Google App Maker ajuda na criação de aplicativos para a sua empresa

0
314

O Google anunciou, recentemente, a disponibilidade do App Maker para ajudar as empresas a repensarem o funcionamento de suas equipes.

Disponível como um ambiente de desenvolvimento do G Suite, o App Maker facilita a criação de aplicativos personalizados para acelerar os fluxos de trabalho e melhorar os processos.


“App Maker foi criado para permitir que suas equipes criem apps para os trabalhos que esses aplicativos maiores não contemplam”, descreve a empresa.

“Com o App Maker, é possível renovar os processos da empresa, como solicitar pedidos ou arquivar e resolver tickets do suporte técnico, como se você mesmo tivesse projetado e criado esses processos”.

Geva Rechav, gerente de produto do App Maker, completa: “Acreditamos que o App Maker ajudará as equipes a desenvolverem aplicativos que dêem conta de tarefas diárias, como solicitar ordens de compra ou acelerar o fluxo de trabalho comercial diário”.

Funcionalidades do App Maker

Aberto: o App Maker oferece suporte integrado ao Cloud SQL (conta do Google Cloud necessária), oferecendo alto desempenho, escalabilidade e conveniência. Ele também suporta o modelo “Traga seu Próprio Banco de Dados” (BYODB), permitindo que você o conecte ao seu próprio banco de dados usando JDBC (Java Database Connectivity) ou uma API REST (Representational State Transfer).

Rápido: modelos responsivos, amostras, design de interface do usuário que permite arrastar e soltar, além de modelagem de dados declarativa, facilitam para os desenvolvedores de TI ou qualquer pessoa que queira automatizar o trabalho, projetar e criar aplicativos ainda mais rapidamente.

Conectado: seja no Gmail, no Google Agenda ou no Planilhas Google, o App Maker facilita a conexão com os dados e serviços que você precisa, tudo isso ao mesmo tempo em que torna seus aplicativos mais poderosos. Além disso, é possível usar o Script do Google Apps para acessar mais de 40 serviços do Google, do Google Cloud Platform e outros serviços de terceiros que oferecem suporte a JDBC e REST.

Gerenciados: os administradores do G Suite têm visibilidade sobre os aplicativos em execução em sua organização, incluindo proprietários, métricas de uso e permissões de OAuth. Os controles de lista de permissões do OAuth expandidos significam que os administradores também poderão impedir que os aplicativos sejam executados sem a aprovação deles.

O App Maker agora está disponível para todos os clientes do G Suite Business e Enterprise, bem como para os clientes do G Suite for Education.

COMPARTILHAR
Artigo anteriorGoogle perdeu o GitHub para a Microsoft
Próximo artigoGoogle celebra 100º aniversário de Athos Bulcão
é bacharel em administração de empresas e fundador da FragaNet Networks - empresa especializada em comunicação digital e mídias sociais. Em seu portfólio estão projetos como: Google Discovery, TechCult, AutoBlog e Arquivo UFO. Também foi colunista de tecnologia no TechTudo, da Globo.com.

Comente!