Google anuncia Chrome OS Flex que pode ser instalado em PCs e Macs

O Google anunciou acesso a uma versão em desenvolvimento do Chrome OS chamada Chrome OS Flex projetada para empresas e escolas e pode ser executada em PCs e Macs antigos. 

O sistema operacional funciona exatamente como o Chrome OS que vem pré-instalado em Chromebooks e pode ser implantado em uma rede para vários dispositivos sendo capaz de gerenciar as máquinas por meio do Admin Console do Google. 


Depois que o Flex é instalado, esses dispositivos podem ser gerenciados da mesma forma que qualquer outro hardware do Chrome OS, para que os departamentos de TI possam implantar instalações ou permissões de software específicas. 

Tela do Chrome OS Flex

Enquanto o Google diz que o Flex possui foco em empresas e centros educacionais, qualquer um pode experimentá-lo. Você só precisa visitar este site para criar um boot inicializável do Chrome OS Flex em uma unidade USB.

Chrome OS Flex é o resultado da compra recente da Neverware, que anteriormente vendia um aplicativo chamado CloudReady que permitia aos usuários converter PCs antigos em sistemas Chrome OS.

Uma versão completa e final do Chrome OS Flex está planejada para o segundo trimestre deste ano. Neste momento, a plataforma está instável e não é recomandada para máquinas para uso diário.

Seu computador precisa ter as seguintes especificações ou esteja na lista de modelos certificados :

  • Arquitetura: Dispositivo compatível com Intel ou AMD x86-64 bits
  • RAM: 4GB
  • Armazenamento interno: 16 GB
  • Inicializável a partir da unidade USB
  • BIOS: Acesso total de administrador. Você precisará inicializar a partir do instalador do Chrome OS Flex USB e fazer alguns ajustes no BIOS se tiver problemas.
  • Processador e gráficos: Componentes feitos antes de 2010 podem resultar em uma experiência ruim.
    Observação:  Hardware gráfico Intel GMA 500, 600, 3600 e 3650 não atende aos padrões de desempenho do Chrome OS Flex.

Comente!