Jaiku, o microblog que o Google comprou e desligou

Com o Twitter crescendo em popularidade por sua rapidez em noticiar eventos do mundo em tempo real, o Google inesperadamente adquiriu o Jaiku em outubro de 2007 e tudo indicava que a busca embarcaria no formato de mensagens curtas.

Digo “inesperadamente” no parágrafo anterior, pois a expectativa da indústria estava na aquisição do Twitter pelo Google. Co-fundado por Evan Williams, criador do Blogger, ele possuía a experiência de já passar por uma aquisição de Larry Page e Sergey Brin.


O Jaiku foi um serviço de microblog fundado em fevereiro de 2006 (detalhe: um mês antes do Twitter ser aberto ao público) por Jyri Engeström e Petteri Koponen em Helsínquia, Finlândia.

Os jaikus, como eram conhecidos os “posts/tweets”, permitiam compartilhar pensamentos e opiniões sobre todos os tipos de assuntos. 

Opções de privacidade davam aos usuários a capacidade de tornar as postagens privadas, compartilhando-as apenas com seus amigos, ou públicas com visibilidade para todos os usuários. 

Posts relacionados a um único tema poderiam ser publicados dentro de canais como hashtags, criando uma timeline personalizada, funcionando como verticais de conteúdo sem interferir com a linha do tempo principal.

Após a aquisição, todos esperavam que o Google buscasse integrar a ferramenta com seus outros serviços como Agenda, Gmail, Talk e o Blogger, tornando o Jaiku uma espinha dorsal entre os produtos e serviços.

Entusiasmados, os desenvolvedores do Jaiku publicaram a seguinte nota para os usuários e a imprensa:

Jaiku está se juntando ao Google. Embora seja muito cedo para comentar sobre planos específicos, estamos ansiosos para trabalhar com nossos novos amigos do Google nos próximos meses para expandir de maneiras que esperamos que sejam interessantes e úteis para você. Nossos engenheiros estão entusiasmados por trabalhar juntos e desenvolvedores entusiasmados levam a grandes inovações. Esperamos realizar grandes coisas juntos. Para focar na inovação em vez de escalar, decidimos encerrar as inscrições de novos usuários por enquanto.

No entanto, apesar do tom animado e esperançoso, o Jaiku nunca recebeu qualquer integração e acabou sendo desligado em 2011.

Apesar do fim da ferramenta, o Jaiku teve seu código fonte liberado como um projeto open-source e o Google acreditava que desenvolvedores externos trabalhassem em serviços de microblogging.

Devido a dificuldade técnica e o escalonamento computacional exigido pelo formato, poucos se arriscaram.

Alternativa ao Twitter

Com o Twitter envolvido num imbróglio após a aquisição pelo CEO da Tesla e SpaceX, Elon Musk, o aplicativo indiano Koo ganhou as atenções nesta sexta (18/11)

Koo é uma plataforma de microblogging como o Twitter. Está disponível como um site e no iOS e Google Play. Você pode postar opiniões no Koo publicamente e seguir outros usuários também.

Se o Jaiku estivesse ativo, teria sido uma ótima alternativa aos usuários que saíram a procura de uma plataforma segura e estável. Infelizmente o Google encerrou o microblog sem esperar que o formato fosse continuar funcional depois de tantos anos.

You May Also Like