Google Stadia é a plataforma de games do Google

0
246

O Google anunciou, durante a Game Developers Conference, o Stadia, uma nova plataforma de vídeo game que irá funcionar totalmente na nuvem computacional da empresa.

Os usuários poderão ter acesso instantâneo a jogos em qualquer tipo de tela, seja uma TV, laptop, desktop, tablet ou smartphone.


A novidade estará disponível em países selecionados como EUA, Canadá, Reino Unido e parte da Europa ainda neste ano. Não há, neste momento, qualquer previsão de chegada ao Brasil.

“O Stadia usa a rede global de data centers do Google e libera os jogadores das limitações dos consoles e PCs tradicionais com sua plataforma de última geração”, diz o buscador.

“Além disso, a plataforma também permite que os desenvolvedores tenham acesso a recursos quase ilimitados para criar os jogos que sempre sonharam”.

Os data centers espalhados por diversas regiões do mundo irão tornar o Stadia possível, além de permitir a integração com outros serviços do Google.

“Se você quer assistir a um de seus criadores favoritos jogando Assassin’s Creed Odyssey, basta clicar no botão ‘jogar agora’ e, logo depois, você estará correndo pela Grécia antiga na sua própria partida – sem necessidade de downloads, atualizações, patches e instalações.” diz Phil Harrison, Vice Presidente e General Manager do Google Stadia.

Além disso, o Stadia também contará com um controle dedicado. Ele possui conexão direta com nossos data centers via wi-fi para oferecer a melhor performance de jogo possível.

Ele inclui um botão para capturar, salvar e compartilhar o gameplay em até 4k de resolução e também vem equipado com um botão do Google Assistente e microfone embutido.

Vantagens do Google Stadia comparado com os consoles:

  • O Stadia fornece acesso imediato a uma poderosa plataforma de jogos.
  • Desfrutar de jogos instantaneamente em qualquer tela, seja desktop, laptop, TV, tablet ou telefone.
  • Sem downloads, sem atualizações, sem patches e sem instalações. Stadia oferece acesso instantâneo para jogar.
  • Integração profunda do Google, incluindo o Click to Play, o Crowd Play, até 4k de resolução do YouTube.

Será este o fim dos consoles?

COMPARTILHAR
Artigo anteriorYouTube nega a existência de vídeos com Desafio Momo
Próximo artigoA nova moda é trocar mensagens pelo Google Docs
é bacharel em administração de empresas e fundador da FragaNet Networks - empresa especializada em comunicação digital e mídias sociais. Em seu portfólio estão projetos como: Google Discovery, TechCult, AutoBlog e Arquivo UFO. Também foi colunista de tecnologia no TechTudo, da Globo.com.

Comente!