Novo algoritmo do Google nega ter conhecimento sobre os OVNIS

Desde que o novo algoritmo do Google entrou no ar em 04 de maio, trazendo uma série de mudanças significativas para o ranqueamento orgânico dos resultados de pesquisa, a internet está vivendo momentos tensos.

Enquanto alguns editores da web estão sorrindo com aumentos significativos de tráfego, outros estão acompanhando seus trabalhos de décadas desaparecendo gradativamente do mecanismo de pesquisa.


Pouco ou nada podem fazer para remediar ou reverter a situação. Em casos críticos, pode até mesmo levar ao encerramento da atividade digital.

É uma situação desesperadora que, com muita paciência (se você a tiver!), poderá ser revertida somente com novas atualizações no algoritmo – algo que deve acontecer somente em 2021.

Um exemplo de site afetado pelo novo algoritmo é o “Arquivo UFO”, nosso blog-irmão, que trabalha a temática dos OVNIs desde 2009.

Arquivo UFO desaparece após oficialização de vídeos com suposto OVNI

Assim que o novo algoritmo ganhou vida, as visitas orgânicas e sua relevância no buscador desapareceram, caindo do primeiro lugar para a segunda página do Google em apenas poucos dias.

A conhecida “Revista UFO”, que também aborda o tema e foi fonte para diversos programas de TV, também foi afetada pela mesma onda, desaparecendo por completo dos resultados de pesquisa.

Em resumo: a ufologia brasileira, que tem seriedade ao tratar o assunto, está inacessível no momento em que os EUA divulgam fatos inéditos e históricos sobre o tema.

OVNIs foram divulgados pelo Pentágono

As mudanças nos algoritmos ocorreram poucos dias após o Pentágono, sede do Departamento de Defesa dos Estados Unidos, oficializar a divulgação de três videos de objetos não identificados que foram gravados por pilotos da Marinha dos EUA.

As imagens gravadas por pilotos do porta-aviões Carrier Strike Group, mostram um objeto voador não identificado em movimento a 160 quilômetros de San Diego, durante um exercício de treinamento em 2004.

Confira um dos vídeos divulgados:

Somente a ufologia foi afetada?

Não. Outros termos certamente foram afetados e podem ser percebidos por aqueles que costumam realizar pesquisas recorrentes.

Se você percebeu alguma mudança recente, deixe um comentário para nos ajudar a mapear os temas mais afetados pelo novo algoritmo.

Comente!