Google celebra 306º aniversário de Charles Michel de l’Epée

0
869

Um dia após celebrar o 119º aniversário do Mestre Bimba, o Google agora faz uma homenagem a Charles-Michel de l’Épée, um educador francês que fundou a primeira escola pública para surdos

“O Doodle de hoje homenageia o abade Charles-Michel de l’Épée, um educador francês que fundou a primeira escola pública para surdos. Dissipando o equívoco de que as pessoas com deficiência auditiva eram incapazes de aprender, Épée desenvolveu um método visual que se tornou o modelo para o ensino de surdos e que mudou inúmeras vidas numa época em que muitos surdos eram discriminados”, diz o Google.


Charles Michel de l’Epée

Nascido em Versalhes, em 1712, Épée era filho de um arquiteto que estudou teologia e direito antes de dedicar sua vida a servir os pobres.

Ele começou a ensinar duas irmãs surdas que viviam nas favelas de Paris e que se comunicavam através de sua própria linguagem de sinais.

Em 1760, ele usou sua própria herança para fundar a instituição Nationale des Sourds-Muets à Paris, uma escola para surdos aberta a todos, independentemente de sua capacidade de pagamento.

“Todo surdo-mudo enviado para nós já tem uma linguagem”, escreveu ele. “Ele tem o hábito de usá-lo e compreende os outros. Com ele, ele expressa suas necessidades, desejos, dúvidas, dores e assim por diante, e não comete erros quando os outros se expressam da mesma forma.”

A Assembléia Nacional Francesa acabou por reconhecê-lo como um “Benfeitor da Humanidade” e afirmou os direitos dos surdos sob a Declaração dos Direitos do Homem e do Cidadão da França.

Sua escola passou a receber financiamento do governo e permanece aberta até hoje, renomeada como Institut National de Jeunes Sourds de Paris.

COMPARTILHAR
Artigo anteriorGoogle celebra 119º aniversário do Mestre Bimba
é bacharel em administração de empresas e fundador da FragaNet Networks - empresa especializada em comunicação digital e mídias sociais. Em seu portfólio estão projetos como: Google Discovery, TechCult, AutoBlog e Arquivo UFO. Também foi colunista de tecnologia no TechTudo, da Globo.com.

Comente!