ou vídeos de desafio “que podem causar morte e / ou causar a morte em alguns casos” permaneça em seu catálogo de conteúdo.

A decisão da gigante de Mountain View foi tomada após recentes notícias sobre desafios relacionados ao filme da Netflix “Bird Box”, no qual os personagens dirigem um carro sem ver o que está a frente.

Preocupações sobre desafios absurdos que colocam em risco a vida das pessoas tem sido pauta de discussões há muitos meses. No entanto, nenhuma atitude havia sido tomada pelo site.

Google compra a tecnologia de smartwatch da Fossil por US $ 40 milhões

0

O Google anunciou hoje planos de comprar a tecnologia de smartwatch da Fossil por US $ 40 milhões.

O acordo diz respeito a “uma tecnologia de smartwatch atualmente em desenvolvimento” e envolve a transferência de vários funcionários da Fossil para a equipe do Google.

“Wearables, construídos para o bem-estar, simplicidade, personalização e utilidade, têm a oportunidade de melhorar a vida, trazendo aos usuários as informações e insights que eles precisam rapidamente, num piscar de olhos”, afirmou a vice-presidente da OS Stacey Burr em comunicado. 

“O integração da tecnologia e da equipe do Grupo Fossil ao Google demonstra nosso compromisso com a indústria de wearables, permitindo um portfólio diversificado de smartwatches e apoiando as necessidades em constante evolução do consumidor.”

A aquisição fortalece a linha Pixel do Google que deve, futuramente, passar a oferecer também smartwatches aos seus clientes. Em janeiro de 2018, o Google adquiriu parte da HTC por US$ 1,1 bilhão.

Apesar da aquisição de parte da empresa, a Fossil é ainda manterá uma equipe de 200 funcionários trabalhando em pesquisa e desenvolvimento.

Google oferece US$ 25 milhões para projetos de Inteligência Artificial

0

O Google vai realizar mais uma edição do Desafio de Impacto em IA. O programa dividirá um fundo de US$ 25 milhões entre as melhores soluções para áreas como ciência ambiental, saúde e conservação de espécies.

Mas fique ligado: as inscrições terminam em 22 de janeiro.

“De acordo com uma pesquisa feita em parceria com a empresa McKinsey, os projetos de IA têm o potencial para melhorar todos os 17 Objetivos de Desenvolvimento Sustentável das Nações Unidas. E é isso que o Desafio busca: projetos desenvolvidos por organizações sem fins lucrativos, empreendedores sociais e pesquisadores que usem a IA para o bem social e que tenham capacidade de oferecer ideias e avanços em muitas frentes como pobreza, oportunidade econômica, educação, resposta a crises, meio ambiente, entre outras”, disse a empresa em um comunicado para a imprensa.

Após o prazo das inscrições, o Google irá avaliar os projetos recebidos e um painel com especialistas decidirá quais propostas irão participar do programa.

O Google investirá um total de US$ 25 milhões em bolsas concedidas, além de outros recursos.

Os projetos serão avaliados a partir de critérios como o impacto da tecnologia, a aplicabilidade da ideia, o quanto ela consegue escalar para grandes projetos e outros empreendimentos, e se a proposta segue os princípios do Google a respeito de IA.

O concurso está sendo organizado pelo Google.org, braço filantropo do Google. A empresa oferece gratuitamente ferramentas pela nuvem para participantes, e os ganhadores serão anunciados no Google I/O.

As buscas que marcaram 2018

0

No final de 2018, o Google anunciou os resultados das buscas do ano, oferecendo uma perspectiva das tendências e destaques do ano baseado nas pesquisas feitas no Brasil.

Buscas

  1. Copa do Mundo
  2. Big Brother Brasil
  3. Eleições 2018
  4. Jair Bolsonaro
  5. Horário de Brasília
  6. Greve dos caminhoneiros
  7. Luiz Inácio Lula da Silva
  8. Fernando Haddad
  9. Copa São Paulo de Futebol Júnior 2018
  10. Stan Lee

Como fazer

  1. Como fazer slime?
  2. Como fazer figurinhas no Whatsapp?
  3. Como fazer gasolina?
  4. Como fazer crepioca?
  5. Como fazer perguntas no Instagram?
  6. Como fazer bacalhau?
  7. Como fazer declaração de Imposto de Renda 2018?
  8. Como fazer kefir?
  9. Como fazer guacamole?
  10. Como fazer pipoca doce?

O que é

  1. O que é fascismo?
  2. O que é intervenção militar?
  3. O que é lúpulo?
  4. O que é o Ursal?
  5. O que é Corpus Christi?
  6. O que é chaira?
  7. O que é afonia?
  8. O que é momo?
  9. O que é Encceja?
  10. O que é tuberculose ganglionar?

Por quê?

  1. Por que a guerra na Síria?
  2. Por que votar no Bolsonaro?
  3. Por que ou porque?
  4. Por que não pode comer carne na Sexta-feira Santa?
  5. Por que Ibrahimovic não foi convocado?
  6. Por que não votar em Bolsonaro?
  7. Por que Nadja foi expulsa de A Fazenda?
  8. Por que a série Lúcifer foi cancelada?
  9. Por que o Amoedo não participa dos debates?
  10. Por que quarta-feira de Cinzas?

Acontecimentos

  1. Copa do Mundo
  2. Eleições 2018
  3. Greve dos caminhoneiros
  4. Copa São Paulo de Futebol Júnior 2018
  5. Campeonato brasileiro
  6. Prisão do Lula
  7. Horário de verão
  8. Caso Vitória
  9. Enem 2018
  10. Julgamento do Lula

Celebridades

  1. Sylvester Stallon
  2. Pabllo Vittar
  3. MC Loma
  4. Meghan Markle
  5. Roger Waters
  6. Letícia Almeida
  7. Douglas Sampaio
  8. Tata Amaral
  9. Cristiane Machado
  10. Priscila Tossan

Séries

  1. A Casa do Papel
  2. Elite
  3. Riverdale
  4. Lúcifer
  5. Os 100
  6. O Mecanismo
  7. O bom doutor
  8. 3%
  9. Westworld
  10. Escândalo

Programas de TV e novelas

  1. Big Brother Brasil
  2. Segundo Sol
  3. O Outro Lado do Paraíso
  4. Deus Salve o Rei
  5. A Fazenda
  6. O Tempo não Pára
  7. The Voice Brasil
  8. As Aventuras de Poliana
  9. Orgulho e Paixão
  10. Tempo de Amar

Tecnologia

  1. Motorola One
  2. iPhone X
  3. Zenfone 5
  4. Moto G6
  5. Moto G5
  6. Galáxia J7
  7. Galaxy J4
  8. Galaxy J5
  9. Sarahah
  10. iPhone 8 Plus

Esportistas

  1. Kylian Mbappé
  2. Philippe Coutinho
  3. Henrique Dourado
  4. Mohamed Salah
  5. João Miranda
  6. Roberto Firmino
  7. Alisson Becker
  8. Douglas Costa
  9. Luka Modric
  10. Lyoto Machida

Times da série A

  1. Flamengo
  2. Palmeiras
  3. Corinthians
  4. São Paulo
  5. Grêmio
  6. Vasco da Gama
  7. Cruzeiro
  8. Santos
  9. Internacional
  10. Atlético Mineiro

Mortes

  1. Stan Lee
  2. Avicii
  3. Mr. Catra
  4. XXXTentation
  5. Marielle Franco
  6. Nara Almeida
  7. Vitória Gabrielly
  8. Mac Miller
  9. Eduardo Carneiro
  10. Anthony Bourdain

Virou meme

  1. Que Tiro Foi Esse
  2. Fábio Assunção
  3. É verdade esse bilhete
  4. Jair Bolsonaro
  5. Neymar Jr.
  6. Copa do Mundo
  7. Dia do Amigo
  8. Lula
  9. Pikachu
  10. Akon

Filmes

  1. A Freira
  2. Deadpool 2
  3. Pantera Negra
  4. Vingadores: Guerra Infinita
  5. Veneno
  6. Rapsódia boêmia
  7. Um Lugar Silencioso
  8. Nasce uma Estrela
  9. Os Incríveis 2
  10. Cinquenta Tons de Liberdade

Música (Letras)

  1. Era uma Vez
  2. Que Tiro Foi Esse
  3. Dona Maria
  4. Vai Malandra
  5. O Sol
  6. Rapsódia boêmia
  7. Mostra Tua Força, Brasil
  8. Notificação Preferida
  9. Mulherão da Porra
  10. Ousado Amor

Google+, Inbox by Gmail e Google Allo se despedem em 2019

1

Antes mesmo de 2019 começar, o Google já vinha planejado “eventos importantes” para o ano novo. Entre os produtos que irão se despedir do público estão: Google+, Inbox by Gmail e Google Allo.

Google+

Em 10 de dezembro de 2018, o Google anunciou que um bug expôs os dados privados de 52,5 milhões de usuários do Google +.

Segundo a empresa, não há evidências de que algum dos dados expostos tenha sido comprometido por terceiros ou desenvolvedores de aplicativos.

Senhas e os dados financeiros não foram expostos , mas o bug permitiu o acesso aos dados do perfil do usuário, como nome, endereço de e-mail, idade, aniversário, ocupação, foto, status de relacionamento e lugares vividos.

Google+ será desativado em abril de 2019.

Inbox by Gmail

Com o lançamento do novo Gmail em abril do ano passado, que embarcou a maioria dos recursos existentes e inovadores do Inbox, o Google resolveu descontinuar a interface alternativa do Gmail após 4 anos de atividade.

“Ao olharmos para o futuro, queremos ter uma abordagem mais focada que nos ajude a levar a melhor experiência de e-mail para todos. Como resultado, planejamos nos concentrar exclusivamente no Gmail e nos despedir do Inbox by Gmail”, disse a empresa na época.

Inbox by Gmail será desligado no final de março de 2019

Google Allo

Apesar das boas intenções de Mountain View em desenvolver um comunicador instantâneo moderno e diferente, o Google Allo não foi capaz de encontrar um público para chamar de seu.

Em uma rede social, o chefe do grupo de comunicação do Google, Anil Sabharwal, declarou que o Allo não atingiu o nível de tração que eles esperavam e seu desenvolvimento foi suspenso em Abril de 2018.

Segundo o Google, o Allo continuará funcionando até março de 2019 e permite que os usuários exportem suas conversas.

Museu Nacional renasce no Google Arts & Culture

0

Com o apoio da Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ) e do Ministério da Educação, o Google Arts & Culture disponibilizou um tour e oito exposições virtuais com imagens de 164 peças atingidas durante o incêndio do dia 2 de setembro.

Entre os artefatos disponíveis em g.co/museunacionalbrasil, destacam-se relíquias históricas como o crânio de Luzia, o mais antigo remanescente humano das Américas, a famosa réplica de Titanossauro e o Meteorito de Bendegó, o maior já encontrado no Brasil, pesando 5.260 kg.

Além das mostras, a plataforma traz um passeio virtual inédito por dentro do museu com imagens em 360 graus captadas em 2017, por meio do Museum View.

“Com a ferramenta, é possível mergulhar pelas salas do prédio histórico, além de ver, em detalhes, as peças que ficavam em exposição. Esse tour pode ser guiado com narração em português, inglês e espanhol e também assistido em modo imersivo com o uso de um cardboard ou outros visores de realidade virtual”, explica o Google.

As coleções do Museu Nacional também podem ser descobertas a partir do Google Assistente. Agora, quando o usuário conversar com o assistente inteligente do Google sobre museus, história e até mesmo dinossauros, ele será levado para essa experiência imersiva pelo acervo. Para começar, é só dizer: “Ok Google, você gosta de dinossauro?”.

Destaques:

  • Luzia, o mais antigo esqueleto humano encontrado nas Américas, com aproximadamente 11.500 anos de idade.
  • Meteorito do Bendegó, um dos maiores do mundo, foi descoberto por um menino à procura de uma vaca perdida em 1784.
  • Gato mumificado do Egito Antigo, uma oferenda à deusa Bastet.
  • Réplica do esqueleto do Titanossauro, cujos ossos originais foram descobertos perto de São Paulo na década de 1950.
  • Vaso Marajoara, sociedade pré-colombiana.
  • Máscaras indígenas do povo Awetí, Waurá e Mehináku.

YouTube encerra postagens automáticas no Twitter e no Google+

0

O YouTube anunciou hoje que os usuários não poderão mais
postar automaticamente suas atividades do YouTube, como envios e marcações de “Gostei”, no Twitter e no Google+.

Segundo a empresa, o recurso não oferece uma boa experiência e, por isso, será removida a partir de 31 de janeiro.

“Descobrimos que compartilhar essas ações com uma mensagem personalizada (em vez de com postagens geradas automaticamente) oferece uma experiência melhor ao criador de conteúdo e aos seguidores dele nas redes sociais”, diz o Google.

A remoção da funcionalidade não afeta o botão de Compartilhar existente nas páginas de vídeos.

CES 2019: Assistant Connect leva o assistente do Google para produtos de terceiros

0

O Google anunciou durante a CES 2019 a chegada de uma prévia do Google Assistant Connect, uma plataforma para fabricantes de dispositivos que permite colocar o Google Assistente em seus produtos.

“De maneira acessível e fácil de implementar, o Connect usa nossa plataforma inteligente para expandir novos tipos de dispositivos e, ao mesmo tempo, simplifica a configuração”, diz o buscador.

“O Assistant Connect cria oportunidades para levar diferentes tipos de dispositivos inteligentes ao mercado”. 

Com isso, segundo o Google, é possível criar uma tela e-ink simples e barata que projete continuamente o clima ou o calendário, enquanto usa o Assistente Connect para fornecer conteúdo para o alto-falante inteligente vinculado. 

“O Assistente do Google lida com a computação de alta ordem: saber o que está no calendário, verificar atualizações e assim por diante. Teremos mais a compartilhar sobre o Assistente Connect e como os fabricantes de dispositivos podem acessar a tecnologia no final deste ano”.

Despertador Inteligente

Entre os primeiros produtos está um Smart Clock da Lenovo (detalhes na imagem que ilustra este post). 

Com a tela sensível ao toque de 4 polegadas, é possível ver sugestões de alarme com base em suas rotinas diárias, acordar suavemente com brilho e animações de tela com ajuste automático e controlar seus dispositivos domésticos inteligentes. 

O Lenovo Smart Clock estará disponível na primavera americana por US $ 79.

Chromebooks poderão rodar o Windows 10

0

Informações recentes apontam que o Google teria planos de permitir que os usuários do Chromebook instalem o Windows 10 junto com o Chrome OS. 

Apesar da boa notícia, a questão não é algo simples e deve ser limitado a alguns dispositivos: a principal ressalva para a implementação do dual boot é o armazenamento.

Os rumores da indústria apontam que o Google ainda está testando esse recurso – codinome “Campfire” e provavelmente será oficialmente chamado de “Dual-Boot” – no Pixelbook.

Apesar das potenciais restrições, é importante observar que o Google quer garantir que seus Chromebooks mais robustos possam concorrer diretamente com os notebooks equipados com Windows.

Destaques