Chrome para Windows vai bloquear injeções de códigos

0
220

O Google anunciou que o Chrome para Windows vai alertar, a partir de abril de 2018, sobre software de terceiros que introduzem códigos no Chrome.

De acordo com o buscador, esta interação com softwares externos pode levar ao aumento de falhas no Chrome e, desta forma, a possíveis interrupções na experiência de uso.


“Aproximadamente dois terços dos usuários do Chrome no Windows têm outros aplicativos em suas máquinas que interagem com o Chrome, como acessibilidade ou software antivírus”, diz o Google.

“Infelizmente, os usuários com software que injeta códigos no Chrome do Windows têm 15% mais chances de sofrer falhas”, ressalta a nota.

Desta forma, a partir de julho de 2018, o Chrome 68 irá impedir, em definitivo, que o software de terceiros injetem código no Chrome no Windows.

A empresa esclarece que há alternativas modernas, como as extensões e o sistema de mensagens nativo, para executar códigos dentro dos processos do Chrome.

Comente!