Samsung pode alterar sistema do Galaxy Watch do Tizen para Android Wear

De acordo com um relatório do SamMobile, a Samsung desenvolveu dois novos modelos de smartwatch em 2021, os quais devem substituir a série Galaxy Watch Active da Samsung e se tornarão os sucessores do Galaxy Watch e do Galaxy Watch 3.

Diferente de incorporar a sua tradicional plataforma Tizen, a fabricante sul-coreana teria planos de promover alterações significativas em sua nova linha de dispositivos domésticos inteligentes e relógios inteligentes.


Com o Tizen, a Samsung obteve sucesso em ter um controle total da experiência do software em dispositivos como o Galaxy Watch Active e a versão mais recente do Galaxy Watch.

No entanto, quando avaliasse a plataforma pela perspectiva de aplicativos, a plataforma apresenta muitas deficiências. Seu relógio inteligente simplesmente não tem apoio de desenvolvedores suficientes.

Talvez esta seja a principal razão pela qual a Samsung decidiu abandonar o Tizen e retomar os relógios inteligentes com Android.

Um novo Galaxy Watch com Wear OS, por outro lado, certamente seria muito mais útil devido ao suporte do desenvolvedor.

Apesar dos rumores, não há nenhuma confirmação real neste momento da substituição do Tizen pelo Android.

Comente!