Falhas colocam hardware do Google em risco

0
479

Os últimos dias certamente não tem sido fáceis para a equipe de gerenciamento de crises no Google: a segunda geração do Pixel vem ganhando muitas manchetes negativas na mídia americana.

Entre os problemas mais relatados está a tela do dispositivo que teria cores “enlameadas” e texturas granuladas em ambientes com pouca luz.


Foto do The Verge mostra a alteração nas cores

Em resposta, o Google afirmou que poderia fazer correções por meio de atualizações:

“Nós projetamos a tela do Pixel para ter uma interpretação mais natural e precisa de cores, mas sabemos que algumas pessoas preferem cores mais vivas, então adicionamos uma opção para aumentar as cores em 10% para uma exibição mais saturada. Estamos sempre olhando o feedback das pessoas sobre o Pixel e analisaremos a possibilidade de adicionar mais opções de cores através de uma atualização de software”.

Poucos dias depois, mais uma bomba: um usuário do Twitter relatou ter visto uma “queimadura” (conhecida como burn-in) em sua tela do Google Pixel.

Novamente, o Google voltou a responder que está analisando o problema:

“A tela Pixel 2 XL foi projetada com uma avançada tecnologia POLED, incluindo resolução QHD +, ampla gama de cores e alta relação de contraste para cores e renderizações naturais e bonitas. Nós colocamos todos os nossos produtos em testes extensivos de qualidade antes do lançamento e na fabricação de cada unidade. Nós estamos investigando ativamente esse relatório”.

Agora, para piorar ainda mais a situação, um usuário do Reddit afirma ter recebido uma unidade defeituosa dentro de uma embalagem completamente lacrada.

“Cortei o lacre, abri a caixa e fui saudado com uma folha de papel azul informando que a unidade tinha ‘danos cosméticos’. Aqui está uma foto que tirei”, disse o autor.

Está o Google com algum problema de controle de qualidade?

Muitos sites americanos têm agora sugerido aos seus leitores que evitem a compra do Pixel 2 XL, ou procurem escolher a versão menor do dispositivo – que, até o momento, está livre de relatos negativos.

Comente!