2020: Google removeu mais de 700 mil apps por violação de políticas

Em 2020, o Google aprimorou ainda mais o sistema avançado em termos de processos de otimização, visando proteger os usuários, apoiar excelentes desenvolvedores e fortalecer a proteção contra aplicativos e desenvolvedores maliciosos.

O Google Play Protect verifica mais de 100 bilhões de aplicativos em busca de malware, melhorando assim a segurança das pessoas que visitam a loja de apps, sejam elas fornecem informações sobre COVID-19 ou novos tipos de entretenimento, entregas, comunicação, etc.


O Google adotou uma série de políticas e novas formas de suporte para desenvolvedores para melhorar a qualidade das informações disponíveis na plataforma e reduzir o risco de prejudicar os usuários devido a informações enganosas.

O trabalho de identificação e redução de aplicativos e desenvolvedores mal-intencionados também evoluiu para combater novos comportamentos prejudiciais e formas de abuso.

Os recursos de detecção de modelos de aprendizado de máquina e processos de avaliação de aplicativos aprimorados levaram à identificação de mais de 962.000 aplicativos não compatíveis.

Por causa desse trabalho, nenhum desses aplicativos é sequer lançado no Google Play.

Um total de 119.000 contas de desenvolvedor mal-intencionadas ou de spam foram excluídas e mais de 709.000 aplicativos foram retirados devido a violações da política da plataforma.

Comente!