Blog Página 1047

Yahoo! Widgets ganha versão 4

0

Yahoo Widgets
Mais rápido que nunca

Nós ouvimos você e fizemos grandes melhorias na performance
Usa menos memória do sistema comparado com versões passadas

Ao Vivo, visualização de relance
Mini Widgets trazem atualizações e informações ao vivo em pacotes compactos
Mantenha seus widgets organizados com o novo Widget Dock

Novos Widgets do Yahoo!
Gallery Widget: Navegue pela galeria de Widgets sem abrir o navegador
Flickr Widget: Hooray! Upload, marcadores, e exiba fotos do Flickr.

E algumas coisas de sempre…
Os mais variados Widgets disponíveis online… mais de 4,000 e crescendo!
Works on both Macs and Windows PCs

Beixe o Yahoo! Widgets 4 para: Windows | Mac OS X

Google Phone enfrenta reviravoltas

5

Google PhoneApós rumores de que mais de 100 engenheiros do Google poderiam estar trabalhando na criação do Google Phone, Richard Kimber – Diretor-geral de vendas e operações do Google para o sudeste asiático afirmou que o Google tem interesse em investir em softwares para celulares, mas não tem nenhum interesse em entrar no ramo de celulares.

“Neste momento, nosso maior foco está no software, não no celular” afirmou Richard Kimber. O Evangelista do Google, Vint Cerf também reforçou que “tornar-se um fabricante de equipamentos está longe do modelo de negócios do Google”.

Descubra os produtos descontinuados pelo Google

0

O Google já lançou diversos produtos e serviços, alguns com sucesso e outros que foram descontinuados. O Google Discovery lista alguns produtos e serviços que já fizeram parte do link “more” do Google.com.

  • Google Keyboard Shortcuts (2002) – use seu teclado para navegar entre seus resultados de busca.
  • Google Voice Search (2002) – procure no Google através de uma ligação de telefone. Você não precisa digitar, enquanto usa o reconhecimento de voz do Google.
  • Google Viewer (2002) – veja os resultados do Google como um slide show. Google Toolbar tem esse recurso, mas não move para o próximo resultado automaticamente.
  • Google Webquotes (2002) – veja comentários sobre um website.
  • Google Compute (2002) – um add-on para o Google Toolbar que permite que você use os recursos de seu computador para projetos de pesquisa(este programa funciona somente quando o computador estava hibernado).
  • Google Answers (2002) – tenha respostas de pesquisadores por um pequeno valor. O produto foi descontinuado em Novembro do ano passado.
  • Google Search API (2002) – um SOAP API que permitia aos desenvolvedores integrarem os resultados de busca do Google as suas aplicações. O produto está agora ultrapassado.
  • Google Deskbar (2003) – procure no Google através do seu desktop e veja os resultados em um mini-visualizador. O produto foi integrado ao Google Desktop.
  • Google X (2005) – uma interface Mac para o Google. A página ficou ativa por apenas um dia e foi removida para evitar processos pela Apple. Não deixe de conferir o espelho mantido pelo Google Discovery.
  • Google Video (versão inicial) – procure por conteúdo de programas de televisão. Google gravava os programas de televisão e permitia que as pessoas fizessem buscas através do closed caption e imagens do programa. Você não podia assistir videos.

Alguns produtos foram substituídos por outros melhores, outros foram encerrados por fracasso, problemas de copyright e/ou dificuldades técnicas. O interessante é notar que a maioria dos produtos descontinuados foram lançados em 2002.

Edite online suas fotos do Picasa Web

11

Com a disponibilidade do Picasa Web Albums API, sites como Picnik ganharam a possibilidade de editar suas fotos online diretamente do seu álbum do Picasa.

Picnik também importa suas fotos direto do computador, do Flickr, Picasa Web Albums, e resultados de buscas. Se você escolher as fotos do Picasa Web, você terá que entrar com a sua Google Conta(o Picnik não salva sua senha), e selecionar as fotos do álbum.

Após fazer alguma edição básica(você pode cortar, redimensionar, rodar), a foto pode ser salva no Picasa Web Albums, mas não poderá substituir a cópia original.


Eu quero trabalhar no Google!

96

Devido a grande quantidade de profissionais interessados em trabalhar em empresas grandes como Google, Yahoo e Microsoft muitos estão apelando para a criação de sites com objetivo de atrair a atenção da empresa desejada.

No caso do Google, um apelo internacional foi criado pelo Aaron Stanton na qual tinha como objetivo que o Google pudesse ouvi-lo. Hoje, Brandon Zehm se uniu a equipe do “Can Google Hear Me?” e também colocou seu perfil profissional como um atrativo para o maior buscador da internet.

Esta semana ganhamos uma versão nacional, Fábio Ricotta criou o site “Eu quero trabalhar no Google” e se oferece para trabalhar no Google Brasil.

Por que trabalhar no Google?

Foi cativante saber como o Google criou o mecanismo de busca. É uma complexidade tão grande que parece ser algo de outro mundo. Imagine só, digitar uma palavra e pronto! Tudo relacionado ao seu alcance. Com certeza, isso me cativou tanto que eu estou desenvolvendo o meu próprio sistema de busca.

Hoje, o YouTube infomou em seu blog oficial a contratação de Damien Estreich, um usuário na qual se dedica a fazer videos com foco nas notícias e eventos do próprio YouTube.

Thunderbird 2.0 ganha recursos do Gmail

0

Thunderbird 2.0 ganhou recursos de marcadores no estilo do Gmail. Em vez de colocar as mensagens em uma pasta estática, o cliente de e-mail da Fundação Mozilla permitirá que você possa colocar quantos marcadores quiser em qualquer mensagem, permitindo assim que você faça buscas baseadas nestas especificações atribuídas as mesmas. Criando desta forma, pastas dinâmicas baseadas nos seus marcadores.

Thunderbird 2.0 deve ser lançado em breve!

YouTube Video Awards 2006

3

YouTube Awards
“2006 foi pioneiro em videos online, conteúdo criado pelo próprio usuário e comunidade YouTube. Você deixou nós entrarmos em seus quartos, criamos novas formas de entretenimento, e radicalizamos a cultura popular. Agora é hora de refletirmos sobre o maravilhoso ano e identificarmos o melhor neste primeiro YouTube Video Awards.” descreve o prêmio criado pelo YouTube.

De acordo com o blog TechBits, “os vídeos escolhidos estão divididos em sete categorias, entre eles criatividade, série e humor. As votações seguem o mesmo estilo do hotsite especial do SuperBowl, com rounds que duram uma hora. (…) Por ser um Oscar 2.0, tudo é feito na mesma página, sem necessidade de refresh. Quer assistir ao vídeo? O tubo do YouTube abre com a mágica do ajax. Para votar é só organizar na ordem preferida os vídeos.”

Leia mais no TechBits >>

Google celebra Norouz

0

Norouz

O Google está celebrando hoje o Norouz – Ano Novo Persa.

“O primeiro dia do calendário (1ro Favardin) é o dia de maior festividade do ano. Esse dia é conhecido como Norouz (que vem das palavras persas no e rouz, que significa “novo dia”)” retirado da Wikipédia.

Temas da Homepage Personalizada do Google escondem brincadeiras

3

OVNIs
Diversos sites estão reportando a existência de “Easter Eggs/Ovos de Páscoa” nos novos temas da Homepage Personalizada do Google. Cada tema exibe uma surpresa exatamente às 3h14 AM todos os dias exceto os temas “Bus Stop e Classic”.

Abaixo você consegue visualizar a surpresa de cada tema:

No caso da letra grega Pi(π), é possivel subentender que o motivo da brincadeira ao ocorrer às 3h14 da manhã é devido a representatividade do Pi na matemática: 3,14.

Google Docs off-line a caminho?

4

O blog Googling Google informa que um usuário do Google Docs recebeu uma estranha mensagem de erro enquanto utilizava o serviço, o que pode indicar que uma versão off-line do produto pode estar a caminho.

“Nós pedimos desculpas, mas não é possível fazer upload deste documento.

Se você tiver o processador de textos instalado no seu computador, há duas maneiras de enviar seu arquivo para o Google Docs & Spreadsheets”

Um versão off-line do Google Docs traria muitos benefícios aos usuários e as pequenas/médias empresas que estão utilizando neste momento os aplicativos pagos do Google. Com a possibilidade do Firefox executar aplicativos em modo off-line, crescem os rumores que empresas como o Google devem investir em produtos que possam funcionar sem necessitar obrigatoriamente uma conexão com a internet.

Destaques