Web Stories chega ao Discover

O Google anuncia a chegada das Web Stories no Discover para o Brasil, Estados Unidos e Índia. O carrossel do Discover é acessível, por exemplo, por meio do aplicativo do Google para Android e iOS.

Navegar nos Stories é simples. Ao tocar em uma Story no carrossel, o leitor entra em uma experiência envolvente em tela cheia.


Ele pode tocar para avançar para a próxima página ou deslizar para uma história totalmente diferente na sequência.

Além do novo carrossel no Discover, o Google continua a sugerir mais Web Stories nos resultados da Busca nos dispositivos móveis em todo o mundo.

Para ajudar a impulsionar o ecossistema das Web Stories, o Google trabalhou durante este ano com um grupo diverso de publicações no Brasil, EUA e Índia para colaborar no produto e seus recursos.

Segundo o Google, mais de 2.000 sites já publicaram Stories que foram indexadas pelo Google (conheça algumas histórias).

Agora, além de estarem presentes nos sites de notícia, redes sociais, newsletters, entre outros canais, as Stories ganham um novo lar no Discover.

Os autores têm o controle total sobre monetização, hospedagem, compartilhamento e inclusão de links em seus conteúdos.

Muitos já vêm obtendo bons resultados com as histórias exibidas em suas páginas, redes sociais, newsletters, entre outros canais.

No Discover, com mais de 800 milhões de usuários todos os meses, as Web Stories ganham mais um lar — mais uma forma de encontrar conteúdos úteis e relevantes para o seu dia a dia.

É fácil começar

As Web Stories podem ser feitas por qualquer pessoa, seja você um criador individual ou uma empresa produtora de conteúdo, e mais de 2.000 sites já publicaram Stories que foram indexadas pelo Google.

Ferramentas de “arrastar e soltar”, como o editor Web Story para WordPress, MakeStories e NewsroomAI tornam mais fácil criar Web Stories em minutos para seu site.

E com a técnica necessária, você pode também programar suas Web Stories por conta própria.

Saiba mais sobre como criar histórias de alta qualidade em nosso novo site stories.google e com a série Storytime no YouTube (em inglês).

Comente!