Você sabia que pode praticar inglês na busca do Google?

O Google lançou no ano passado um recurso experimental de pronúncia, que permite treinar a forma correta de dizer as palavras em inglês, na própria Busca.

O dicionário de inglês ganhou o auxílio de imagens e recursos globais de tradução, que dão um contexto visual sobre o significado das palavras.


A ferramenta de pronúncia permite escutar, praticar e receber feedback em tempo real, na própria Busca.

Antes, quando alguém digitava uma pesquisa do tipo “como se pronuncia quokka?”, já era possível ouvir o áudio da pronúncia do termo.

Os recursos permitem que o usuário pratique a própria pronúncia, dizendo a palavra no microfone do celular e recebendo feedback sobre o que poderia melhorar.

Para fazer isso, a tecnologia de reconhecimento de fala é capaz de compreender as palavras e dividi-las em pequenos trechos. Depois, graças ao aprendizado de máquina, o Google cruza o jeito como as pessoas pronunciam a palavra e aquilo que o algoritmo espera ouvir.

Um exemplo: se o usuário quer aprender a pronunciar “asterisk”, o software de reconhecimento de fala analisa como a pessoa diz a palavra e depois (usando aprendizado de máquina) é capaz de perceber se o último trecho foi pronunciado “rik”, e não “risk”.

Com base nisso, o Google dá feedback e sugere formas de melhorar a pronúncia.

Referências visuais explicam o significado das palavras

Toda vez que o usuário busca um termo em inglês ou traduz uma palavra para qualquer idioma usando as versões desktop ou mobile, será possível visualizar imagens sobre o significado.

O Google diz que esse recurso estará disponível também em espanhol no futuro.

Comente!