DJ sueco Tim Bergling, conhecido como Avicii, ganha homenagem do Google

O Google está promovendo uma homenagem ao DJ sueco Tim Bergling, conhecido como Avicii, em sua página inicial. Bergling, se estivesse vivo, celebraria hoje 32 anos.

“O Doodle em vídeo de hoje, com uma de suas faixas mais icônicas, ‘Wake Me Up’, comemora seu 32º aniversário e homenageia seu legado como um dos primeiros artistas a elevar a música eletrônica ao sucesso global mainstream”, publicou o Google.


Tim Bergling, o inesquecível Avicii

Seja nos alto-falantes de um festival de música principal ou nos fones de ouvido de milhões de ouvintes em todo o mundo, a música do DJ superstar sueco, produtor, compositor e humanitário Tim Bergling – mais conhecido por seu nome artístico Avicii – é amplamente considerada como tendo mudado para sempre a trajetória do gênero pop. 

O Google relembrou a sua história:

Neste dia, em 1989, Tim Bergling nasceu em uma família de criativos em Estocolmo, Suécia. Do soul dos anos 60 ao glam-rock dos anos 80, experiências musicais de vários gêneros desempenharam um papel importante em sua educação. 

Aos 16, ele estava mixando músicas em seu quarto e começou a escrever músicas eletrônicas edificantes e melódicas logo depois. Em 2011, ele lançou o hino dance ‘Levels’ sob o nome de “Avicii”, abrindo caminho como uma das primeiras faixas de música eletrônica a subir nas paradas pop. 

Desejando mais do que apenas o sucesso da indústria, Bergling também lançou “House for Hunger”, uma turnê americana de 2012 que doou seus lucros para o combate à insegurança alimentar em todo o mundo. Naquele ano, Madonna se juntou a ele para fechar o Ultra Music Festival de Miami, onde a dupla quebrou o recorde de audiência do festival.

De 2011 a 2016, Bergling tocou cerca de 220 sets do Avicii em todo o mundo, incluindo uma residência de cinco anos em Ibiza e shows esgotados na arena Ericsson Globe para 16.000 pessoas em Estocolmo. 

Além de quebrar as fronteiras sonoras com sucessos como o híbrido bluegrass-house de 2013 “Wake Me Up”, Bergling também foi um dos primeiros DJs e produtores a dividir os holofotes anteriormente reservados para vocalistas e instrumentistas.

Em poucos anos, Bergling conquistou mais de uma dúzia de prêmios musicais globais, como o Grammis Awards de Melhor Inovador (2012) e o Melhor Artista (2014), bem como o World Music Award de Melhor Artista de Dança Eletrônica (2014). 

Nos Estados Unidos, ele foi indicado a vários Grammys e ganhou o American Music Award para Electronic Dance Music Artists (2013), o Billboard Music Award de Top Dance / Electronic Song (2014) e o MTV Music Award de Melhor Dance Music Video (2018) ) 

Como tantos indivíduos em todo o mundo, Bergling lutou contra sua saúde mental durante anos. Infelizmente, ele morreu por suicídio em 2018 aos 28 anos.

Em 2021, foi anunciado que o Ericsson Globe Arena de Estocolmo seria alterado para Avicii Arena. Um símbolo do orgulho sueco, a arena se destaca hoje não apenas como um local de eventos, mas também como um centro de troca de ideias com foco na saúde mental. 

Esta iniciativa é liderada pela Fundação Tim Bergling , uma organização fundada pela família Bergling para homenagear a vida e o legado de Tim, remover o estigma associado ao suicídio e promover a conscientização sobre a saúde mental, especialmente entre os jovens em todo o mundo. 

Além disso, a fundação apoia o trabalho de ajuda em áreas onde Tim tinha uma paixão, como mudanças climáticas, fome global e preservação da vida selvagem e espécies ameaçadas de extinção. 

Doodle

One Reply to “DJ sueco Tim Bergling, conhecido como Avicii, ganha homenagem do Google

Comente!