Fotos de soldados russos capturados estão sendo postados no Google Maps na Rússia

De acordo com a Vice, usuários do Google Maps estão enviando dezenas de fotos de destruição, civis feridos e soldados russos capturados na Ucrânia para locais populares das principais cidades da Rússia.

Isso acontece após o presidente russo, Vladimir Putin, bloquear e restringir acesso à cobertura de notícias estrangeiras sobre a guerra na Ucrânia, incluindo Facebook e Twitter, alguns dos poucos lugares em que as pessoas na Rússia podem receber notícias sancionadas não estatais.


O Google Maps permite que os usuários enviem fotos de lugares – geralmente como parte de uma avaliação do local – mas as pessoas estão usando esse recurso para levar imagens da Ucrânia para a Rússia.

Muitos dos principais pontos turísticos e atrações turísticas ao redor de Moscou agora apresentam fotos da devastação que está acontecendo na Ucrânia em suas avaliações do Google Maps.

O Museu de História Gulag está especialmente cheio de fotos da última semana na Ucrânia: imagens de pessoas do lado de fora de prédios de apartamentos destruídos, soldados russos capturados (vivos e aparentemente mortos) e mulheres e crianças feridas em hospitais preenchem o “mais recente” guia fotos.

Na semana passada, o Google desativou os recursos do Maps na Ucrânia que mostravam informações ao vivo de áreas movimentadas e congestionamentos de trânsito, para a segurança das pessoas, após consultar as autoridades da região.

O Google não comentou se manterá as fotos publicadas no Google Maps.

You May Also Like