Google doa R$ 5,5 milhões no combate à fome no Brasil

A instituição de caridade do Google, Google.org, anunciou hoje uma doação de 5,5 milhões de reais à Gerando Falcões, uma das organizações brasileiras mais importantes na luta contra a fome.

A doação do Google.org apoiará diretamente a campanha “Corona no Paredão, Fome Não”, que inclui a doação de uma cesta básica digital por meio de um cartão e recarga de 150 reais por mês em 5 meses.


Espera-se que ajude mais de 7.000 famílias afetadas pela atual crise humanitária em áreas altamente vulneráveis ​​no norte e nordeste do país.

“Para o Google, é uma honra apoiar uma instituição comprometida com o Brasil como a Gerando Falcões e poder ser parte dos esforços para o combate à fome no país, especialmente no momento crítico que estamos passando”, afirma Fabio Coelho, presidente do Google Brasil.

O suporte é baseado em três pilares:

Combata a fome agora: as doações do Google.org serão doadas a famílias em 40 comunidades empobrecidas nas regiões norte e nordeste do Brasil, permitindo que 35.000 pessoas nas áreas mais pobres do país tenham segurança alimentar.

Dignidade da família em situação de extrema pobreza: Através do cartão, a família pode agora escolher quais alimentos, produtos de limpeza e higiene pessoal são os mais importantes, e depois comprá-los.

Fortalecer a economia local: O uso de cartões na comunidade terá um efeito multiplicador, promovendo a circulação de recursos no mercado local.

Edu Lyra, fundador e CEO da Gerando Falcões, enfatizou a importância do anúncio de doações do Google.org.

“A sociedade brasileira é extremamente generosa, mas vimos as doações pararem na UTI. Agora ela começa a dar sinais de recuperação e a contribuição da Google,org é um sinal desse novo respiro. A ajuda que a campanha Corona no Paredão, Fome Não irá receber colocará mais comida na mesa das famílias afetadas pela pandemia de Coronavírus no Brasil”, comentou Lyra.

Comente!