Microsoft estava negociando a compra do TikTok

Segundo a mídia americana, a Microsoft estava em negociações avançadas para comprar as operações da TikTok nos EUA.

No entanto, o acordo entrou em espera depois que o presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, prometeu proibir o aplicativo de compartilhamento de vídeo.


“No que diz respeito ao TikTok, estamos os proibindo dos Estados Unidos”, disse Trump a repórteres na sexta-feira.

O TikTok vem sendo criticado por suas operações na China, além de ser acusado de censurar vídeos críticos à China e por ter a capacidade de compartilhar dados de usuários com autoridades chinesas.

A empresa negou veementemente as reivindicações.

Vanessa Pappas, gerente geral do TikTok nos EUA, tranquilizou os usuários que temem que o aplicativo desapareça.

A executiva disse que não estão planejando “ir a lugar algum” e destacando que o aplicativo é “um lar para artistas e criadores”

O New York Times complementou que a ByteDance, empresa controladora chinesa da TikTok, se ofereceu para vender as operações aos Estados Unidos a fim de resolver as questões.

Comente!