Google anuncia fundo para projetos de combate ao racismo

Doze organizações não governamentais (ONGs) receberão cada uma R$ 100.000 para a implementação de projetos anti-racismo.

Essas entidades foram selecionadas pelo edital Vidas Negras: Dignidade e Justiça, de 5 de maio deste ano, e serão apoiadas pela instituição de caridade do Google.org.


O enfrentamento à violência racial sistêmica; a proteção comunitária e a promoção da equidade racial; o enfrentamento ao encarceramento em massa entre adultos e jovens negros e a redução da idade penal para adolescentes; e as politicas de reparação para vítimas sobreviventes de injustiças criminais com viés racista compõe o rol de temas disponíveis.

Além do apoio financeiro para a implementação do plano idealizado, apoio técnico para o fortalecimento da organização e uma série de cursos de capacitação, os 12 grupos selecionados também receberão financiamento.

Os líderes serão treinados e equipados com ferramentas de planejamento, gestão e monitoramento e avaliação de projetos, captação de recursos, entre outros instrumentos importantes para a estruturação interna.

A ação filantrópica apoiada pelo Google.org e liderada pelo Fundo Baobá, voltada para grupos coletivos negros, organizações e movimentos sociais também negros, é resultado de um esforço coletivo para o enfrentamento ao racismo e promoção da equidade racial.

Comente!