União Europeia pode exigir que telefones Android tenham cinco anos de atualizações como o Pixel 6

Os reguladores da UE podem exigir que os fabricantes de telefones Android forneçam aos seus dispositivos atualizações de segurança por pelo menos cinco anos e atualizações do sistema operacional por três anos.

Além disso, espera-se que as atualizações de segurança e sistema cheguem aos usuários “não mais de dois meses” após o lançamento, o que significa que todos os usuários do Android começarão a receber a atualização rapidamente.


Se essas regras forem aplicadas, elas podem facilmente mudar a maneira como os fabricantes do Android lidam com as atualizações de software há algum tempo.

Estender a vida útil de um telefone ou tablet pode reduzir o impacto climático do mercado geral de telefonia móvel em cerca de 25%, de acordo com os reguladores europeus.

“Os dispositivos são frequentemente substituídos prematuramente pelos usuários e, no final de sua vida útil, não são suficientemente reutilizados ou reciclados, levando a um desperdício de recursos”, disseram.

A regulamentação também exige que os fabricantes disponibilizem peças de reparo por um período mínimo de cinco anos após o lançamento, desde baterias, câmeras, portas de carregamento e outros.

You May Also Like