Google Meet vai continuar gratuito até 2021

O Google anunciou a ampliação do prazo para reuniões de até 24 horas pelo Google Meet, ferramenta de videoconferências, para até 31 de março de 2021 entre os usuários que possuem uma conta pessoal de Gmail.

Além disso, nas últimas semanas, foram disponibilizados novos recursos para melhorar a experiência dos usuários entre eles a possibilidade de transmissão das videochamadas pela TV usando o Chromecast e a opção de fundo desfocado.


Além disso, o uso do quadro branco para apresentações colaborativas e o aumento do número máximo de participantes participantes no modo mosaico – agora, até 49 participantes selecionados ser selecionados simultaneamente.

No final de abril, foi disponibilizado para todos os usuários com uma conta do Google, a possibilidade de reuniões de até 100 participantes, de forma gratuita.

No segundo trimestre do ano, foi atingido um pico de mais de 600 milhões de participantes do Meet em uma única semana. Em abril, cerca de 3 milhões de novos usuários passaram a se conectar pelo Google Meet diariamente.

Segundo Javier Soltero, Vice-Presidente e Diretor Geral de G Suite, “mais do que nunca, o vídeo desempenha um papel crucial em nos manter conectados. Não importa que tipo de reunião você está tendo, crédito de que as pessoas devem ser capazes de usar os melhores serviços possíveis para se conectar, a qualquer hora e em qualquer lugar ” conta.

“Esperamos que essas atualizações ajudem nossos usuários a fazer mais, independente de onde compensada” , ressalta, Soltero.

É possível acessar o Google Meet de diversas formas: pelo site meet.google.com , pelo aplicativo para mobile ( Android e iOS ), pelo Google Agenda , pelo Gmail – versões desktop e mobile – e via pacotes do G Suite e G Suite para Educação .

Comente!