Cresça com o Google reúne empreendedores em Mentoria Coletiva

O programa Mentoria Cresça com o Google, em que empreendedores de pequenas e médias empresas têm a oportunidade de tirar dúvidas e receber orientação on-line de profissionais mulheres sobre as principais áreas da rotina de uma empresa que foram impactadas durante a pandemia, apresenta a Mentoria Coletiva.

O programa conta com sessões coletivas, gratuitas, com duração de uma hora e conduzidas por especialistas dos temas escolhidos. Inicialmente, serão abertas 24 sessões de Mentorias Coletivas. São 200 vagas por sessão com uma especialista do tema e ocorrerão três vezes por semana: terças, quartas e quintas-feira.


Segundo Jimena Tomás, gerente de marketing do Google, as mentorias representam a oportunidade aprender com as dúvidas de outros empreendedores, além de compartilhar experiências em grupo. “Enxergamos aqui uma ótima oportunidade de atender mais pessoas, além de otimizar o aprendizado, já que a dúvida de um pode ser a dúvida de outros, e oferecer um networking qualificado”, completa.

A primeira Mentoria Coletiva está marcada para o dia 21 deste mês e abordará o tema “Como definir o público alvo do meu negócio e minhas estratégias de conteúdo”. Além disso, também serão realizadas mentorias voltadas para as áreas de Inovação, Vendas, Inteligência Emocional, Finanças, entre outros. É possível conferir a agenda completa aqui e para se inscrever, basta acessar o site g.co/EmCasa.

O interessado precisa, apenas, ter uma Conta Google, um computador ou smartphone com uma câmera e um microfone, além de uma conexão com a Internet ou dados móveis. Não há limite de participação, todos eles podem escolher quantas mentorias coletivas quiserem.

Além da novidade, o programa segue com as mentorias tradicionais de 30 minutos que são ministradas por uma mentora da Rede Mulher Empreendedora (RME). Até o final de setembro, 10 mil mentorias individuais serão oferecidas.

A Mentoria Cresça com o Google foi criada especialmente para apoiar as PMEs no momento de incerteza gerado pelo surto de COVID-19. De acordo com um estudo do Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae), cerca de 13 milhões de PMEs sofrerão os impactos da crise ocasionada pela pandemia.

Além disso, a Organização das Nações Unidas (ONU) já aponta que as empreendedoras estão sendo mais afetadas pela situação, já que o trabalho doméstico aumenta ao mesmo tempo em que a renda diminui. De acordo com a RME, 38% das empreendedoras brasileiras tem o seu negócio como principal fonte de renda da família.

Dessa forma, a Mentoria Cresça com o Google auxiliará ambos os lados: os empreendedores que precisam de ajuda durante esse período de incerteza e as mentoras, que vão receber uma renda extra por participarem do programa. 

Via PR

Comente!