Wear OS by Google, o sucessor do Android Wear

Android Wear, a versão do Android para wearables – como, por exemplo, smartwatchs – agora será conhecido como Wear OS by Google.

Segundo o buscador, a mudança visa torná-lo acessível “ao alcance de todos, independentemente do estilo que você usa no pulso ou do telefone que você tem no bolso”.


Embora os dispositivos com Android Wear não tenham decolado, a gigante da internet revelou que ainda tem planos para seguir construindo novos dispositivos no futuro.

“Nós nos juntamos com as melhores marcas de relógios e eletrônicos para criar mais de 50 relógios para ajudá-lo a gerenciar suas atividades físicas, se conectar com as pessoas que mais importam e trazer as informações que você quer”.

“A melhor parte é: estamos apenas no começo do que é possível fazer com wearables e ainda há um trabalho ainda mais empolgante pela frente”.

O Google revelou ainda que, em 2017, um a cada três relógios Android Wear foi comprado por usuários de iPhone, e a retirada da marca “Android” pode aumentar as vendas.

“Anunciamos um novo nome que reflete melhor nossa tecnologia, visão e, o mais importante de tudo, as pessoas que usam nossos relógios. Agora somos Wear OS by Google, um sistema operacional wearables para todos”.

O aplicativo do Android Wear, agora com o novo nome, já começou a ser disponibilizado aos usuários.

Comente!