Google anuncia desligamento de 12.000 funcionários no mundo

O Google anunciou hoje que planeja desligar cerca de 12.000 funcionários em todo o mundo.

De acordo com o CEO Sundar Pichai, a decisão foi tomada devido a uma mudança na realidade econômica, já que a empresa viu períodos de crescimento dramático nos últimos dois anos e contratou para uma realidade diferente da atual.


Pichai destacou que, como empresa com quase 25 anos, é natural passar por ciclos econômicos difíceis e que esses momentos são importantes para aprimorar o foco, reestruturar a base de custos e direcionar o talento e o capital para as maiores prioridades da empresa.

Os funcionários afetados nos Estados Unidos já foram notificados por e-mail, enquanto em outros países, o processo de demissão levará mais tempo devido às leis e práticas locais.

O CEO agradeceu aos funcionários que estão saindo, afirmando que suas contribuições foram inestimáveis ​​e que a empresa é grata por elas.

Este anúncio, aliado as demissões que estão ocorrendo na indústria, mostra a difícil situação econômica global atual, e como as empresas estão buscando maneiras de se adaptar e se recuperar.

Embora esteja enfrentando o aparecimento de grandes competidores como o ChatGPT, o Google é uma das empresas mais bem-sucedidas do mundo e espera-se que continue a crescer e inovar no futuro.

You May Also Like