Blog Página 2

Google Arts & Culture ganha exposições de quadrinhos e filmes “Black Power”

0

Google Arts & Culture anunciou a inclusão das exposições “Funky Turns 40: Black Comic Revolution” e “Funky turns 40: Black Film Revolution Exhibition Background”, parte da produção de quadrinhos e filmes por e para a população negra, nos Estados Unidos, nas décadas de 60, 70 e 80.

A exposição “Funky Turns 40: Black Comic Revolution” celebra os 40 anos das primeiras aparições de super-heróis e super-heroínas negros em histórias em quadrinhos. A exibição é parte de um mix de capas de revistas em quadrinhos de 1970 e 1980 originais do Museu de UnCut Funk Collection, que possui mais de 300 gibis em seu acervo.

Destaque para o primeiro herói negro em um gibi, The Falcon, em 1969, e a primeira vez em que Lois Lane, personagem do Superman, foi representada como uma mulher negra, em 1970.

A revolução dos “Black Movies”

Os 40 anos dos filmes Blaxploitation e dos cartazes criados para promovê-los também são comemorados em uma exposição. O trabalho é parte do legado original de pôsteres de 1970 do Museu de UnCut Funk Collection, que conta com mais de 650 cartazes de filmes do mundo todo. A exposição inclui ainda pôsteres americanos e internacionais, assim como as diferentes versões de cartazes usados para a divulgação para as audiências negra e branca.

A exposição narra um parâmetro de como em 1960 os movimentos de direitos civis e ‘Black Power’ prepararam o ‘caminho’ para o que em 1970 seria conhecido como a “revolução do cinema negro”. Atores, escritores, diretores e produtores negros ajudaram a criar mais de 200 filmes focados nesse público.

As histórias abrangiam todos os gêneros cinematográficos, mas muitas vezes eram associadas aos filmes de ação e crime, como Coffy, Cleopatra, Jones, SuperFly, Shaft and The Mack. Chamados “Blaxploitation”, os filmes se tornaram muito populares porque o herói – negro – sempre vencia “O Homem”. Os filmes transbordavam estilo, atitude e incorporaram a linguagem usada nas ruas, as músicas e as roupas.

Google Arts & Culture incorpora passeios virtuais pela cultura afro-brasileira

0

Google Arts & Culture anunciou a disponibilidade do material disponível do Museu Afro Brasil (MAB), localizado no Pavilhão Padre Manoel da Nóbrega, no parque de São Paulo, o Ibirapuera.

O espaço, de 11 mil m², conta com um acervo com mais de 6 mil obras produzidas entre o século XVIII e os dias de hoje. Sua chegada ao Google Arts & Culture celebra o dia da Consciência Negra (20) e permite mergulhar no acervo sobre cultura afro-brasileira.

O Maracatu e o Guerreiro de Alagoas: festividades afro-brasileiras

As exposições traçam um panorama histórico do Maracatu, criação negra pernambucana e uma das mais coloridas festividades carnavalescas do país, e do Auto dos Guerreiros, uma representação teatral popular ao ar livre oriunda do Estado de Alagoas.

Além de conhecer mais o contexto histórico, os amantes de história e moda podem conhecer mais sobre a influência negra nesse segmento por meio do projeto We Wear Culture, que mostra as histórias por trás do que vestimos.

O trabalho reúne mais de 450 itens digitalizados das mostras do Maracatu, das Irmãs da Boa Morte e dos Panos e Tapas.

O Google Arts & Culture ainda permite que o público confira exposições que não estão mais disponíveis no MAB. Confira:

Espíritos da África – os Reis Africanos

A exposição “Espírito da África – os Reis Africanos”, do fotógrafo austríaco Alfred Weidinger, traz retratos de reis e chefes contemporâneos de diversas partes do continente africano. As fotografias foram capturadas nos anos de 2012 e 2013.

Arte, Adorno, Design e Tecnologia no Tempo da Escravidão

A exposição, mostra o grande repertório de tecnologia trazido pelos povos africanos desde os primórdios da colonização brasileira. Africanos escravizados e seus descendentes foram os principais responsáveis pela realização de trabalhos que estão na base da sociedade brasileira tal como ela é hoje. Prensas, joias e moinhos fazem parte do acervo da mostra.

Música, cultura e resistência

Filha de militar de alta patente e de uma mulher escravizada alforriada, Francisca Edwiges Neves Gonzaga nasceu no Rio de Janeiro, em 17 de outubro de 1847. Desde muito cedo, a vocação para a música se manifestou, e, aos 11 anos, Chiquinha Gonzaga escreveu a primeira peça para uma festa de Natal. Sua paixão pela música e o seu protagonismo na história nacional estão na exposição Abram alas para Chiquinha Gonzaga: nasce uma pioneira.

Além da luta pelo sonho na música, a mostra traz a visão da “Maestrina Abolicionista”. A determinação e a coragem de Chiquinha a fizeram participar das grandes lutas sociais do seu tempo, das quais a principal era em prol da abolição da escravatura. A artista chegou a vender partituras de porta em porta para angariar fundos para a causa.

Na rua e para a rua: o nascimento do Frevo

Essa exposição do Paço do Frevo, em Recife, mostra mais sobre o ritmo e, em uma de suas seções, a influência da cultura negra na sua origem. Os capoeiras, negros escravizados, eram figuras obrigatórias à frente do conjunto das bandas – responsáveis pela origem do frevo como música -, gingando e piruetando.

Eram conhecidos por seus passos complicados e assobios agudos. Da capoeira, o frevo herdou a dança acrobática, transformada ao longo dos anos em diferentes tipos de passos.

Além dessas exposições, o Google Arts & Culture torna milhões de artefatos e obras, compartilhados por mais de 1500 museus, arquivos e instituições culturais parceiras, disponíveis para o mundo explorar inteiramente online e de graça.

O objetivo é a democratização da cultura, permitindo o acesso da população a todos os tipos de exposições, sejam elas nacionais ou internacionais.

YouTube adiciona filmes gratuitos com suporte a publicidade

4

Em um novo esforço para brigar de frente com Netflix e Prime Vídeo, o YouTube adicionou cerca de 100 filmes em sua plataforma que podem ser assistidos gratuitamente.

De acordo com a AdAge, os títulos vão de super clássicos como “Rocky” e “O Exterminador do Futuro”, além de outros como “O Zelador Animal”, “O Agente Teen” e “Legalmente Loira”, entre outros.

YouTube está exibindo anúncios durante os filmes gratuitos, contudo, a reportagem afirma que a empresa está aberta a oferecer outros modelos de publicidade com os anunciantes, como patrocínios ou exibições exclusivas.

Para Tal Chalozin, diretor de tecnologia da Innovid, o YouTube tem uma vantagem sobre os rivais na publicidade digital por causa de sua capacidade de segmentar anúncios e todos os dados do Google.

“Ela pode oferecer um produto de publicidade semelhante à TV, apoiado apenas na segmentação e na medição on-line”, diz.

No Brasil, por enquanto, os filmes mencionados ainda apresentam custo ao consumidor.

Robô com AI do Google desvenda livros “Onde está o Wally?”

2

Um braço robótico foi programado usando inteligência artificial para localizar o personagem de desenho animado difícil de localizar.

Quase todo mundo se debruça sobre as imagens populares de “Onde está o Wally?”, do ilustrador inglês Martin Handford, em algum momento de suas vidas.

Mas, agora, graças à AI, o processo de localizar o personagem-título se tornou praticamente sem esforço.

Desenvolvido pela agência de publicidade criativa Redpepper, a engenhoca robótica usa o serviço de aprendizado de máquina do Google e pode reconhecer o rosto de Wally na página em cinco segundos.

“Wally é um protótipo para testamos as capacidades do novo serviço AutoML Vision (Auto Machine Learning) do Google”, disse Matt Reed, tecnólogo criativo da Redpepper.

“Nós fornecemos serviços de inovação para nossos clientes, de modo que, para entender as capacidades da mais recente tecnologia, geralmente tentamos montar protótipos como esse que mostrem as possibilidades.”

Um vídeo mostrando o robô em ação pode ser visto abaixo.

Conheça os diferenciais do Waze Carpool

1

Desde o final de agosto os usuários brasileiros do Waze já podem utilizar a tão aguardada funcionalidade de Carpool no Brasil.

Segundo a empresa, o objetivo é diminuir o trânsito e os congestionamentos, além de reverter o cenário encorajando motoristas a completarem os lugares vazios de seus carros e, por fim, tirar carros da rua.

Confira algumas das funcionalidades do Waze Carpool incluem:

  • Escolha seu parceiro: Quem dá e quem recebe carona pode escolher seus parceiros com base no perfil, avaliação por estrelas, número de amigos em comum, e filtros customizáveis como gênero, local de trabalho, e proximidade do caminho.
  • Rotas otimizadas: Usando as atualizações em tempo real de tráfego do Waze, os usuários chegam mais rápido aos seus destinos.
  • Caminhos mais baratos: Com todos os pagamentos concentrados com segurança no app, quem pega carona paga por uma viagem econômica enquanto os motoristas recebem uma ajuda de custo para a gasolina (até R$15 por viagem).
  • Agende viagens com até 5 dias de antecedência: Isso ajuda a organizar mais facilmente as idas e vindas do trabalho.

Waze Carpool está disponível em todo o Brasil, além de Israel e em seis estados norte-americanos — Califórnia, Texas, Washington, Massachusetts, Illinois, e Nevada.

As melhores combinações – aqueles com as rota mais próximas ou com um colega com o mesmo horário de trabalho – aparecem no topo da lista, e o pagamento é feito com segurança dentro do próprio app.

Por tempo limitado, a carona custa R$ 2 para quem a pede. Já, os motoristas receberão o valor normal: R$ 4 para trajetos com menos de 5 km, e R$ 10 para rotas com menos de 40 km.

Google anuncia programa de estágio 2019

1

O Google abriu as inscrições para o programa de estágios 2019 e permite que alunos de todos os cursos, universidades e regiões do Brasil, com graduação prevista para dezembro de 2019, possa se inscrever no programa de estágio do Google.

“Estão abertas as inscrições para o Business Internship Program 2019, a oitava edição do programa de estágio do Google. Voltado para estudantes de ensino superior com graduação prevista para dezembro de 2019, o programa de 6 meses é uma oportunidade para que os estagiários possam conhecer e vivenciar o Google, além de desenvolver competências técnicas e comportamentais”, diz a companhia.

As inscrições vão até o dia 5 de outubro de 2018 e é necessário apenas cumprir os seguintes requisitos: estar cursando o último semestre da graduação no período do programa, ter um nível de inglês que permita leitura de e-mails e conversação com colegas de trabalho, e estar disponível para trabalhar no escritório do Google em São Paulo de julho a dezembro de 2019.

O processo seletivo é composto por entrevistas com o time de recrutamento e com as futuras equipes, e ocorre inteiramente via Google Hangouts ou telefone, não sendo necessário viajar até São Paulo.

Mais do que diplomas, o que vale para o Google são talentos e habilidades, por isso os candidatos podem ser selecionados para trabalhar em áreas diferentes do curso de formação, desenvolvendo e aprimorando competências técnicas e comportamentais.

Acordo secreto entre Google e MasterCard podem monitorar compras offline

0

De acordo site de noticias Bloomberg, o Google e a MasterCard assinaram um “acordo secreto” que dá autorização para o Google rastrear as vendas de clientes.

Isto será feito por meio de dados gerado pelo cartão em vendas feitas no varejo, ou seja, de forma offline, em qualquer estabelecimento.

A aliança permite que Google mensure os gastos do varejo, em uma estratégia da gigante de buscas para fortalecer seu principal negócio contra ataques da Amazon.com Inc. e outros.

O Google teria pago “milhões de dólares” à Mastercard pelos dados, de acordo com duas pessoas que trabalharam no acordo.

Além disso, as empresas teriam discutido o compartilhamento de parte da receita publicitária, de acordo com uma das pessoas.

Descubra jogos e ferramentas escondidos no Google

2

Em celebração aos 20 anos do Google, que será celebrado em algum momento de setembro, a empresa divulgou algumas das ferramentas que estão “escondidas” em sua pesquisa.

“Neste mês Google faz 20 anos e, desde suas origens, muitas pessoas recorrem ao mecanismo de Busca toda vez que desejam encontrar informações sobre diversos assuntos. No entanto, a caixa de pesquisa também esconde jogos, truques e ferramentas que podem ser muito úteis e talvez você não saiba”.

Será que você conhece todas elas?

Sons de animais

Spinner e Roleta


Metrônomo

Escolher uma cor

Gerador de números

Nível

(disponível apenas para mobile)

Exercício de respiração

Paciência

Jogo da Velha

Cobra

Pac-Man

Atari Breakout

(Desde imágenes)

Super Mario Bros

Moédas

Google disponibiliza Text-to-Speech a todos os clientes

0

O Google anunciou que irá disponibilizar sua ferramenta baseada em Inteligência Artificial Text-to-Speech para todos os clientes do Google Cloud.

De acordo com o buscador, a novidade oferece as novas funções anunciadas recentemente no Google Cloud Next’ 18, como novas vozes WaveNet e produto inovador de pesquisa de síntese de voz da DeepMind.

“Com as novas funções do Cloud Text-to-Speech (conversão de texto para voz) os clientes têm acesso multilíngüe a falas geradas por meio do WaveNet, capazes de imitar entonações de voz e até mesmo aparentar estresse. São 17 novas vozes, dentre elas inglês (EUA), português e espanhol, que permitem a criação de aplicativos em idiomas variados”, diz a empresa.

“Hoje, a API oferece o total de 56 vozes (26 delas WaveNet, capazes de imitar vozes humanas e sons naturais, o que permite uma experiência melhor aos usuários) em 14 idiomas e variantes”.

O buscador também irá oferecer o Audio ProfilesBeta. Dos fones de ouvido a alto-falantes e linhas telefônicas, agora os usuários podem otimizar o Cloud Text-to-Speech para reprodução em diferentes tipos de hardware, podendo selecionar a opção ideal para o seu uso.

Google anuncia treinamento gratuito de AMP em São Paulo

0

O Google anunciou a abertura das inscrições para o AMP Roadshow em São Paulo. O evento global que acontece na próxima terça-feira, 21 de agosto, irá reunir desenvolvedores, especialistas em TI e CTOs que buscam aprofundar seus conhecimentos em AMP.

O roadshow terá em capacidade para 300 pessoas e acontecerá no Hotel Maksoud Plaza.

O AMP, abreviação de Accelerated Mobile Pages, é uma iniciativa de código aberto que visa tornar a web melhor para todos. O projeto permite a criação de websites e anúncios consistentemente rápidos, bonitos e de alto desempenho em dispositivos e plataformas de distribuição.

O evento contará com os especialistas de AMP do Google Ben Morss, Niana Raisinghani, Raghu Simha, Katharina Almonte, entre outros. Durante uma intensa agenda de palestras, serão discutidas as capacidades, estratégia e melhores práticas de AMP.

“Nosso objetivo com o evento é capacitar a comunidade de desenvolvedores para criar páginas AMP ainda mais bonitas, interativas e canônicas”, afirma Ale Borba, responsável do Google pelo relacionamento com desenvolvedores.

As inscrições podem ser feitas no site do evento.

Detalhes do Evento
Terça, 21 de Agosto de 2018, 09:00–17:00
Maksoud Plaza, Alameda Campinas, 150
Gratuito. Capacidade para 300 pessoas.

Destaques