Google For Education e a Undime anunciam estudo sobre educação básica

0
185

O Google For Education e a Undime, União Nacional de Dirigentes Municipais de Educação, acabam de anunciar uma parceria inédita que prevê o intercâmbio e a cooperação técnica de assuntos relacionados à educação básica, visando o compartilhamento de conhecimentos, a transferência de experiências e a realização de atividades conjuntas, mediante a disponibilização de pesquisas, soluções e estudos voltados ao aprimoramento das ações para a melhoria da qualidade da educação, dentro do escopo da Undime.

A primeira ação concreta será a realização de um estudo que permita verificar as condições do uso de tecnologias digitais no âmbito das escolas públicas municipais em território nacional.


Além de contribuir com a elaboração e a avaliação de políticas educacionais, o estudo irá verificar o nível de acesso, uso e apropriação das tecnologias por alunos, professores e gestores educacionais.

“O retrato do uso de tecnologias digitais no contexto educacional, especialmente no que diz respeito à educação pública municipal, ainda é uma incógnita no Brasil.

Há bastante informação solta, mas não há um estudo amplo e consolidado sobre o tema. Com este estudo, os dirigentes de educação municipal, assim como demais gestores de educação pública, terão informações para o desenvolvimento de políticas de maneira mais assertiva”, explica o presidente da Undime, profº Aléssio Costa Lima.

O termo de cooperação firmado prevê que o levantamento seja aplicado bienalmente, com início já no primeiro trimestre de 2020. Para isso, Undime e Google for Education selecionarão o instituto de pesquisa independente que desenvolverá e aplicará a metodologia.

“Temos uma responsabilidade e oportunidade única à frente, que é a de levar inovação à educação dos municípios brasileiros, através de soluções tecnológicas acessíveis, que promovam maior engajamento de alunos e que tenham foco na capacitação de professores, que são protagonistas fundamentais nessa transformação.”, afirma Daniel Cleffi, líder do Google for Education para América Latina.

Para Eduardo Gomide, diretor do Foreducation EdTech, primeira Google Partner no Brasil e empresa que coordenará o projeto, “esse é um movimento natural e ter informações precisas sobre o tema é extremamente saudável e oportuno para todos os envolvidos. Estamos pensando, inclusive, na criação de um prêmio para as boas práticas pedagógicas com uso de tecnologia nas escolas públicas municipais”, antecipa Eduardo.

Comente!