Versões 100 do Chrome e Firefox podem quebrar parte da internet

Os navegadores Chrome e Firefox se aproximam de suas 100 versões, mas esta marca pode resultar em falhas em diversos sites da interner.

Acontece que, assim como o bug Y2K, os números de versão de três dígitos codificados nos User-Agents (UAs) dos navegadores podem causar problemas no acesso a poucos sites.


São poucos, mas volumosos. Entre eles estão a HBO Go, Bethesda e Yahoo, de acordo com um site de rastreamento.

Os bugs incluem mensagens “navegador não suportado”, problemas de renderização do site, falhas de análise, erros 403 e assim por diante.

“Sem uma única especificação a seguir, diferentes navegadores têm formatos diferentes para a string User-Agent e análise de User-Agent específica do site”, explicou a Mozilla no blog.

“É possível que algumas bibliotecas de análise possam ter suposições codificadas ou bugs que não levam em conta números de versão principais de três dígitos.”

Para contornar o problema, Chrome e Firefox congelarão os números de versão em 99 nas strings UA ou injetarão substituições de código para corrigir os problemas.

Ambas as empresas também pedem aos desenvolvedores que testem seus sites com agentes de usuário do Firefox/Chrome 100 para evitar problemas quando as versões novas chegarem.

Comente!