YouTube ganha concorrência: Watch do Facebook

1
276

Desde que o Google adquiriu o YouTube em 2006, o serviço de vídeos vem navegando em águas calmas sem qualquer concorrência. O que é não é relativamente bom para o mercado.

Embora o Facebook tenha tentado introduzir vídeos no Feed de Notícias há algum tempo, a rede social de Mark Zuckerberg ainda pecava em um formato ideal para impulsionar e estimular os produtores a produzirem conteúdo para dentro do site (a não ser, é claro, de aqueles de receitas!).


Agora, o Facebook acredita que tenha encontrado um formato com o lançamento do Watch – uma nova plataforma que permitirá que os criadores se conectem com o público e ganhem dinheiro no processo.

Embora o Watch seja inicialmente limitado a criadores de conteúdo escolhidos por meio de um processo de seleção, o produto tem como finalidade permitir que alguém pessoa crie seu próprio conteúdo.

Na questão social, a funcionalidade também irá permitir que o público possa conversar com seus ídolos, o que entrará em uma competição acirrada com Twitter, Twitch e o próprio YouTube.

Watch também vai apresentar conteúdo ao vivo e shows produzidos especialmente para a plataforma. É claro: tudo fechado com o login do Facebook.

  • Não vou muito com a cara do mark zuckerberg e uso pouco o facebook… Tomara que dê ruim!