Laudelina de Campos Melo, ativista sindical, é homenageada pelo Google

O Google está promovendo uma homenagem ao 116º aniversário de Laudelina de Campos Melo em sua página inicial para o Brasil.

“O Doodle de hoje celebra o 116º aniversário da ativista sindical afro-brasileira, empresária e empregada doméstica Laudelina de Campos Melo”, publicou o buscador.


Laudelina de Campos Melo

Em 1936 fundou a primeira associação de trabalhadores domésticos do Brasil. Eminente pioneira na luta pelos direitos dos trabalhadores brasileiros, Melo dedicou sua vida à luta contra a discriminação racial, de classe e de gênero.

Laudelina de Campos Melo nasceu neste dia em 1904 em Poços de Caldas, no estado de Minas Gerais. Sua mãe trabalhava como empregada doméstica e Melo se tornou um adolescente também. 

No processo, ela testemunhou em primeira mão o racismo, as más condições de trabalho e a exploração enfrentada por tantos trabalhadores, incluindo sua própria mãe – uma experiência que inspirou sua luta por mudanças.  

Melo mudou-se para a cidade costeira de Santos em 1924 e envolveu-se em organizações locais com o objetivo de melhorar a vida dos negros brasileiros. 

Isso definiu um curso de ativismo que ela seguiu ao longo de sua vida. Em 1936, ela fundou a histórica Associação de Trabalhadores Domésticos, e mais tarde formou uma associação semelhante em Campinas, que passou a ser oficialmente reconhecida como sindicato em 1988. 

Em 2015, o movimento de Melo por justiça alcançou mais uma vitória: quando o governo brasileiro aprovou uma legislação para estender os direitos trabalhistas às trabalhadoras domésticas.

Comente!