Google Translate falso era utilizado para ataque com malware de mineração de criptomoedas

A empresa de segurança Check Point Research (CPR) encontrou atividade de malware de mineração de criptomoedas em uma ferramenta que imitava o Google Tradutor e outros aplicativos gratuitos para infectar PCs.

A campanha de malware, criada por uma entidade de língua turca chamada Nitrokod, foi baixada desde 2019 em 11 países (vítimas no Reino Unido, EUA, Sri Lanka, Grécia, Israel, Alemanha, Turquia, Chipre, Austrália, Mongólia e Polônia) 111.000 vezes.


Os invasores atrasariam o processo de infecção por semanas para evitar a detecção. A CPR alertou que os cibercriminosos poderiam facilmente optar por transformar malware, por exemplo, de mineradores de criptomoedas em ransomware ou cavalos de Troia bancários.

O malware também pode ser facilmente encontrado pelo Google quando os usuários pesquisavam por “baixar o Google Translate Desktop”.

You May Also Like