Samsung explica como as fotos da Lua são processadas nos dispositivos Galaxy

Após ser acusada de entregar imagens falsas da Lua em seus dispositivos Galaxy, a Samsung resolveu explicar detalhadamente como as fotos são processadas.

Utilizando tecnologias avançadas de inteligência artificial (IA), a empresa garante que todas as imagens capturadas são reais e de alta qualidade.

Para garantir a captura de uma imagem clara e nítida da Lua, as câmeras Galaxy utilizam a tecnologia de Super Resolution para sintetizar mais de 10 imagens tiradas em um zoom de 25x ou mais alto.

Após o disparo, o software da Samsung precisa eliminar o ruído e melhorar a clareza e outros detalhes, o que é possível graças à tecnologia de resolução super elevada.

A Samsung, então, utiliza um modelo de aprendizado profundo de IA para detectar a presença da Lua e identificar a área que ela ocupa na imagem.

Desta forma, a câmera é capaz de reconhecer a Lua mesmo em imagens que não foram usadas para treinamento.

Outro recurso de colabora para o resultado final é Zoom Lock, que reduz automaticamente os efeitos de uma câmera instável sem a necessidade de um tripé.

Combinando tecnologias de OIS e VDIS, o Zoom Lock minimiza o desfoque de imagem que pode ser causado por mãos trêmulas, permitindo que os usuários capturem imagens épicas da Lua.

Ao utilizar todas essas tecnologias em conjunto, a Samsung garante que as imagens capturadas são reais e autênticas, sem nenhum tipo de manipulação.

A empresa se compromete a continuar melhorando o Scene Optimizer para evitar quaisquer mal-entendidos na captura de imagens da Lua.

Comente!

You May Also Like