Google permite que apps do Android usem pagamentos de terceiros na Coreia do Sul

O Wall Street Journal informa que, em alinhamento a uma lei local, o Google permitirá o uso de sistemas alternativos de pagamento para aplicativos da Play Store na Coreia do Sul.

Apesar do sistema de pagamento alternativo, o Google ainda cobraria taxas de serviço, mas cortaria esse custo em quatro por cento para ajudar a compensar os custos de operar um sistema de faturamento separado.


Os desenvolvedores de aplicativos de e-book e streaming de música pagariam ao Google um valor de 6% em vez dos 10% anteriores, por exemplo, enquanto a maioria dos criadores pagariam 11% em vez de 15%.

O veículo diz que alguns desenvolvedores muito populares “não verão muita mudança”, com as taxas caindo de 30% para 26%. Mais detalhes de implementação virão nas próximas “semanas e meses”.

Wilson White, diretor sênior de políticas públicas, argumentou que o Google ainda precisa das taxas para “continuar a investir” no Android e na Play Store.

“Elas ajudam a manter essas plataformas gratuitas”, disse White. Segundo ele, os pagamentos também financiam o avanço do Android, ferramentas de desenvolvedor e segurança.

Comente!