Inteligência artificial do Google ajuda no controle de qualidade dos alimentos

A tecnologia TensorFlow do Google foi escolhida pela empresa Kewpie Corporation para ajudar no controle de qualidade dos ingredientes que são a base de seus produtos, incluindo alimentos para bebês.

“O controle de qualidade é um desafio para a maioria das indústrias, mas no mundo da produção de alimentos, este um dos maiores. Com os alimentos, os produtos são tão bons quanto os ingredientes que entram neles”, diz Takeshi Ogino, da Kewpie.


Entretanto, fazer esse controle de qualidade – que podem chegar a 400 tipos de ingredientes – exige um trabalho de inspeção à mão que pode demorar excessivamente e até exigir despesas adicionais com mão de obra especializada.

“Em outubro passado, começamos a investigar se a AI e a aprendizagem de máquina poderiam garantir a segurança e a pureza de nossos ingredientes de forma mais rápida e confiável do que nunca”, escreveu Ogino, no blog oficial do Google.

No final, a Kewpie escolheu a TensorFlow como um parceiro estratégico. Eles afirmaram as capacidades e o ecossistema da plataforma foram fundamentais para a decisão final.

Entretanto, para atingir resultados satisfatórios, foi preciso treinar o TensorFlow com um enorme volume de dados e amostras de ingredientes aceitáveis ​​e defeituosos para que AI pudesse entender o processo.

“O sistema foi capaz de aprender a identificar ingredientes aceitáveis ​​e rejeitar como defeituoso os ingredientes que não conseguiram combinar. Com esta abordagem, conseguimos tanto a precisão quanto a velocidade que queríamos, com menos amostras defeituosas em geral”, diz o funcionário.

A empresa reforçou que o uso da inteligência artificial não irá substituir os colaboradores e sim ajudá-los durante suas tarefas diárias.

One Reply to “Inteligência artificial do Google ajuda no controle de qualidade dos alimentos

Comente!