Fundador do Waze fala sobre o sucesso do aplicativo

0
74

Uri Levine foi um dos fundadores do Waze – aplicativo de tráfego e navegação, adquirido pelo Google em 2013 por mais de US$ 1 bilhão, participou recentemente da Startup Summit e deu dicas valiosas para a busca das startups por investimentos.

O empreendedor contou a trajetória do Waze, que, segundo ele, tem uma história ímpar: “A magia do Waze é que nós, os motoristas, criamos todas as funcionalidades do aplicativo”.


Assim, foi desenvolvido um servidor que coletava informações permitindo que o mapa fosse editado pelos próprios usuários com informações úteis, como novas rotas ou tráfegos ruins.

“Você não precisa ter o produto perfeito. Algo bom o suficiente vai ganhar o mercado naquele momento e ninguém consegue competir com isso”.

Levine comparou o ato de empreender a uma montanha russa, com altos e baixos. No caso das startups, as oscilações costumam ser mais intensas:

“Tem dias que nada dá certo. A jornada em si é de fracassos e isso é importante que vocês saibam”, sentenciou. Para ele, a caminhada das startups começa com a verificação de um problema.

“Se é um problema comum, vá pesquisar e entender as diferentes percepções para criar uma solução. Não confie apenas nos seus instintos. Leve para o escritório, compartilhe”.

O convidado ainda deixou a dica: “Ao apresentar o negócio, comece pelo problema que vai resolver. Investidores são usuários, se eles não enxergam utilidade, não vão investir. Aprenda a contar uma boa história”.

COMPARTILHAR
Artigo anteriorElo agora aceita pagamentos via Google Pay
Próximo artigoAutomattic adquire Tumblr da Verizon
é pós-graduado em Gestão da Comunicação em Mídias Digitais pela ESPM. Fundador da FragaNet Networks, empresa especializada em comunicação digital , cujo o portfólio estão projetos como: Google Discovery, Arquivo UFO e Muito Curioso. Foi colunista de tecnologia no TechTudo, da Globo.com.

Comente!