Aberta as inscrições para Indie Games Accelerator

0
105

O Google abriu as inscrições para o Indie Games Accelerator, um programa de seis meses que busca ajudar desenvolvedores de jogos de mercados emergentes.

Para a edição de 2019, o programa expandiu as inscrições para mais países, incluindo o Brasil.


“Estamos muito felizes com os retornos positivos que recebemos sobre o programa e temos a satisfação de trazê-lo de volta em 2019, com a novidade de que estamos expandindo para desenvolvedores na América Latina, incluindo o Brasil, além da Ásia, Oriente Médio e África”, diz a empresa.

Os participantes selecionados serão convidados a participar de dois treinamentos com todas as despesas pagas no escritório do Google Ásia-Pacífico em Cingapura, onde receberão mentorias personalizadas das equipes do Google e especialistas do setor.

Os benefícios adicionais incluem créditos do Google Cloud Platform, convites para eventos exclusivos do Google, do setor e muito mais.

As inscrições estão abertas e podem ser feitas no site do programa até o dia 19/05/2019. Os vencedores serão anunciados no 05/06/2019.

“Trazer o programa para a América Latina nos dá a oportunidade de celebrar o grande talento da região e manter o nosso compromisso com o crescimento e a inovação na América Latina”.

O Indie Games Accelerator está aberto a desenvolvedores dos seguintes países: Índia, Indonésia, Malásia, Paquistão, Filipinas, Singapura, Tailândia, Vietnã, Camboja, Sri Lanka, Mianmar, Bangladesh, Laos, Nepal, Turquia, Quênia, Nigéria, África do Sul, Jordânia, Líbano, Tunísia, Brasil, México, Argentina, Bolívia, Chile, Colômbia, Costa Rica, Equador, Guatemala, Panamá, Paraguai, Peru e Uruguai.

COMPARTILHAR
Artigo anteriorGoogle revela os últimos avanços em sustentabilidade
Próximo artigoO que o Google já revelou sobre o Android Q
é bacharel em administração de empresas e fundador da FragaNet Networks - empresa especializada em comunicação digital e mídias sociais. Em seu portfólio estão projetos como: Google Discovery, TechCult, AutoBlog e Arquivo UFO. Também foi colunista de tecnologia no TechTudo, da Globo.com.

Comente!