Rumores apontam mudanças no Stadia; Google nega

De acordo com o Business Insider, o Google estaria despriorizando a plataforma de consumo da Stadia para usuários finais para reforçar acordos de marca branca com empresas como Peloton, AT&T e outras sob a marca Google Stream.

Há um ano o Google anunciou que estava fechando seus estúdios Stadia Games and Entertainment e abandonando os planos de jogos exclusivos.


Depois, a empresa mudou sua estratégia para se concentrar na publicação de jogos Stadia de desenvolvedores externos antes de lançar um título próprio.

Aparentemente, agora está delegando a maior parte de seus recursos para outra iniciativa inteiramente: licenciar sua tecnologia para parceiros terceirizados em vários setores.

O site relata que, desde então, o Google transferiu a maioria de sua equipe Stadia para o que agora está sendo chamado de Google Stream visando “garantir acordos de marca branca”.

Os frutos do acordo do Google com o Peloton surgiram em julho passado, quando este último revelou sua iniciativa de “fitness inspirado em jogos” alimentada pela tecnologia de streaming da Stadia.

A AT&T também teria um acordo com o Google para permitir que seus clientes jogassem Batman: Arkham Knight em seus telefones usando a tecnologia de streaming da Stadia.

https://twitter.com/GoogleStadia/status/1489758125192216579

No Twitter, a equipe do Stadia refutou a mudança no foco e garante que mais de 100 jogos irão embarcar na plataforma em 2022.

Por enquanto, o Stadia continua sem previsão de chegada ao Brasil.

You May Also Like