FeedBurner está vivo, mas vai encerrar recurso de newsletter

O Google emitiu um aviso aos usuários do FeedBurner informando que o serviço de feed, adquirido há 14 anos, continuará operando, mas alguns recursos serão desativados.

“O FeedBurner faz parte do Google há quase 14 anos, e estamos fazendo várias mudanças para dar suporte ao próximo capítulo do produto”, publicou o buscador.


“A partir de julho, estamos fazendo a transição do FeedBurner para uma infraestrutura mais estável e moderna. Isso manterá o produto funcionando para todos os usuários, mas também significa que iremos recusar a maioria dos recursos não essenciais de gerenciamento de feed, incluindo newsletter”.

Para os publishers que usam o serviço de “newsletter” do FeedBurner, que permitia aos assinantes receber um e-mail com as publicações do veiculo no dia anterior, o Google recomenda baixar a lista de e-mails para migração a um novo serviço.

A empresa ainda reforçou que todos os feeds existentes continuarão disponíveis e os usuários podem continuar a criar novas contas e registrar novos feeds.

Além disso, o Google continua a oferecer suporte às principais funções de gerenciamento de feed, como a capacidade de alterar a URL do feed, feed de origem, título e metadados e análise básica.

Nota: Estamos chamando o recurso de assinatura por “newsletter” para facilitar o entendimento, já que se tratava de uma comunicação com os conteúdos no corpo do e-mail.

Comente!