Microsoft é a marca mais imitada em golpes de phishing

A Check Point Research (CPR) divulgou o “Relatório de Phishing” do primeiro trimestre deste ano, no qual a marca que os cibercriminosos gostam de imitar tentou roubar informações pessoais ou vouchers de pagamento nos meses de janeiro, fevereiro e março.

No primeiro trimestre de 2021, a Microsoft voltou a ser a marca visada com mais frequência pelos cibercriminosos, assim como no quarto trimestre de 2020.


De todas as tentativas de phishing de todas as marcas, 39% estão relacionadas ao gigante da tecnologia. Os invasores continuaram com suas tentativas de capitalizar sobre as pessoas que trabalharam remotamente durante a pandemia da COVID-19.

À medida que os cibercriminosos continuam a tirar proveito da crescente dependência das compras online e de seu correio e entrega, a DHL acabou por manter sua posição como a segunda maior marca de falsificação, com 18% de todas as tentativas relacionadas a phishing relacionadas a ela.

Top 10 marcas mais imitadas no primeiro trimestre de 2021

As principais marcas estão classificadas conforme sua aparição global nas tentativas de phishing:

• Microsoft (presente em 39% de todas as tentativas de phishing em nível global)

• DHL (18%)

• Google (9%)

• Roblox (6%)

• Amazon (5%)

• Wells Fargo (4%)

• Chase (2%)

• LinkedIn (2%)

• Apple (2%)

• Dropbox (2%)

Comente!