Google, Apple, Microsoft e Amazon teriam comprado ouro clandestino do Brasil

Uma matéria em inglês da Reuters reporta que grandes empresas de tecnologia como Google, Apple, Microsoft e Amazon têm usado ouro extraído ilegalmente na região da floresta amazônica em seus dispositivos eletrênicos.

A publicação alega que o minério teria sido comprado por intermédio da empresa privada italiana Chimet que por sua vez adquiriu de uma empresa brasileira que supostamente adquiriu o metal precioso ilegalmente de garimpeiros.


“De acordo com documentos policiais obtidos pela empresa de jornalismo investigativo Repórter Brasil e revisados ​​pela Reuters, a polícia federal brasileira acusou Chimet de comprar milhões de dólares em ouro do comerciante CHM do Brasil”, diz a agência de notícias.

Em resposta a reportagem, a Apple afirmou que suas políticas proíbem o uso de minerais extraídos ilegalmente, contudo, como mostrou a Reuters, a Chimet se mantém como fornecedor.

Já o Google, Microsoft e Amazon não comentaram a reportagem e não negaram terem parceria com a Chimet.

You May Also Like