Mark Zuckerberg teria usado reunião com Trump para pressionar TikTok

Rumores na mídia americana apontam que Mark Zuckerberg, CEO do Facebook, pode ter usado uma reunião privada com Donald Trump para pressionar o governo a atacar TikTok.

Segundo o Wall Street Journal, após uma reunião com o Zuck, diversos senadores americanos começaram a lançar preocupações sobre potenciais dúvidas sobre a segurança do TikTok.


A TikTok, por sua vez, respondeu acusando o Facebook de tentar usar a política para prejudicar um rival, enquanto desvia a atenção de suas próprias preocupações regulatórias.

Em julho, o CEO Kevin Mayer publicou uma carta aberta convocando o Facebook para lançar um “outro produto imitador […] depois que seu outro imitador, Lasso, falhou.”

Mayer acrescentou que o Facebook lançou “ataques malignos de nosso concorrente – ou seja, o Facebook – disfarçado de patriotismo e planejado para acabar com a nossa presença nos Estados Unidos”.

Comente!