Microsoft encerra LinkedIn na China

A Microsoft anunciou que encerrará a versão chinesa do LinkedIn ainda este ano.

A empresa citou “um ambiente operacional significativamente mais desafiador e maiores requisitos de conformidade na China” como motivos para o desligamento.


“Embora tenhamos obtido sucesso em ajudar os membros chineses a encontrar empregos e oportunidades econômicas, não encontramos o mesmo nível de sucesso nos aspectos mais sociais de compartilhar e se manter informado”, disse o LinkedIn disse em um comunicado.

No entanto, a empresa não irá abandonar o setor e nem a China. Um aplicativo chamado InJobs ofertará vagas disponíveis, mas sem apresentar um feed ou compartilhamento de postagens ou artigos.

O LinkedIn era a única rede social que ainda operava na China.

Comente!